[SDE]Opinião "Implacável",de Sherrilyn Kenyon

Titulo: Implacável
Autor: Sherrilyn Kenyon

Vive rapidamente, luta ferozmente e, se morreres, leva contigo o maior número de inimigos que conseguires
É de acordo com este lema das Amazonas que Samia vive e pelo qual morreria. Na Nova Orleães contemporânea, a imortal Amazona está prestes a conhecer um mal pior do que tudo o que já encontrou e que está a chegar para massacrar a Humanidade.
O transmorfo Dev Peltier guardou o Santuário durante praticamente duzentos anos e nesse período viu de tudo. Ou assim pensou. Agora, os seus inimigos descobriram uma nova fonte de poder – uma que torna tudo o que enfrentaram até agora uma brincadeira.
A guerra começa, e Dev e Sam estão no centro dos acontecimentos. Mas, para vencerem, eles terão de quebrar a mais importante de todas as regras e esperar que isso não destrua o universo como o conhecem. 

É provável que esta não seja a primeira vez que digo isto, mas tenho de repetir que na minha opinião Sherrilyn Kenyon é uma das autoras que consegue surpreender-me a cada livro que é publicado no nosso país e, apesar deste livro ser já o 19º livro da série Dark-Hunter, mantenho sempre a alegria e curiosidade de ler os seus livros como se do primeiro se tratasse.
Este livro conta a historia de Dev e Samia e sendo que se iniciou um novo arco no livro anterior, encontra-se recheado de novos personagens e mistérios, focando-se noutras frentes, mas sempre com aquela aura de mistério que sempre foi envolvendo a série. Se até ao momento a historia sempre se focou nos Dark-Hunters e nas suas vidas, os horizontes começam agora a expandir-se e é a vez de nos ser dada a oportunidade de conhecer outras personagens que tiveram um papel não muito definido em outros livros. Já conhecemos Dev de outros livros, sendo que a família Peltier teve sempre um grande peso na serie, mas é neste livro que descobrimos a sua verdadeira natureza e mais um pouco da historia da sua família. De cada vez que a cortina se abre mais um pouco fica aquela sensação de vazio e tristeza ao pensar no quanto sofrimento terão passado os membros daquela família e penso sempre no quanto é injusto alguém passar por tanta desgraça. Mas Dev não é o único a mostrar sofrimento nesta historia, sendo que a autora nos vem habituando a este clima de ação e mistério, não foi com admiração que Samia nos foi apresentando a sua historia (que várias vezes me deu vontade de ir à tromba da irmã e dar cabo dela). 
Concluindo, foi uma historia emocionante que foi mostrando mais um pouco do evoluir de outras personagens, principalmente no desenvolvimento na nova personalidade de Nick. Não me canso de dizer que a editora devia de apostar na série Cronicas de Nick, que cada vez mais se torna indispensável e não me venham dizer que não tenho razão, porque podem não dar por isso neste momento, mas há muitos pequenos desenvolvimentos importantes a acontecer e o leitor deveria de ter conhecimento delas de forma a melhor compreender certos pormenores e ações. Enfim, não há muito mais a dizer, mas de qualquer forma fico feliz pela Saída de Emergência não ter desistido de publicar esta série, mesmo que a conta-gotas e também por ter melhorado bastante nas traduções dos seus livros. Espero ansiosa pelo próximo!

0 comentários:

Enviar um comentário