[Planeta]Novidades a caminho....da Planeta

O novo ano começa e com ele vem também as novidades literárias que tanto adoramos. As primeiras novidades do ano da Editorial Planeta são então:

O Fruto Proibido, de Jodi Ellen Malpas
368 páginas
PVP: 17,77€
Nas livrarias a partir de 2 de Janeiro

Annie nunca tinha experimentado a «faísca» com um homem — essa espécie de química instantânea que corta a respiração e nos ofusca. Até que uma noite de festa com os amigos a põe cara a cara com o sexy e misterioso Jack. Não é uma simples faísca que salta entre os dois. É uma explosão. Jack promete consumir Annie, e cumpre a promessa.
Avassalada pela intensidade do encontro, Annie foge do quarto de hotel onde passaram a noite juntos. Tem a certeza de que um homem que teve um tão forte impacte nela e a vergou tão facilmente à sua vontade só pode ser perigoso.
Mas já se envolveu demasiado fundo. E Jack não é só perigoso. É proibido.

Educar na Realidade, de Catherine L’Ecuyer
168 páginas
PVP: 14,95€
Nas livrarias a partir de 2 de Janeiro

Um estudo realizado nos Estados Unidos revela que cerca de um terço do consumo de novas tecnologias (NT) dos nossos filhos faz-se em modo multitarefa, o que dá, em «tempo real», um consumo de 7 horas e 38 minutos por dia. Acreditamos que esta geração de “nativo-digitais” tem um cérebro diferente do nosso, que “já vem preparada” para todos estes estímulos, que devemos encorajar isso.
A autora explica que nada disto tem fundamento científico e desmonta uma série de «neuromitos», alimentados pelas empresas que comercializam os produtos, como estes: «A criança tem uma inteligência ilimitada», «Só usa 10% do seu cérebro», «Cada hemisfério é responsável por um estilo de aprendizagem diferente», «Um ambiente enriquecido aumenta a capacidade de aprender do cérebro», «Os três primeiros anos são críticos para a aprendizagem, portanto, são decisivos para o desenvolvimento posterior».

Digital Scale, de Jürgen Meffert e Pedro Mendonça
320 páginas
PVP: 22,90€
Nas livrarias a partir de 2 de Janeiro

Os consumidores querem ter tudo, a qualquer hora, em qualquer lugar. Uma grande maioria possui um smartphone, além de um PC e de um tablet. Estes dispositivos transformaram-se numa espécie de central de comando pessoal que deu origem a mudanças fundamentais dos perfis de consumo.
 As empresas que desvalorizam o assunto e não actualizam a sua presença na web para se adequarem a esta nova mentalidade do imediato arriscam-se a perder a fidelidade dos seus clientes.
Este é o motivo pelo qual a transformação do digital transcende todas as empresas, uma vez que não é apenas um processo circunscrito às tecnologias da informação.
Na realidade, a transformação digital acabou com todas as certezas e já reconfigurou profundamente as definições tradicionais dos mercados nos quais operam as empresas. Por este motivo, esse deverá ser o centro da estratégia de todos os administradores de empresas. Aqueles que não tiverem em conta a transformação digital sucumbirão.
Através de exemplos que vão da Kodak à Amazon e da Dell ao Netflix, Digital@Scale representa o fiel panorama da nova realidade empresarial e económica. Fornece os melhores conselhos para a gestão bem-sucedida de uma organização no novo contexto digital, que muda cada vez mais rapidamente e exige novas competências de liderança e inovação

Outros Titulos:

Uma Viagem de Cura pelo seu interior, de Patrícia Jarimba











Adoro Yoga, de Lorena Pajalunga

0 comentários:

Enviar um comentário