[Quinta Essência]Opinião "Estranhos ao Luar",de Jude Deveraux

Titulo: Estranhos ao Luar
Autor: Jude Deveraux

Mais um encantador romance contemporâneo passado em Edilean, acerca de dois amigos de infância que se encontram após anos de afastamento e descobrem que a centelha que sentiram em crianças ainda perdura...
Quando Kim Aldredge tinha oito anos, conheceu um rapaz de doze chamado Travis, que estava de visita à sua cidade natal de Edilean, na Virgínia, com a mãe. Embora essa visita tivesse lugar sob circunstâncias misteriosas, isso não impediu que as crianças se tornassem amigas. Durante duas semanas maravilhosas, andaram de bicicleta, jogaram basebol e leram em voz alta para o outro. Tudo coisas comuns para Kim, mas para Travis bastante extraordinárias. E Travis ajudou Kim a descobrir o seu amor pela criação de joias, a paixão que se tornou a sua profissão. Antes de partir, ele disse-lhe que um dia iria voltar, e durante anos Kim guardou a foto de ambos, abraçados e sorridentes.
Travis é agora um advogado bem-sucedido em Manhattan, mas há coisas na sua vida que ele não quer tornadas públicas. E embora tenha viajado por todo o mundo, ainda pensa no verão passou em Edilean e na rapariga que lá conheceu. Essas semanas mudaram a sua vida para sempre. Quando Travis descobre que a mãe regressou a Edilean e tenciona voltar a casar, decide que está na hora de voltar também: não apenas para investigar o futuro marido da mãe, mas para finalmente cumprir a promessa que fez a Kim tanto anos antes...

Sabem aquela sensação de terem guardado um livro na vossa estante durante quase um ano e depois começarem a ler e ficarem chateados convosco porque esperaram tanto tempo para ler? Pois é verdade, ultimamente esta tem sido uma sensação que tenho tido por diversas vezes!
Desde o momento em que Jude Deveraux tem publicado os seus livros em Portugal tenho acompanhado religiosamente cada uma das suas historias e sempre que termino um livro fico ansiosa pela continuação. Este livro foi mais um desses livros. Apesar de já ter sido publicado durante o ano passado, este foi mais um livro que me deixou maravilhada. Mesmo depois de tantos livros publicados (este é o 7º livro da série Edilian, 3º de outra trilogia), sabe sempre bem conhecer novas historias, ao mesmo tempo que vamos acompanhando o percurso das personagens que tantas alegrias nos deram ao longo dos livros anteriores e o melhor deste livro foi compreender alguns pormenores passados, que sempre nos deixaram um pouco desconfiados, como por exemplo a historia da mãe de Travis.
A historia de amor entre Travis e Kim é, sem duvida, uma das minhas favoritas da série. Um amor que apesar da distância sempre se manteve. Um amor puro, que sobreviveu ao tempo e que se foi mantendo sempre presente naquele cantinho do coração. A historia entre os dois foi…bem, não foi assim tão simples…Mas o que a historia nos transmite é simplesmente incrível e faz-nos acreditar que tudo é possível e que o amor sempre vence!
O ano ainda agora começou ( Pronto, já passou um mês, mas isso agora não interessa nada! :D ) e os livros que tenho lido têm feito passar momentos incríveis, desejando sempre que sejam publicadas as suas continuações. Felizmente, a continuação deste livro encontra-se já em meu poder, “Máscaras ao Luar” foi já publicado pela Quinta Essência e promete ser tão bom como os livros anteriores. Estou ansiosa pela oportunidade de o ler.

[Bertrand Editora]Novidade "Conquistada até Terça",de Catherine Bybee

Titulo: Conquistada até Terça
Autor: Catherine Bybee
Género: Literatura / Romance
Tradução: Marta Teixeira Pinto
N.º de páginas: 312
Data de lançamento: 4 de fevereiro de 2017
PVP: € 15,50

Catherine Bybee, autora best-seller do New York Times, está de regresso com o livro Conquistada até Terça, um romance que chega às livrarias no dia 3 de fevereiro. Este é o quarto livro da autora norte-americana a ser publicado em Portugal com o selo editorial da Bertrand Editora. Conquistada até Terça insere-se na série The Weekday Brides (Noivas dos Dias da Semana), que tem conquistado inúmeros fãs em todo o mundo, inclusivamente em Portugal. 

– Judy Gardner –
Judy acabou de se formar e está pronta para conquistar o mundo… isto se conseguir arranjar trabalho, claro. A sua esperança é passar de aspirante a arquiteta para famosa arquiteta o mais depressa possível, por isso muda-se para Los Angeles, para casa do seu famoso irmão, Michael Wolfe. Mas é difícil para Judy concentrar-se no trabalho quando o sedutor guarda-costas por quem ela se apaixonou no verão passado está sempre a aparecer no seu caminho.
– Rick Evans –
Com o seu físico musculoso, olhos verdes e sorriso fácil, Rick podia ter qualquer mulher que quisesse. Mas o antigo fuzileiro que agora é guarda-costas só tem olhos para Judy e a sua maneira de ser temperamental. Quando um marginal anónimo ataca Judy, Rick decide que nada o vai deter até encontrar o monstro que persegue a mulher que ele ama. 


