[Asa]Opinião - "Crónica de Paixões e Caprichos",de Julia Quinn


Julia Quinn



















Sinopse: As mães casamenteiras da alta sociedade londrina estão ao rubro: Simon Bassett, o atraente (e solteiro!) duque de Hastings, está de volta a Inglaterra. O jovem aristocrata mal sabe o que o espera pois a perseguição das enérgicas senhoras é implacável. Mas Simon não pretende abdicar da sua liberdade tão cedo…
Igualmente atormentada pela pressão social, a adorável Daphne Bridgerton sonha ainda com um casamento de amor, embora a sua espera por um príncipe encantado comece já a ser alvo de mexericos. Juntos, os jovens decidem fingir um noivado, o que garantirá paz e sossego a Simon e fará de Daphne a mais cobiçada jovem da temporada.
Mas, entre salões de baile e passeios ao luar, a paixão entre ambos rapidamente deixa de ser ficção para se tornar bem real. E embora Daphne comece a pensar em alterar ligeiramente os seus planos iniciais, Simon debate-se com um segredo que pode ser fatal…


Opinião: Entre um clima deliciosamente divertido e romântico Julia Quinn dá-nos a conhecer o primeiro volume da Serie Bridgeton. Não sei definir o que esperava, mas fiquei completamente estupefacta perante toda a história. Não só nos coloca dentro do ambiente de uma faustosa Londres do sec. XIX, como também nos faz dar gargalhadas a cada página. Apesar da linha de história ser tão semelhante às que estamos habituados a ler, temos o descortinar de mentalidades um pouco avançadas para a época e o seu humor deixa qualquer pessoa ansiosa por virar a página. Esta serie é constituída por oito volumes que espero que sejam muito semelhantes a este primeiro. Em relação as personagens adorei as picardias entre os irmãos e apaixonei-me pelo Simon, o duque que tanto tinha para dar, mas que se via acorrentado às lembranças do passado. Sem contar com Violet, a mãe de Daphne, que à sua maneira vai impondo a sua vontade aos filhos sem que eles se apercebam. Em relação a Daphne, tal como mencionei anteriormente a sua mentalidade está um pouco avançada para a época, a própria personagem dá a justificação de ter três irmãos mais velhos e que tinha aprendido com eles, mas a verdade é que se trata de uma jovem sensível e ingénua que assim que percebe que está apaixonada tudo fará para ter o seu amor junto a si. Achei imensa piada à conversa que Violet teve com a filha a respeito da noite de núpcias, é incrível com todas as jovens chegavam ao seu leito nupcial sem saber o que lhes iria acontecer a seguir. Era uma época negra para muitas jovens, que se viam casadas com pessoas mais velhas ou até mais novas sem amor, sem qualquer tipo de atracção entre si e depois viviam constantemente a ser violadas pelos próprios maridos e a gerar os seus filhos, filhos esses que acabam por ser a salvação perante uma loucura iminente. Mas estou a fugir ao assunto, devo também referir Lady Whistedown, uma personagem que vive nas sombras e que ninguém sabe quem é, a única informação que temos é que se trata de alguém da alta sociedade, pois terá acesso a todos os bailes e festas organizadas pela nata sociedade londrina, Ela é a autora de uma publicação sobre escândalos que aterroriza todas as moças de boas famílias que sejam apanhadas a cometer algum erro.
Em relação à história, se querem passar um óptimo serão na companhia de um livro aproveitem esta maravilhosa obra. Espero que a editora publica o próximo volume em breve, esperarei ansiosa.

0 comentários:

Enviar um comentário