[Quinta Essencia]Opinião "Jardim de Alfazema",de Jude Deveraux


Jude Deveraux




















Sinopse: Jocelyne Minton é uma mulher dividida entre dois mundos. A mãe estudou em colégios particulares e frequentava as melhores salas de chá, mas acabou por casar com o biscateiro local.
Joce tinha apenas cinco anos quando a mãe morreu e, quando o pai volta a casar, a criança sente-se mais só do que nunca - até que conhece Edilean Harcourt que, apesar de já não ser uma jovem, compreende Joce melhor que ninguém.
Quando Miss Edi morre, deixa à amiga todos os seus bens, incluindo uma histórica mansão do século XVIII e uma carta com pistas para a jovem decifrar um mistério que remonta a 1941. Na carta, Miss Edi também revela que encontrou o homem perfeito para Joce, um jovem advogado. Joce fica chocada ao saber que a mansão e o futuro amor da sua vida se encontram em Edilean, de que nunca ouvira falar. Curiosa perante esta reviravolta do destino, Joce muda-se para a pequena cidade , decidida a dar um novo rumo à sua vida.
Em Edilean, todos conhecem a história da jovem e já delinearam o seu futuro, incluindo o homem com quem se deverá casar. Acontece, porém, que Joce tem as suas próprias ideias acerca do homem que terá de conquistar o seu coração e o que fazer aos segredos que ninguém quer ver divulgados. Mas, quando estes lhe revelam parte da sua história, o certo é que a vida parece ganhar uma nova cor…
Em Jardim de Alfazema, Jude Deveraux retrata as paixões, as intrigas e os segredos de uma pequena cidade e dá início a uma extraordinária série centrada em Edilean.


Opinião: Esta foi uma leitura realizada com um pouco de atraso. Já tinha lido o livro “Desejos do Coração”, que foi o último título que saiu e fiquei com bastante curiosidade acerca dos livros anteriores. Infelizmente, demorei um pouco até conseguir reunir todos. Como o tempo foi passando e outras leituras foram sendo feitas, fui também esquecendo pormenores importantes que acabariam por ser considerados spoilers deste mesmo livro e que por isso fiquei contente por esquecer. Quem não deve ter ficado contente por esse esquecimento foi a minha amiga Vivana, que ia dando em doida com todas as perguntas que eu ia fazendo…
E agora voltando ao tema principal, a opinião deste livro, posso dizer que voltei a apaixonar-me por esta serie. A obra é completamente deliciosa e os momentos de humor vão sendo propagados a quase todas as páginas. É um romance simples e apesar de todos os segredos e mistérios envolvendo as personagens, a sua leitura é feita de uma forma fluída e sem grandes complicações de enredo. Apesar de tudo, acabei por perceber bastante cedo um dos maiores segredos de Edilian Harcourt, algo que não veio estragar o prazer de leitura.
Adorei conhecer os primos Sara, Luke e Ramsey e também Tess, que para além da sua personalidade forte acaba por mostrar o seu lado mais simpático ao ajudar Joce no catering de algumas festas, juntamente com o pai de Luke. Adorei o Luke, achei que era uma personagem mesmo muito engraçada e juntando o seu humor ao de Joce acabaram por se tornar um complemento um do outro.
Estou ansiosa por ler o próximo livro intitulado “Dias de Ouro” que irá contar a história de Angus McTern e Edilian Talbot e que irá decorrer no ano de 1766. 

4 comentários:

  1. Admito, tenho uma certa curiosidade nesta autora mas acho que ainda não levei aquele empurrão arrebatador, sabes? Não sei, as opiniões são quase sempre positivas, como a tua, mas não consigo encontrar aquela vontade voraz de agarrar num e ler. :/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E um dia destes experimentas e depois já não queres outra coisa :P

      Eliminar
  2. Respostas
    1. A capa é linda e a historia é ainda melhor!
      Acho que ias gostar :)
      Beijinhos

      Eliminar