Catherine Bybee é autora best-seller do New York Times. Nasceu em Washington, mas mudou-se para a Califórnia depois do liceu, na esperança de vir a tornar-se atriz. Em lugar disso, licenciou-se em enfermagem e fez a sua carreira sobretudo em urgências hospitalares. Atualmente, é escritora a tempo inteiro. Vive na Califórnia com o marido e os dois filhos.

[Porto Editora]Novidade "O livro grande de Tebas navio e Mariana",de Mário de Carvalho

Título: O livro grande de Tebas navio e Mariana
Autor: Mário de Carvalho
Págs.: 296
PVP: 15,50 €

Nova edição de O livro grande de Tebas navio e Mariana chega esta semana às livrarias.
Em 1982 Mário de Carvalho publicava o seu primeiro romance, O livro grande de Tebas navio e Mariana, aquele que seria o ponto de partida para a obra do autor que, na altura, «já era escritor». Quem o diz é Manuel Frias Martins no prefácio à nova edição deste livro, que a Porto Editora publica a 2 de fevereiro. Em O livro grande de Tebas navio e Mariana, história de peripécias, numa demanda por uma cidade mítica inalcançável, é já possível encontrar referências, imaginários e angústias que o autor recuperará noutros livros, mais tarde. Mário de Carvalho encontrará diferenças, hoje, do jovem escritor da altura, mas reconhece essa matriz que marcará a sua obra, como o próprio defende no texto que introduz esta edição. 

Era um navio-resumo de todos os navios que em todos os tempos houve
Uma perturbada viagem, por mar e terras do longe, em busca do sentido último da história colectiva e do destino individual do homem: a demanda de uma cidade mítica, envolta em espessa bruma, nem fria nem quente, nem seca nem húmida, guardada ao alto por cem torres escuras e quadradas, defendida por mil portas pequenas e gradas e há muitos mil anos cercada por infindas legiões de silentes, serenos, solenes guerreiros. 

Mário de Carvalho nasceu em Lisboa em 1944. O seu primeiro livro, Contos da Sétima Esfera, causou surpresa pelo inesperado da abordagem ficcional e pela peculiar atmosfera, entre o maravilhoso e o fantástico. Desde então, tem praticado diversos géneros literários, percorrendo várias épocas e ambientes, sempre em edições sucessivas. Nas diversas modalidades de Romance, Conto e Teatro, foram atribuídos a Mário de Carvalho os prémios literários portugueses mais prestigiados (designadamente os Grandes Prémios de Romance, Conto e Teatro da APE, o prémio do PEN Clube e o prémio internacional Pégaso). Os seus livros encontram-se traduzidos em várias línguas.
Página do autor: www.mariodecarvalho.com

[TopSeller]Opinião "Perfeito para Mim",de Jill Shavis

Titulo: Perfeito Para Mim
Autor: Jill Shalvis

Bailey é uma jovem artista, é bonita, quer viver a vida ao máximo e está finalmente saudável. Agora, o seu primeiro objetivo passa por esquiar as assustadoras Montanhas Rochosas na estância turística de Cedar Ridge.
A tarefa, contudo, é bem mais difícil do que ela imaginava e só a ajuda de um estranho a impede de ter um acidente grave. Hudson Kincaid, o seu herói apaixonante, é um dos donos dessa estância e, ironicamente, Bailey acaba de ser contratada para um trabalho muito importante: pintar o mural da família dele.
Bailey e Hudson entram numa vertiginosa, divertida e sensual relação, algo que nenhum dos dois quer, mas que não conseguem evitar. A vida deu uma segunda oportunidade a Bailey, e Hud só precisou de um sorriso para conquistar o coração dela.

A minha primeira leitura de 2017! Um livro muito esperado, principalmente depois da leitura do livro anterior.
Apesar de já ter lido algumas das opiniões que andam espalhadas pela internet acerca da autora e de ter ganho um e-book num passatempo, a verdade é que ainda não tinha lido nenhuma das obras de Jill Shavis. O que encontrei no primeiro livro desta serie deixou-me simplesmente encantada e ansiosa pela continuação. Foi por isso que no momento em que o meu namorado me perguntou o que eu queria como prenda de natal disse-lhe o titulo deste livro, “Perfeito para Mim”.
Este foi um titulo perfeito para a historia. Baley conta-nos a sua historia de uma forma fantástica, fazendo com que se largue muitas gargalhadas e ao mesmo tempo algumas lágrimas. Mostra também que nada é impossível e que devemos aproveitar cada instante que a vida nos dá, pois nunca sabemos aquilo que o futuro nos reserva. A historia de Hudson é um pouco diferente. Ele apresenta-se como uma personagem cheia de responsabilidades e com uma historia de vida muito diferente de Baley.
Este é um livro extremamente bem escrito, com descrições fantásticas e sempre virado para o que está a acontecer, sem se mostrar monótono. Apesar de ter ainda demorado uns dias a terminar a leitura, sempre que tinha um bocadinho pegava no livro e ia lendo, sempre com a curiosidade louca de saber o que iria acontecer de seguida e ao mesmo tempo com um sentimento de tristeza, por saber que não teria tempo para terminar a leitura. No fim, foi com muita tristeza que vi o livro a terminar.
Gostei bastante de rever a família Kinkaid, principalmente de saber como se mantinha a relação de Lily e Aidan, o casal que me fez adorar esta serie. O que me deixa curiosa neste momento é, sem duvida, a historia do irmão gémeo de Hudson, Jacob, que pelo que já encontrei na internet, também nos irá deixar a suspirar. Espero ansiosamente pela sua publicação.

[LeYa]Novidade "Dinossauro Excelentíssimo",de José Cardoso Pires

DINOSSAURO EXCELENTÍSSIMO, de José Cardoso Pires, com prefácio de Carlos Reis e ilustrações de João Abel Manta é o novo livro da Coleção Essencial – Livros RTP

Dinossauro Excelentíssimo, é uma fábula satírica de José Cardoso Pires que retrata a vida de Salazar, a sua ditadura e o Portugal do Estado Novo num tom bastante irónico e amargurado. Carlos Reis designa a fábula de "relato violentamente satírico sobre a figura de Salazar" (verbete José Cardoso Pires, in Biblos, vol. 2, 213).

«Dinossauro Excelentíssimo está construído sobre o modelo de um género narrativo antigo e respeitável, a fábula, que em Cardoso Pires é objeto de uma refuncionalização apoiada na paródia e no poder de evocação simbólica da alegoria. A destinatária infantil várias vezes invocada (Ritinha) tem a ver diretamente com o culto de um género muito ligado, desde Esopo e Fedro, aos ensinamentos que se deduzem das afinidades comportamentais observadas entre animais e homens; ensinamentos que, entretanto, ganharam uma outra densidade quando a fábula se aproximou do ensaio filosófico cultivado por La Fontaine e pelo classicismo francês. … o desenho e a cor das ilustrações de João Abel Manta. Combinando por vezes a fotografia e a gravura, recorrendo a técnicas que lembram a colagem (ou dela provêm diretamente) e desenhando a traço grosso figuras com forte impacto caricatural, João Abel Manta acompanha e expande o impulso paródico que domina Dinossauro Excelentíssimo.» Prefácio de Carlos Reis


José Cardoso Pires foi jornalista, tendo colaborado em vários jornais e revistas. Iniciou a sua atividade como escritor publicando, em 1949, o livro Os Caminheiros e Outros Contos. Depois seguiram-se, até 1997, ano em que publicou a sua última obra – Lisboa, Livro de Bordo – mais 17 livros, distribuídos por diversos géneros literários – conto, romance, crónica, ensaio, teatro.
A sua obra literária não é redutível a uma escola literária definida. Ela coloca-se entre o surrealismo, o neorrealismo, e sofre uma forte influência da linguagem cinematográfica, bem como de alguns escritores norte-americanos, nomeadamente Ernest Hemingway. As suas obras valeram-lhe vários importantes prémios literários nacionais e internacionais, nomeadamente o Prémio da União Latina, o Prémio Dom Dinis, o Grande Prémio APE, o Prémio Pessoa, entre outros. Várias das suas obras foram traduzidas para outras línguas e adaptadas ao cinema e ao teatro.
José Cardoso Pires morreu em Lisboa em outubro de 1998, com 73 anos de idade.

Sobre a Colecção
A “Coleção Essencial - Livros RTP” é um projeto cultural concebido pela RTP em parceria com a LeYa e que consiste na publicação de um conjunto de obras de ficção de autores de língua portuguesa e de outras línguas. O objetivo desta iniciativa é a promoção do gosto pela leitura através da descoberta (ou redescoberta) de alguns dos autores mais relevantes do século XX,  colocando à disposição do público, por um preço reduzido (10 euros) e ao ritmo de um título por mês, algumas das obras-primas da literatura contemporânea, com prefácios assinados por destacadas personalidades da cultura.  A curadoria da coleção é de Zeferino Coelho, um dos mais considerados editores do mundo de língua portuguesa, editor da Caminho, integrada na LeYa. No âmbito desta coleção está prevista a publicação de 25 livros.

[Planet]Novidades Janeira 2017

Titulo: O Protector
Autor: Jodi Ellen Malpas
N. Páginas: 528
PVP: 18,85 €
 Nas livrarias a partir de 18 de Janeiro 

Camille Logan é uma famosa modelo, filha de uma família rica, que é alvo de ameaças anónimas.
Jake Sharp é um ex-sniper do SAS, que trabalha como guarda-costas e que foi contratado pelo pai de Camille para a proteger.
Toda a gente pensa que ele tirou as medidas a Camille: uma menina do papá mimada e bonita que usa a conta bancária do pai para financiar o estilo de vida que leva.
Mas Camille é muito mais do que parece à primeira vista e está determinada a viver livre de amarras.
Quando descobre que a sua vida está a ser ameaçada em consequência da maneira implacável como o pai gere os negócios, não tem outro remédio senão preparar-se para as medidas que ele vai tomar para a proteger.
Mas nada poderia prepará-la para o ex-sniper do SAS que entra de rompante na sua existência. Jake Sharp vive o seu inferno privado. Já uma vez se deixou distrair do seu dever e as consequências foram devastadoras, pelo que jurou nunca mais permitir que voltasse a acontecer.
Ser o guarda-costas de Camille não é o género de distracção dos seus demónios que devia aceitar – as mulheres e Jake não combinam bem –, mas proteger a herdeira parece ser o menor de dois males.
Jake não tarda a descobrir a verdadeira Camille. É uma jovem terna e compassiva, a sua presença apaziguadora, e o dever de protegê-la depressa vai mais longe e mais fundo do que um trabalho bem pago.
Jake precisa de absolvição. Acaba por precisar de Camille. Mas sabe que não pode ter ambas.



