[SDE]Opinião "Imitação Mortal", de J.D. Robb

Titulo: Imitação Mortal
Autor: J.D. Robb

Num jogo letal de gato e rato, Eve Dallas irá enfrentar um admirador de um dos mais infames assassinos de todos os tempos…
Um homem de capa e cartola aproxima-se de uma prostituta numa viela escura de Nova Iorque. Minutos depois, ela surge morta. No cenário do crime, um bilhete é endereçado à Tenente Eve Dallas, convidando-a a juntar-se a um jogo que irá revelar a identidade do criminoso. A carta contém apenas a assinatura de “Jack”.
Dallas é forçada a ir em perseguição de um assassino que sabe tanto de serial-killers quanto ela, um homem que estudou alguns dos homicídios mais infames de sempre. E não só é um especialista como quer deixar a sua própria marca.
Ele já escolheu a sua próxima vítima: Eve Dallas. E a única coisa que ela sabe é que o assassino planeia imitar o mais famoso assassino de sempre: Jack, o Estripador. 

Mais um livro desta série e mais uma vez a autora consegue surpreender…
Não consigo explicar as razões de tanta surpresa, mas a verdade é que mais uma vez a autora consegue deixar-me com aquele misto de sensações incríveis, em que só existe a vontade de ler mais um livro desta série. A verdade é que depois de tantos volumes seria normal que já existisse um cansaço, aquela ideia que seria mais do mesmo e que não valeria a pena ler o livro assim que este fosse publicado, mas nada disso acontece. Desde o inicio ao fim que a autora nos delicia com uma historia surpreendente, capaz de nos deixar aflitos por ter de parar a leitura e fazer outra coisa diferente ou de lermos o livro todo de uma só vez.
Os livros desta série possuem características atípicas neste género (pelo menos na minha opinião) e isto afirmo devido ao facto de normalmente, em livros de outros autores, conseguir descortinar rapidamente a identidade do vilão, enquanto que nesta série por vezes vejo-me a fazer um pouco de batota e a folhear as ultimas páginas a procurar saber quem cometeu os crimes – eu sei, não devia de fazer isto, mas é mais forte do que eu!
Em relação a esta “Imitação Mortal” tenho a dizer que me perdi completamente na leitura e que só consegui descansar a cabeça no momento em que terminei o livro. Desde a relação de Eve e Roarke, até aos momentos de amizade partilhados entre Eve e Peabody, a verdade é que uma pessoa vai-se deliciando com cada pormenor e envolvendo-se cada vez mais na trama. Tal como referi, o assassino conseguiu mascarar-se durante todo o tempo e as minhas suspeitas caíram sempre sobre a pessoa errada, fazendo assim com que toda a trama terminasse de uma forma excecional. Um clímax perfeito para um livro perfeito.
Fico muito contente pela Saída de Emergência nunca ter desistido de publicar esta série fantástica e espero sinceramente que o continue a fazer e com mais regularidade, visto ser uma das minhas séries favoritas (juntamente com a série Dark Hunter, de Sherrilyn Kenyon).

1 comentário:

  1. Olá, tudo bem? Amei conhecer seu blog, já estou seguindo :)
    Ainda não conhecia o livro, amei a resenha!

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar