[5 Sentidos]Opinião "80 Dias – A Cor do Desejo",de Vina Jackson


Titulo: 80 Dias – A Cor do Desejo
Autor: Vina Jackson




Uma história de amor ousada e sedutora
Summer Zahova é uma violinista ardente e impetuosa, que vive uma relação frustrante com um homem que não a compreende. É na música que encontra a sua libertação. Ela passa as tardes nas estações de metro de Londres a tocar violino, perdida nas partituras de Vivaldi e Mendelsshon. Um dia o seu violino sofre um acidente irreparável e Summer recebe uma proposta inesperada de Dominik, professor universitário, um homem atormentado por desejos inconfessáveis que ficou fascinado por Summer quando a ouviu tocar. Dominik oferecer-lhe-á um novo violino na condição de ela tocar para ele em privado.
Incapazes de reprimir a forte atração que sentem, Dominik e Summer embarcam numa aventura intensa e ousada. Para Summer é a oportunidade de se confrontar com o seu lado mais sombrio, no entanto, cedo se apercebe de que o prazer tem um preço elevado. Mas poderá uma relação nascida de uma tal paixão sobreviver?
Este primeiro volume da série 80 DIAS, de Vina Jackson, é um romance irresistível e um deleite para os sentidos.


Este é um livro um pouco difícil de definir.
Confesso que estava à espera de algo diferente, talvez uma história mais romanceada devido à etiqueta que se encontra na capa e que refere a trilogia “As Cinquenta Sombras”. Nada disto é verdade e o que se encontra é uma viagem ao lado mais escuro e brutal do BDSM, misturado uma linguagem crua e um ambiente completamente nu de inibições.
Apesar de não ter sido uma leitura que me deixasse saciada ou sendo até honesta comigo mesma, não sendo de todo o meu género preferido, consegui notar a mestria como Vina Jackson conseguiu montar toda a trama e construir as suas personagens, fazendo que os protagonistas conseguissem completar-se de uma forma inexplicável, numa relação completamente sexual e autodestrutiva, com a protagonista feminina procurando sempre os seus limites… Infelizmente, não me senti qualquer ligação com a história, nem com as suas personagens, deixando-me apenas uma sensação de vazio e até mesmo de angústia pelo teor cru de todo o livro.
Acredito que muitos serão aqueles a quem o livro vai encher as medidas, recomendo o livro a todos os que gostarem de ler romances mais focados para o lado escuro do tema e espero sinceramente que a Porto Editora consiga alcançar os objectivos esperados. Quero recordar ainda a todos os leitores desta opinião que esta é uma crítica pessoal e que em nada quer dizer que a vossa apreciação será igual. Digo isto porque sei que todos temos gostos diferentes e que por isso será muito normal haver opiniões contrárias à minha. Espero que leiam o livro e de que gostem, dêem vós próprios a oportunidade de formar uma opinião só vossa. 

2 comentários:

  1. Olá. Tudo bem? Vc sabe me informar quando q vai ser lancado no Brasil o segundo volume da trilogia no Brasil? E qual vai ser o nome? Obrigado Gleice

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi! Não sei dizer quando irá sair no Brasil, nem qual será o nome. :(

      Eliminar