Titulo: O Mundo Imaginário De
Autor: Keri Smith
N. Páginas: 192
PVP: 14,99€
A partir de 18 de Janeiro
A mesma criadora dos mega sucessos de venda Destrói este Diário, Isto Não é um Livro e Caos, pede agora aos leitores que querem mudar o mundo para darem asas à imaginação e deixarem fluir a energia criativa que existe dentro de cada um e que muitas vezes fica aprisionada pela correria do diaa-dia.
Cada página vem com uma proposta diferente e cabe ao leitor interpretar a melhor maneira de executá-la.
Pode ser lido sem uma ordem predeterminada. Abra uma página ao acaso e deixe-se surpreender.
O acto de criar um mundo é um acto de revolução.
Imaginar algo diferente, algo melhor, ou algo mais interessante é levar o mundo existente a um estado de mudança. Alguns dos maiores actos revolucionários do nosso tempo aconteceram porque alguém teve a coragem de imaginar algo novo.
Se é verdade que a imaginação cria a nossa realidade, então podemos ver-nos como alquimistas, capazes de transformar a sociedade e a cultura em geral com as nossas palavras e ideias.
Temos o poder de curar uma cultura doente com a «energia mágica» que provém da nossa imaginação. Pela mera documentação das nossas ideias, podemos iniciar o processo de mudança.
Está na hora de começar.
Lembre-se: Tem poderes imensos!

[Porto Editora]Literatura - As novidades de 2017

No dia 05 de Janeiro, no Museu Nacional de História Natural e da Ciência, foram apresentadas à Comunicação Social as novidades da Porto Editora para os primeiros meses de 2017, onde sobressaem os livros de não ficção, o relançamento da coleção de bolso da Livros do Brasil, e os autores literários contemporâneos.
Pela Porto Editora, o destaque vai para a não ficção, com Manuel Alberto Valente a apresentar o segundo volume da biografia autorizada de Jorge Sampaio, por José Pedro Castanheira, que incide sobre o tempo em que foi Presidente da República. Cláudia Gomes salientou a publicação de A hope more powerful than the sea. Da autoria de Melissa Fleming, porta-voz do Alto Comissariado para os Refugiados das Nações Unidas, este livro é uma dramática chamada de atenção para a situação por que passam milhares de sírios na sua busca por paz e abrigo na Europa.
Alfa – Histórias de 5 minutos, um título que usará a tecnologia de realidade aumentada presente nos manuais híbridos da Porto Editora, marcou a intervenção de Sandra Lopes, que apresentou as novidades do catálogo infantil.
Na Livros do Brasil surge uma grande novidade: o regresso da Coleção Miniatura, iniciada originalmente nos anos 50, onde constarão livros de ficção, clássicos e contemporâneos, com reconhecida qualidade literária.
Rosa Montero, Javier Cercas e John Steinbeck são os escritores que inauguram o relançamento desta coleção, já em janeiro, com A louca da casa, Soldados de Salamina e A um deus desconhecido, respetivamente.
João Rodrigues, pela Sextante Editora, realçou a publicação de O segredo da modelo perdida, o novo romance de Eduardo Mendoza, vencedor do Prémio Cervantes 2016. De entre as novidades da Assírio e Alvim para o primeiro semestre, Vasco David destacou o Épico de Gilgamesh, o mais antigo poema longo a chegar aos nossos dias, numa tradução erudita de Francisco Luís Parreira.
Pela Coolbooks, Vítor Gonçalves salientou a edição de O nó da culpa, de Filipe Batista, o romance vencedor da edição de 2016 do Prémio Literário Maria Amália Vaz de Carvalho, na categoria de Jovens Talentos.
Foram apresentados mais de 90 títulos, distribuídos pelas chancelas Porto Editora, Assírio & Alvim, Sextante Editora, Livros do Brasil, Albatroz e Coolbooks.

[Planeta]Novidade "Criar Com Código - Constrói O Teu Sítio Web", de CoderDojo

Titulo: Criar Com Código - Constrói O Teu Sítio Web
Autor: CoderDojo
N. páginas: 96
PVP: 16,95€
Nas livrarias a partir de 4 de Janeiro 


CoderDojo é uma rede global de clubes de computação gratuitos para jovens, dos 7 aos 17 anos, dinamizado por voluntário, que os ensina a criar com código, a construírem um website, a criarem uma app ou um jogo e explorarem a tecnologia num ambiente informal, criativo e sociável.
Neste manual, os mais novos vão aprender a construir os seus próprios e fantásticos sítios web – com HTML, CSS e JavaScript – e como iniciar o seu próprio CoderDojo Nano com os amigos.
O livro funcionará em conjunto com um site – www.nanonautas.pt –, que ajudará os leitores a criarem efectivamente o seu site, seguindo as instruções e ferramentas fornecidas.
A revisão técnica, tal como a do site, é feita por um especialista e professor conceituado, que é simultaneamente Mentor de um dos dois Dojos de Lisboa – o Professor Manuel Menezes de Sequeira.
O movimento Coder Dojo acredita que o conhecimento das linguagens de programação é cada vez mais importante no mundo actual, que é melhor e mais fácil aprender a dominar estas linguagens cedo e que a oportunidade de as poder dominar não deve ser negada a ninguém.
Um livro e uma aprendizagem fundamentais para todos os jogadores de Minecraft e futuros assistentes às Web Summit.

[BertrandCirculo]Novidades editoriais do Grupo BertrandCírculo

Na entrada no novo ano, a Bertrand Editora, Quetzal, Pergaminho, ArtePlural, GestãoPlus, Temas e Debates, Círculo de Leitores e 11X17 destacam algumas das maiores apostas para 2017, com publicação prevista para os próximos meses.
Bullying, maternidade, política, feminismo, suspense, História e felicidade são alguns dos temas em destaque, contando com a colaboração de novos autores no Grupo BertrandCírculo, como Nora Fraisse e Orna Donath, bem como com atuais autores das várias chancelas do Grupo, tais como Stephen King, Jeffrey Archer, Howard Jacobson e Ransom Riggs.

«13 Anos para Sempre Marion», de Nora Fraisse, pela Bertrand
No dia 13 de fevereiro de 2013, aos 13 anos, Marion suicidou-se. A mãe encontrou-a enforcada no seu quarto. Simbolicamente, tinha “enforcado” o telemóvel junto de si.
A mãe de Marion escreveu este livro, em sofrimento e perplexidade, como um tributo à filha, mas também como um alerta para os perigos do bullying e das pressões das redes sociais nos jovens.
Um livro comovente e alarmante, que nos faz pensar num dos maiores perigos da nossa sociedade relativamente aos mais jovens.

«Mães Arrependidas», de Orna Donath, pela Bertrand
Best-seller em Espanha e na Alemanha.
«Mães Arrependidas» levanta a discussão pública sobre um tema quase inteiramente silenciado: a vasta quantidade de mulheres que, depois de serem mães, não encontraram a profetizada “plenitude” na maternidade e, muito embora amem os seus filhos, desejariam não ser mães de ninguém. Com base num ensaio que a socióloga Orna Donath, da universidade Bem Gurion, elaborou para uma publicação académica, este livro apresenta uma análise intrigante sobre um fenómeno de uma atualidade premente.

«A Manipulação da Verdade», de Eric Frattini, pela Bertrand
Operações de falsa bandeira: do incêndio no Reichstag ao golpe de estado na Turquia
Alguns dos acontecimentos mundiais mais importantes de que nos recordamos não aconteceram exatamente como nos foi dado saber.
«A Manipulação da Verdade» levanta o véu sobre as operações de falsa bandeira mais relevantes da nossa História recente, produto de uma investigação apurada e bem documentada, e apresenta-nos os factos como eles são.

«Manual de Feminismo para Quase Feministas», de Capazes, pela Bertrand
Coleção de ensaios com tema central: os mal-entendidos mais frequentes acerca do feminismo.
Um trabalho que nos proporciona uma panorâmica detalhada do feminismo hoje em Portugal, suas principais influências e questões que lhe estão associadas. Capazes (www.capazes.pt) é uma Associação Feminista que tem como objetivo promover a informação e a sensibilização da sociedade civil para a igualdade de género, defesa dos direitos das mulheres e empoderamento das mesmas, definindo-se assim como entidade promotora de uma ocupação igualitária das mulheres no espaço público.

«As Afinidades Electivas», de Wolfgang Goethe, pela Bertrand
As Afinidades Electivas de Goethe é sem dúvida uma obra brilhante do autor, onde encontramos alguns elementos característicos da novela romântica. Escrita em 1809, já numa fase de amadurecimento do escritor alemão, destaca os conflitos morais da época, as questões associadas ao matrimónio e apresenta as paixões enquanto determinantes dos nossos atos. Tudo isto tendo como ponto de partida as leis da química que afetam - de acordo com a visão de mundo de Goethe - as pessoas como se fossem elementos.

«Shylock é o Meu Nome», de Howard Jacobson, pela Bertrand
Este livro é o segundo da coleção de homenagem a Shakespeare em que se escrevem novas versões das suas célebres peças. «Shylock é o Meu Nome» reconta «O Mercador de Veneza» de Shakespeare. Com a mulher ausente e a filha a descarrilar, Simon Strulovitch, filantropo e colecionador de arte abastado, precisa de alguém com quem falar. E é assim que, quando conhece Shylock num cemitério, convida-o para sua casa. Trata-se do início de uma amizade extraordinária... Howard Jacobson é um dos autores em língua inglesa mais importantes da atualidade.

