03/04/2019

[TopSeller]Opinião "O Playboy",de Vi Keeland

quarta-feira, abril 03, 2019 0
O Playboy, de Vi Keeland


Se este homem delicioso pensa que me pode seduzir…
Conheci o Hunter Delucia no casamento dos nossos melhores amigos. Eu apanhei o bouquet da noiva, ele apanhou a liga, e, porque a tradição assim o dita, dançámos juntos… muito juntinhos. Desde o primeiro momento, achei-o presunçoso, mulherengo e (para mal dos meus pecados) incrivelmente sensual. Até que ele me sussurrou ao ouvido uma proposta indecente: explorar a nossa atração mútua com uma noite de sexo intenso e explosivo.
Mas que convencido! Rejeitei-o, claro está! Ele é de tirar o fôlego, mas a experiência diz-me que tenho azar com os homens que me fascinam.
Ah, mas o Hunter Delucia não desiste facilmente! Passado um ano, ele está de regresso a Nova Iorque e torna a pôr a proposta em cima da mesa, para acabarmos de vez com toda a tensão sexual que existe entre nós.

Depois de tantas leituras e com algumas opiniões em atraso, eis que finalmente tomei coragem de escrever novamente e contar-vos a minha opinião acerca d’O Playboy…
Bem, para começar, queria já dizer que desde que esta autora chegou ao nosso país que me tem deixado completamente rendida às suas histórias. A verdade é que no meio de um mercado já saturado por este tipo de romance, Vi Keeland conseguiu mesmo assim vingar e tornar-se num nome de referência e conquistar os nossos corações com as suas personagens fantásticas e enredos imensamente cativantes que, depois de um cansativo e stressante dia de trabalho, consegue que ainda consiga ter força para pegar no livro e ler mais uma página, mais um capítulo…
Quando a este Playboy…não é preciso evoluir muito no livro para compreender aquilo que nos espera, pois ao longo das primeiras páginas conseguimos de imediato compreender que a relação entre as duas personagens principais irá ser explosiva. A verdade é que uma conquista fácil não tem graça nenhuma e ao longo deste livro podemos ter uma noção muito própria de como a relação entre os dois vai evoluindo e como a introdução de cada personagem tem dando um valor acrescentado à história. Uma das minhas personagens preferidas, mas que no início me deixou um pouco desconfiada, foi a enteada de Natalia. Izzy foi uma personagem um pouco diferente daquilo que estamos habituadas neste género de livro, pois ela introduziu aquele componente familiar e “real” para os dias em que vivemos hoje, principalmente por ela ser um elo com o passado de Natalia que vamos conhecendo aos poucos e que nos faz recear por aquilo que poderá acontecer nas páginas seguintes. É também ela que nos faz sonhar com algo mais e que ajuda nos ajuda a mantermo-nos tão agarradas à historia. Não sei se vos aconteceu também, mas a minha vontade era pegar no livro e passar umas páginas à frente para ver como iria terminar toda a trama, mas pronto, lá me consegui conter e ainda bem, pois os momentos surpreendentes a que a autora nos vai apresentando apenas servem para melhorar a experiência de ler este livro. Adorei o livro e fico ansiosa pelo próximo. Força, TopSeller! 

@Way2themes

Follow Me