[Asa]Opinião "Ligeiramente Tentador", de Mary Balogh

Titulo: Ligeiramente Tentador
Autor: Mary Balogh


Vingança. É essa a palavra que paira na mente de Gervase Ashford, conde de Rosthorn, ao conhecer a bela Lady Morgan Bedwyn. Em circunstâncias normais, o jovem aristocrata não lhe teria dispensado mais do que um breve olhar de apreciação. Mas esta é uma situação em tudo excecional pois Morgan é irmã do seu pior inimigo. Na cabeça de Gervase começa a delinear-se um plano ligeiramente tentador…
Liberdade. À boa maneira da família Bedwyn, é esse o desejo de Lady Morgan. Há muito que a jovem acalenta o sonho de casar por amor, e está tudo menos disposta a ser um peão no jogo do conde. Mais, ela está decidida a mostrar-lhe que se meteu com a pessoa errada. Mas quando dá por si perdida em plena batalha de Waterloo, é em Gervase que encontra o tão desejado ombro amigo.
Para o conde, a situação revela-se perfeita. Entre ele e a realização do seu plano, existe apenas um obstáculo: a voluntariosa, obstinada e irresistível Morgan Bedwyn.


Mais um livro da serie e mais uma vez fiquei fascinada com as historias que a autora nos vem contando. Mary Balogh é, sem duvida, uma das autores que chegou ao nosso país e nos deixou os leitores completamente fascinados. A autora vem trazendo historias divertidas e românticas, historias que nos prendem desde a primeira página e que no final nos deixam a ansiar por mais. A serie Bedwyn tem sido uma agradável surpresa. Posso dizer-vos que desde o primeiro livro que me mantive fiel ao desenrolar da serie e que não tenho ficado desiludida com as historias que me têm sido apresentadas.
Desta vez conhecemos a historia de Lady Morgan e, se antes ela apresentava ser uma personagem diferente dos seus irmãos (na minha opinião), neste livro mostrou que era uma Bedwyn e que de que material era feita. Uma das minhas partes favoritas foi quando a protagonistas abandonou a casa onde estava a salvo para ajudar os mais necessitados, esta era uma senhora com uma mentalidade muito avançada por o tempo em que vivia.
Outro aspecto que devo focar é o romance entre os dois protagonistas. O amor entre Morgan e Gervase foi crescendo aos poucos, foi um amor que aconteceu e que me prendeu ao livro de uma forma fascinante. Nada me prende tanto como um romance bem construído e este foi um romance que para além de ir aparecendo muito aos poucos, acabou por se mostrar difícil de concretizar devido ao carácter teimoso de Morgan, que até ao ultimo momento foi negando os seus sentimentos mais profundos.
Depois deste livro apenas posso esperar pelo momento da publicação do próximo livro. Espero que a editora não demore muito, pois acredito que cada pessoa que leia este livro irá ficar com esse mesmo sentimento. 

0 comentários:

Enviar um comentário