«A Biblioteca de Almas», de Ransom Riggs, pela Bertrand
Este livro encerra a trilogia, que começou com «O Lar da Senhora Peregrine Para Crianças Peculiares» e que prosseguiu com «Cidade Sem Alma». Cada elemento é assombroso, as personagens desenvolvem-se perfeitamente, com uma escrita dinâmica, tornando a sua leitura compulsiva por parte do leitor. Uma série que tem vindo a ganhar entre nós forte popularidade.



«A Torre Negra VII», de Stephen King, pela Bertrand
A série Torre Negra é considerada a obra mais visionária do autor. Em 2017 estreia no cinema o filme A Torre Negra, protagonizado por Matthew McConaughey e Idris Elba. Esta é uma série de fantasia de culto, com grandesucesso internacional, comparada por muitos ao Senhor dos Anéis. Stephen King cria pura magia narrativa a
cada revelação na sua história, ultrapassando todas as expectativas no impressionante final da sua obra-prima, uma narrativa épica constituída por sete tomos.

«Mais Poderosa do Que a Espada», de Jeffrey Archer, pela Bertrand
Este é o 5º volume das Crónicas dos Clifton, uma série de grande sucesso que tem cativado milhares de leitores em todo o mundo, incluindo Portugal. Neste volume, Harry, que é recém-eleito presidente do PEN inglês, tem agora oportunidade de começar uma campanha para salvar Anatoly Babakov, um escritor russo que se encontra preso na Sibéria, e acaba por pôr a sua vida em perigo ao fazê-lo. Entretanto, Emma tem as suas próprias guerras a travar. Terá em primeiro lugar de defender a sua presidência depois de um navio seu ter sido destruído pelo IRA, e mais tarde de enfrentar em tribunal a venenosa Virginia Fenwick.

«O Diabo na Cozinha», de Marco Pierre White, pela Quetzal
Sexo, dor, loucura e a formação de um grande chefe.
Aclamado como o primeiro chefe rock-star britânico, Marco Pierre White foi o homem que transformou a arte de cozinhar numa coisa sexy. O seu temperamento na cozinha é lendário. Funcionários irritantes eram atirados para o caixote do lixo, e clientes para a rua. Porém, o mais rude dos chefes londrinos foi também um herói da classe trabalhadora que encantou estrelas e aristocratas.

«Bíblia – Volume II», tradução de Frederico Lourenço, pela Quetzal
A Bíblia mais completa que alguma vez existiu em português.
Este é o segundo volume do Novo Testamento traduzido diretamente do grego. Depois da edição dos Evangelhos, Frederico Lourenço devolve-nos os Atos dos Apóstolos, as epístolas de São Paulo, em toda a sua grandiosidade, bem como os textos de Tiago, João, Judas e Pedro – além do deslumbramento do Apocalipse, que nunca atingiu, na nossa língua, esta beleza e este rigor.

«O Espírito da Ficção Científica», de Roberto Bolaño, pela Quetzal
Uma novela inédita de Roberto Bolaño há muito anunciada.
Este é o quarto livro póstumo de Roberto Bolaño, depois de «2666», «Os Dissabores do Verdadeiro Polícia», e «O Terceiro Reich».
A história - que começa com uma entrevista absurda e muito álcool - passa-se durante os anos 70 e contém muitas referências a acontecimentos políticos e culturais da época, narrando a vida de Jan e Remo, jovens escritores que tentam viver apenas da literatura numa cidade fervilhante, mágica e cujas noites se prolongam demasiado, Cidade do México.

«Small Data», de Martin Lindstrom, pela GestãoPlus
Martin Lindstrom, um verdadeiro Sherlock Holmes do marketing, apresenta neste livro o poder do “small data” em antever grandes tendências de consumo e mercados. Este livro apresenta um estudo interessante sobre o comportamento no campo do marketing. O autor apresenta várias técnicas para entender quais as principaistendências de consumo ao nível do marketing. Martin Lindstrom é fascinado por pequenos detalhes que passam na maioria das vezes despercebidos ou que simplesmente não aparentam ter grande relevância, mas que podem revelar muito sobre os comportamentos e atitudes de consumo do ser humano.

«A Horta Jardim Ecológico», de Jesús Arnau e Mariano Bueno, pela Arteplural Edições
Este livro apresenta uma inovadora abordagem para a jardinagem e horticultura – em casa ou num jardim. As hortas urbanas e os jardins interiores são uma das grandes tendências dos nossos dias. Um livro simples e prático, transporta as bases da agricultura biológica e dos jardins interiores para um espaço harmonioso. Um livro repleto de dicas para manter a sua horta-jardim sempre saudável, prevenindo as pragas e as doenças mais comuns.

«Escolho Ser Feliz», de Sara Cardoso, pela Pergaminho
Este livro é um guia para uma autoestima mais forte e uma vida mais positiva. Aprender a não desperdiçar tempo a pensar que algo vindo de fora é que vai trazer a felicidade: a verdadeira felicidade vem do nosso interior. Quando se alcança a paz interna e se consegue alhear das interferências mentais, emocionais ou ambientais que nos rodeiam, é possível estar feliz em qualquer situação.


