[Quinta Essência]Opinião "Cinzas da Meia Noite",de Lara Adrian


Lara Adrian




















Sinopse: Uma mulher impelida pelo sangue. Um homem sedento de vingança. Um lugar onde convergem a escuridão e o desejo…
Quando cai a noite, Claire Roth foge de casa, impelida por uma feroz ameaça que parece ter saído do próprio inferno. Então, de entre as chamas e as cinzas, aparece um guerreiro vampiro. Ele é Andreas Reichen, o seu antigo amante, agora um estranho consumido pela vingança. Apanhada no fogo cruzado, Claire não pode escapar da sua fúria selvagem, nem da fome que a arrasta para o seu mundo de eterna escuridão e infinito prazer.
Nada impedirá Andreas de destruir o vampiro responsável pelo massacre dos seus irmãos de Raça… mesmo que isso signifique utilizar a ex-amante como isco na sua missão mortífera. Ligada pelo sangue ao seu perigoso adversário, Claire pode conduzir Andreas até ao inimigo que ele procura, mas é um caminho repleto de perigos… e de profundos e inesperados prazeres. Pois Claire é a única mulher que Andreas não deve desejar, e a única que amou. Inicia-se assim uma perigosa sedução que dilui a linha que separa presa e predador e aviva as chamas de uma ardente paixão que pode consumir tudo no seu caminho…


Opinião: Este era um dos livros mais esperados desta serie. Desde que apareceu nesta serie que tive um intenso desejo de conhecer a história de Andreas. Ele era uma personagem que se apresentava envolto em mistérios e parecia que nada o conseguia abalar e talvez por isso a minha curiosidade foi amplificada. Com esta livro veio-me à memória o título de uma musica muito conhecida, com certeza que muitos conhecem um dos temas mais famosos de Britney Spears “Oops! I did it again.”, pois é verdade, Lara Adrian conseguiu fazê-lo de novo. Não só veio trazer-nos mais um pouco de conhecimento acerca do seguimento da série, como também nos presenteou com um romance incrível e cheio de obstáculos.
Esta foi uma história que me deixou bastante satisfeita e que acabou por ultrapassar as minhas espectativas. Andreas acabou por se tornar numa personagem muito marcante e a autora acabou por o enaltecer ainda mais com o seu misterioso poder pirotécnico, que acabou por dar ainda mais acção no decorrer do enredo. Quanto a Claire, apesar de no início parecer uma personagem apagada em demasia ao lado do protagonista, foi aos poucos demonstrando aquilo que valia e surpreendendo bastante com actos corajosos e acabou por ser a responsável pela principal descoberta do livro.
O final acabou mais uma vez por me deixar demasiado curiosa, parece que algo de muito importante e perigoso está por acontecer. Sinto-me um pouco apreensiva para aquilo que o próximo livro nos trás e a espera parece demasiado grande para conhecer a continuação. A vontade que a autora mostra em nos trazer um cenário um pouco mais sombrio parece-me uma forte aposta que acredito que não será esbanjada.

Por último deixo um breve excerto que me parecer demasiado doce para não o mencionar. Este acabou por ser um dos meus momentos favoritos do livro:
“…recostou-se na cama com ela e envolveu-a no seu abraço protector, fazendo-lhe promessas solenes que estava desejoso por cumprir e amando-a com toda a reverencia e adoração de um macho vinculado, que olhara o inferno de cara e agora percebia que estava a segurar o céu nos braços.”

2 comentários: