[Civilização]"Regresso às Raízes" de Tim Pears é um dos finalistas do IMPAC‏


Este é o prémio literário mais lucrativo do mundo e o vencedor vai receber 100 mil euros
Regresso às Raízes de Tim Pears é um dos finalistas do IMPAC

O mais recente romance de Tim Pears, Regresso às Raízes, editado em março de 2011 pela Civilização, é um dos dez finalistas do reputado IMPAC Dublin. O vencedor vai ser anunciado a 13 de junho próximo. Um pai que tenta dar sentido à sua vida após perder a filha num acidente de automóvel em que ele era o condutor. Em desespero, resolve reencontrar-se com o seu passado e com o mundo da Natureza. Rapta os outros filhos e embarca numa longa e trágica viagem. Com cinco romances publicados, Tim Pears pode vir agora a juntar a Hawthornden Prize, Ruth Hadden Memorial Award e Lannan Award o prémio literário mais valioso do mundo (cem mil euros) para uma obra de ficção escrita em língua Inglesa.
Regresso às Raizes é, segundo o Telegraph, um romance “com uma história muito poderosa” e impressionante. O Guardian descreve-o como “profundamente comovente” e o Sunday Times como “cativante, impressionante”. O mesmo Sunday Times assegura ainda que “Pears é mestre a dar um significado às coisas do dia-a-dia”.
Mas os elogios à escrita prodigiosa de Pears não ficam por aqui. O New York Times considera o autor de Regresso às Raízes “Um contador de histórias dotado […] como Thomas Hardy […] está preocupado com a dignidade do trabalho, a força do destino e as consequências da paixão humana”. Já o Times garante: “A França do século XIX tem Balzac: nós temos Pears para traçar o nosso destino e as nossas loucuras”.
Tim Pears nasceu em 1956, cresceu em Devon e, com apenas dezasseis anos de idade, abandonou a escola e começou a trabalhar. Teve vários empregos menores antes de começar a estudar na National Film and Television School. Tim Pears publicou já cinco romances, entre os quais In the Place of Fallen Leaves, galardoado com o Hawthornden Prize e o Ruth Hadden Memorial Award, Na Terra da Abundância, adaptado para uma série dramática de dez episódios pela BBC (e transmitido pela RTP), e Blenheim Orchard.
Tem sido Escritor Residente no Festival de Literatura de Cheltenham, e na Royal Literary Fund Fellow da Universidade de Oxford Brookes, e ensinou escrita criativa no Ruskin College e noutros locais. Tim Pears vive em Oxford com a mulher e os filhos.
Mais informações sobre o autor em www.timpears.com

Título: Regresso às Raízes
Autor: Tim Pears
Tradução: Isabel Alves
Páginas: 224
Preço c/ IVA: 16,00 €
Lançamento: Março de 2011

SINOPSE: Criado na fronteira galesa por uma mãe afectuosa mas alcoólica, Owen Ithell cria um sentido de identidade próprio centrado nas longas visitas à pequena quinta dos avós nas colinas.
Já adulto, Owen muda-se do campo da sua infância para uma cidade inglesa onde constrói uma nova vida, trabalhando como jardineiro. Conhece Mel e têm filhos. Owen acredita que encontrou a felicidade – e o amor. Mas, depois de um acidente de carro, no qual a filha morre e ele perde uma mão, o curso da sua vida e das vidas dos que mais ama muda para sempre. Incapaz de trabalhar, alienado e legalmente separado da família, é perseguido por pensamentos suicidas. Em desespero, resolve reencontrar-se com o seu passado e com o mundo da Natureza. Rapta os próprios filhos e embarca numa longa e trágica viagem, a pé até à fronteira galesa da sua infância. No seu transtorno, a jornada é uma tentativa de compreensão da perda que sofreu.
Poderoso, rico, evocativo e perfeitamente equilibrado entre a esperança da redenção e a ameaça da tragédia irrevogável, Regresso às Raízes é o romance mais seguro e sedutor de Tim Pears até à data.

0 comentários:

Enviar um comentário