«Ioga para Corrigir a Visão», Kazuhiro Nakagawa, pela Pergaminho
O método japonês que corrigiu os problemas de visão de mais de 6 milhões de pessoas. O método natural e exclusivo do Dr. Nakagawa oferece uma ajuda formidável para resolver todos os problemas e deficiências de visão.
Trata-se de um sistema comprovado que inclui exercícios oculares simples e um training mental baseado no inovador conceito de que a capacidade visual não depende só dos olhos mas, na realidade, do cérebro. Com exercícios e técnicas baseadas no ioga, este método restitui as faculdades visuais plenas, resolvendo problemas como a miopia, a presbiopia, ou o astigmatismo, sem necessidade de recorrer a óculos, lentes de contacto ou cirurgias.

«O Caminho da Autoconfiança», de Jorge Bucay, pela Pergaminho
O regresso de um dos maiores best-sellers mundiais do desenvolvimento pessoal. Todos afirmamos querer alcançar a felicidade – mas estaremos dispostos a percorrer o caminho? Jorge Bucay, um dos maiores autores do mundo de desenvolvimento pessoal e psicologia popular, apresenta um nova série de livros dedicada aos passos essenciais para criar uma vida de estabilidade e autonomia emocional. Apesar de ser um livro motivacional, procura ter uma posição filosófica, onde o autor apresenta argumentos para explicar que a liberdade e a falta de dependência em algo ou alguém que não seja a própria pessoa é o caminho certo para a felicidade.

«Catarina de Áustria – A Rainha Colecionadora», de Annemarie Jordan, pela Temas e Debates
Uma biografia fundamental para conhecer uma rainha que tem sido ignorada pelos historiadores portugueses e cuja imagem foi denegrida devido à incorporação de Portugal na Coroa espanhola em 1580. Esta biografia demonstra que a responsabilidade pela perda de independência, atribuída por muitos a D. Catarina, carece de provas substanciais ou documentais.


«Guerra aos Jesuítas», de Christine Vogel, pela Temas e Debates
A propaganda antijesuítica do marquês do Pombal em Portugal e na Europa. A expulsão dos jesuítas, a mais poderosa ordem da Igreja católica, constituiu a sua mais estrondosa decisão política. Esta decisão foi acompanhada por uma propaganda extensiva de amplitude inédita, paga pelo Estado, a fim de persuadir as outras monarquias católicas europeias a seguirem-lhe o exemplo, que de facto seguiram, e até conseguir ainda do papa a bula de extinção da Companhia de Jesus. Uma investigação inédita realizada em arquivos portugueses e de vários países europeus, ilustrado com gravuras da campanha de propaganda antijesuítica.


«Liberdade de Expressão», de Timothy Garton Ash, pela Temas e Debates
Nunca na história da humanidade existiu uma possibilidade para a liberdade de expressão como a atual.
Baseando-se na sua longa experiência de escrita sobre ditadores e dissidentes, Timothy Garton Ash defende que neste mundo interligado a que chama cosmópolis há uma maneira de conjugar liberdade e diversidade que passa por dispor de mais e melhor liberdade de expressão. Podemos aprender a conviver com diferenças irredutíveis sem passarmos a vias de facto.

«Lenine no Comboio» de Catherine Merridale, pela Temas e Debates
Este livro recria a extraordinária viagem de Lenine a partir do exílio em Zurique, cruzando uma Alemanha a desmoronar-se devido às privações da guerra, em direção ao norte até à orla da Lapónia, até à extática receção final, pelas multidões de revolucionários, na Estação Finlândia de Petrogrado.

«A Senhora de Maio – Todas as perguntas sobre Fátima», de António Marujo e Rui Paulo da Cruz, pela Temas e Debates
Um livro revelador sobre Fátima, fenómeno que continua a despertar olhares muito divergentes – quer entre os peregrinos e católicos em geral, quer entre quem o observa ou estuda. A partir de vários depoimentos recolhidos neste livro, procura-se despertar uma visão o mais completa e abrangente possível sobre um fenómeno controverso e complexo.


«Política de A a Z», de Pedro Correia e Rodrigo Gonçalves, pela Contraponto
De A a Z, um guia para compreender todos os segredos da política. Altamente recomendado para políticos, por exemplo.
O que é um assessor? O que significa balcanização? Pode um Estado promover o ateísmo? O que é o maniqueísmo e porque usamos erradamente a palavra? O que é a imunidade parlamentar (e o que a distingue da imunidade diplomática)? O que é a democracia orgânica e o que a distingue da democracia popular? E o que é a cleptocracia? E a meritocracia? Porque é que a desobediência civil é um dever? O que é o culto da personalidade e o que tem isso a ver com o maoismo? Porque é que coabitação não tem a ver com coligação? Qual a diferença entre socialismo utópico e socialismo científico – e, já agora, socialismo real? O que significa a expressão quinta-coluna? O que é a partidocracia? O que é a plutocracia? O que tem a ver o positivismo com a política? O que foi o Gulag? E a ANP? O que é uma distopia? Um conservador pode ser liberal? E entre centro, centrão, centralismo e centralismo democrático? Existem, mesmo, barões na política portuguesa? E caciques? Qual a diferença entre comentador e comendador? E entre Estado-nação e Estado de Nações? Leninismo e estalinismo são a mesma coisa? O que é a inflação e porque é que ela também é perigosa? O que é o jiadismo?  O MRPP foi importante? E o PRD? E o PREC? E o PIB? Qual a diferença entre liberalismo e neoliberalismo? Ainda há miguelistas na política portuguesa? O que foi o Conselho da Revolução e o que o distingue do Conselho de Estado?
É a estas e a muitas outras questões relacionadas com o dia-a-dia que este livro responde – sempre com clareza, distanciamento, inteligência e às vezes ironia. Fundamental.

