[Quinta Essência]Opinião "Anna e o Beijo Francês",de Stephanie Perkins


Titulo: Anna e o Beijo Francês
Autor: Stephanie Perkins



Anna Oliphant tem grandes planos para o seu último ano em Atlanta: sair com a melhor amiga, Bridgette, e namoriscar com um colega no cinema onde trabalha. Por conseguinte, não fica muito contente quando o pai a envia para um colégio interno em Paris. As coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um rapaz deslumbrante - que tem namorada. Ele e Anna tornam-se grandes amigos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. Irá Anna conseguir um beijo francês? Ou algumas coisas não estão destinadas a acontecer?


Mais um livro muito esperado! Já há algum tempo que ouvia falar acerca deste livro e saber que iria ser lançado no nosso país apenas fez aumentar a minha curiosidade. Esta é uma história que trás doces lembranças da adolescência, do tempo em que a inocência reina e que nos faz sonhar. Stephanie Perkins usou toda a sua inteligência e criou uma história muito doce e ao mesmo tempo cativante que me prendeu desde o início.
A história começa com Anna a iniciar o ano lectivo numa nova escola, em Paris. Num país e cidade desconhecidos e completamente afastada da família e amigos. A partir daqui tudo começa a mover-se e a amizade começa a formar-se com aqueles que vai conhecendo no novo estabelecimento de ensino. Ela é uma adolescente bastante madura, que parece aprender com os seus erros, tem também um sentido de justiça muito fincado e não deixa mal nenhum dos seus amigos, talvez por isso apresente uma dificuldade tão grande para com os sentimentos que aos poucos vão crescendo por Étienne St. Clair. 
Étienne apresenta também dificuldades para com aquilo que sente, que parece dividir-se entre o seu relacionamento com Ellen, a atracção crescente que sente por Anna e a amizade que sente por Mer. Sem contar com a sua vida familiar, que parece complicar ainda mais toda a situação.
A autora conseguiu desenvolver com uma mestria imensa os temas mais vividos durante um período tão complicado como é a adolescência. Quero focar ainda numa semelhança que encontrei entre os livros escritos pelo pai de Anna e as obras do tão conhecido Nicholas Sparks. Acredito que a autora não se tenha baseado no trabalho do autor, mas achei alguma graça toda a semelhança de géneros literários.
Para terminar, quero apenas partilhar convosco algo que descobri neste momento. Descobri, através do site Goodreads, que este é apenas o primeiro livro de uma trilogia, o segundo já saiu no ano de 2011 e o terceiro irá ainda sair este ano (não tenho conhecimento se sairá mais algum depois deste). Uma notícia fantástica sem dúvida e que me faz sorrir intensamente. A autora criou uma história fantástica e parece que ainda tem muito mais para nos mostrar, espero que os outros livros sejam publicados do nosso país…

0 comentários:

Enviar um comentário