[Asa]Opinião "Ligeiramente Indecente",de Mary Balogh

Titulo: Ligeiramente Indecente
Autor: Mary Balogh

É no campo da Batalha de Waterloo, entre os soldados feridos, que Rachel York espera encontrar a salvação para si e para as suas amigas. Ludibriadas por um falso pretendente, as quatro encontram-se agora longe de casa, na penúria e obrigadas a viver num bordel. Mas Rachel é uma jovem cheia de recursos e não se dá por vencida. A solução para todos os seus problemas – pensa – está num belo soldado moreno que perdeu a memória.
Pois para poder receber uma avultada herança, Rachel precisa de um marido. Basta convencer o soldado desconhecido a alinhar no jogo. O que ninguém sabe é que o jovem é nada menos que Lord Alleyne, o benjamim da família Bedwyn. Mas, por muita boa vontade que ele tenha, nada corre como planeado ao chegarem a Inglaterra. E a situação complica-se – quanto mais não seja pela crescente atração entre os falsos noivos, numa farsa que parece ser ligeiramente... indecente.

A serie dos irmãos Bedwyn tem sido religiosamente seguida por mim. Desde a publicação dos dois primeiros livros da autora, pela Asa , que seriam uma introdução para esta mesma serie que tenho ficado sempre muito entusiasmada de cada vez que tenho conhecimento que vai sair mais um livro da autora. Pronto, também tenho de confessar que este é um dos meus géneros literários favoritos, mas não é só por isso. Mary Balogh tem uma forma mais especial de contar as suas historias e os irmãos Bedwyn são a prova viva disso mesmo.
Todos têm personalidades muito especiais, são bastante rígidos para com as suas vidas e a posição que ocupam na sociedade, mas no fundo apenas querem encontrar o seu par ideal e casar por amor.
Este livro conta a historia de Alleyne. Um personagem que desde o livro anterior todos pensavam ter morrido. Este foi um livro muito bem contado, em que podemos acompanhar a viagem de Alleyne desde o campo de batalha, em que cumpriu a missão que lhe foi dada, até ao que realmente lhe aconteceu durante o caminho de volta. É nesta altura que percebemos o que realmente aconteceu para que ele não tivesse voltado à casa onde se encontrava à sua espera a sua irmã Morgan. Rachel foi também uma personagem que me surpreendeu bastante ao longo de todo o livro, pois ao inicio parecia muito frágil, mas depois mostra ter uma força incrível e mostra também ser uma mulher decidida a cumprir com os seus desejos, sem se importar com as aparências.
Adorei a forma como eles se foram conhecendo e também de ver como os sentimentos de ambos foram aumentando. E claro que não podia de mencionar as amigas de Rachel, que a ajudaram a ela e também a Alleyne. Elas eram simplesmente hilariantes, principalmente quando chegaram todos a casa do tio de Rachel.
Quanto à parte que mexeu muito comigo, foi sem duvida quando Alleyne se apresentou em casa. Coitado, em tantos dias que tinha para se decidir a voltar à residência dos Bedwyn, teve logo que escolher um dia como aquele? Tive de largar umas lágrimas, não é? Eu sei que sou uma grande choramingas, mas foi mais forte que eu…Foi um momento lindo.
Espero que gostem tanto deste livro como eu gostei. A única coisa que me entristece é que estamos quase a terminar a serie e isso assusta-me bastante. Desejo mesmo que a Asa não desista desta autora. Adoro os seus livros!

0 comentários:

Enviar um comentário