Lançamento exclusivo do Círculo de Leitores, janeiro 2017
«Casamentos da Família Real Portuguesa»
O casamento era um contrato, uma aliança que se forjava, uma estratégia de poder que se afirmava. Mais do que sentimentos, os casamentos reais foram, ao longo da nossa História, um pensado acontecimento (aparentemente) privado que envolvia negociações, dotes, intricados cerimoniais de como unir poderosas famílias dentro e fora do país. Falar dos casamentos reais é na verdade ir mais fundo na análise da política externa da própria monarquia portuguesa. Uma obra em 2 volumes, a envolver uma equipa de 17 investigadores, sob a coordenação das historiadoras Ana Maria Rodrigues, Manuela Santos Silva e Ana Leal de Faria.

«História da Origem e Estabelecimento da Inquisição em Portugal - Tomo I», de Alexandre Herculano, pela 11X17
«Podíamos escrever a história da Inquisição, desse drama de flagícios que se protrai por mais de dois séculos. Os arquivos do terrível tribunal aí existem quase intactos. Perto de quarenta mil processos restam ainda para darem testemunho de cenas medonhas, de atrocidades sem exemplo, de longas agonias. Não quisemos. Era mais monótono e menos instrutivo. Os vinte anos de luta entre D. João III e os seus súbditos de raça hebreia, ele para estabelecer definitivamente a Inquisição, eles para lhe obstarem, oferecem matéria mais ampla a graves cogitações. Conheceremos a corte de um rei absoluto na época em que a monarquia pura estava em todo o seu vigor e brilho; conheceremos a corte de Roma na conjuntura em que, confessando os seus anteriores desvios, ela dizia ter entrado na senda da própria reformação, e poderemos comparar isso tudo com os tempos modernos de liberdade.»

«The Shining», de Stephen King, pela 11X17
Jack Torrence é contratado para tomar conta de um velho hotel isolado no meio das montanhas Rochosas, no Colorado, durante o inverno, altura em que este se encontra isolado. Tudo indica que este emprego será a solução dos seus problemas e dos da sua família – Jack vai conseguir terminar a peça que anda a escrever, as dificuldades vão ficar para trás, a sua mulher vai deixar de sofrer e o seu filho Danny, um rapazinho de cinco anos de uma incrível sensibilidade, vai poder a respirar ar puro e ultrapassar as estranhas convulsões que tem tido. Mas as coisas não são tão perfeitas como parecem - existem forças malignas nos antigos corredores do hotel e, isolados do mundo pelos fortes nevões e sem meios de comunicar com o exterior, Jack e a família são uma presa fácil para as criaturas sinistras que por ali pairam. O hotel é uma chaga aberta de ressentimento e desejo de vingança, e, inevitavelmente, um confronto entre o bem e o mal vai ter que ser travado.

[Bertrand Editora]Novidade "Antes de te Conhecer",de Lucie Whitehouse

Titulo: Antes de te Conhecer
Autor: Lucie Whitehouse
Género: Literatura / Thriller
Tradução: Ana Lourenço
N.º de páginas: 336
PVP: € 16,60
Data de lançamento: 13 de janeiro de 2017 

Hannah é uma mulher independente e determinada que não quer seguir os passos da sua mãe amargurada. Mas através de amigos conhece num certo verão, em Nova Iorque, Mark Reilly, e apaixona-se de tal modo que muda de ideias sobre o casamento.
Agora vive na sua elegante casa em Londres, com um marido que adora, e sente-se feliz.
Mas quando ele não regressa de uma viagem de negócios aos EUA e as horas de espera se alongam em dias, Hannah começa a duvidar. Porque é que os colegas do marido acham que ele está em Roma, não em Nova Iorque? Porque não há registos seus no hotel? E quem é esta mulher que lhe anda a telefonar?
Hannah começa a investigar a vida do marido e descobre coisas que a fazem duvidar de tudo o que julgava saber sobre ele. Da história de encantar que vive, é levada para um mundo de violência e medo. Mas será que os segredos de Mark se destinam a protegê-lo a ele… ou a ela? 



Lucie Whitehouse nasceu em Inglaterra no ano de 1975, estudou Literatura Clássica em Oxford e agora vive em Brooklyn, Nova Iorque. É autora de quarto thrillers de enorme sucesso.