[Porto Editora]Opinião "Viagem Literária em Santarém"


Hoje foi um dia especial para todos aqueles que adoram livros. O Dia Mundial do Livro.
Foi neste dia que se realizou a 13ª Viagem Literária, desta vez em Santarém e tive a sorte de puder estar presente. O evento realizou-se no Teatro Sá da Bandeira, no centro da cidade scalabitana e devo dizer-vos que a lotação estava esgotada e muitos eram aqueles que esperavam ansiosamente na entrada pela oportunidade também de poder assistir, pois desde quarta-feira que já não era possível reservar qualquer bilhete.

Esta Viagem Literária contou com a presença dos autores José Eduardo Agualusa e Teolinda Gersão e com a moderação de João Paulo Sacadura, durante 90 minutos ouviram-se muitas historias acerca dos autores, das suas vidas profissionais e também com algumas piadas no decorrer do evento. Foi sem duvida uma tarde muita agradável, em que se aprendeu bastante e quase na recta final tivemos a sorte de ter uma surpresa da Porto Editora e também um momento em que o publico podia fazer perguntas aos autores. Relativamente à surpresa, no âmbito do Dia Mundial do Livro, o Grupo Porto Editora presenteou todos os presentes com um livro, entre eles havia livros dos mais variados autores: Albert Camus, Ernest Hemingway, Isabel Allende, John Steinbeck, José Saramago, Luis Sepúlveda, Manuel António Pina, Mário de Carvalho, Miguel Esteves Cardoso, Patrick Modiano ou Valter Hugo Mãe.

O livro que me foi oferecido foi “A Porta dos Infernos” de Laurent Gaudé e como fui com o meu namorado e ele não é muito dado a leituras, acabei por ficar também com o livro que lhe calhou, o “Contos Completos I” de John Cheever lançado pela Sextante Editora, ou seja, foram dois livrinhos novos que vieram para minha casa e que irão ter a minha opinião publicada aqui no blogue.


Por ultimo, fiquei muito contente por ter a oportunidade de conhecer duas pessoas que estiveram também presentes no evento, o Rui Couceiro e a Maria João Machado. Muito obrigada aos dois, foi um prazer conhecer-vos pessoalmente.
Espero sinceramente que este tipo de evento se volte a repetir por cá e que esta casa cheia seja apenas o principio de muitas outras. 


0 comentários:

Enviar um comentário