[Asa]Opinião "Uma Noite de Amor",de Mary Balogh


Mary Balogh




















Sinopse: Numa manhã perfeita de Maio...
Neville Wyatt, conde de Kilbourne, aguarda a sua noiva no altar. Mas, para espanto geral, em vez da bela jovem que todos conhecem aparece uma mendiga andrajosa. Perante a nata da aristocracia, o perplexo conde olha para ela e declara que é Lily, a sua mulher! Ao olhar para aquela que em tempos desposou, que amou e perdeu nos campos de batalha de Portugal, ele compromete-se a honrar o seu compromisso...apesar do abismo que agora os separa.
Até que Lily fala com franqueza...
E afirma querer começar de novo… e que Neville a ame verdadeiramente. Para isso, sabe que terá de estar à altura das expectativas dele, o que a leva a aceitar ser dama de companhia da sua tia e aprender as boas maneiras. A determinada Lily rapidamente conquista a admiração da alta sociedade, demonstrando ser uma condessa à altura do seu conde. Por seu lado, Neville está disposto a tudo para provar à sua formidável mulher que o que sentiu por ela no campo de batalha foi muito mais que desejo, muito mais do que o arrebatamento de… Uma noite de amor.


Opinião: Foram várias as oportunidades que tive para ler este livro e sinceramente não me consigo lembrar de nenhuma das razões pelas quais não o fiz, mas o que se passa neste momento é que estou deveras arrependida de não o ter feito. Primeiro que adorei o livro, achei que a autora tem uma escrita magnífica, simples mas sofisticada, que nos prende logo a partir da primeira página e depois temos o casal protagonista da história. Fiquei cativada pela personagem simples e sonhadora de Lily, que com os seus modos plebeus acaba por cativar toda a alta sociedade a que Neville pertencia. Gostei também de Neville, que apesar de ter consciência de que Lily não pertencia ao seu meio, nunca tentou mudar a sua maneira de ser, apoiando-a a ser ela mesma e a continuar a fazer alguns disparates pelo meio. Acabei apenas por não gostar da forma confusa e culpada que ele se sentia pela situação de Lauren, a sua antiga noiva e também a falta de pesquisa da autora pela história de Portugal. Reparei algumas vezes que podia ter mencionado o nome da aldeia ou cidade onde eles se encontravam, mas apenas dizia que era o Centro de Portugal, mostrando uma falta notória e não enriquecedora para a história. Mas no meio de um livro tão cativante estes pequenos detalhes vão sendo esquecidos à medida que a história avança e a curiosidade começa a ser aguçada por certos detalhes que vão deixando o leitor alerta.
É sem dúvida um romance de época magnífico, com detalhes assustadores acerca das invasões francesas em Portugal e também do sofrimento que muitas mulheres acabaram por passar nas mãos de soldados sem escrúpulos. Espero sinceramente que Mary Balogh tenha chegado ao nosso mercado literário e que tenha sido para ficar, pois acredito que os seus livros sejam tão bons ou ainda melhores que este.
Dou os parabéns à Editora Asa, por ter apostado nesta autora e também pela capa lindíssima com que nos presentearam.

0 comentários:

Enviar um comentário