[Planeta]Opinião "Deslumbrada",de Abigail Barnette

Titulo: Deslumbrada
Autor: Abigail Barnette


Sophie Scaife quase tinha fugido ao destino, quando trocou o bilhete que a levaria para a faculdade por um bilhete para Tóquio. Mas um atraso no voo e um encontro escaldante com um desconhecido fê-la mudar de ideias, colocando-a no bom caminho para alcançar um ambicionado emprego numa revista de moda em Nova Iorque.
Quando o irresistível desconhecido daquela noite extraordinária se revela como o novo chefe, o milionário magnata da comunicação Neil Elwood, Sophie não resiste à oportunidade para reacender a chama entre os dois… e a oportunidade para explorar o seu lado submisso com o homem mais dominador que alguma vez conheceu.
Neil é o único homem que compreendeu a sua necessidade de se submeter sexualmente, o único homem que conseguiu satisfazer esses desejos. Quando a sua relação tórrida e descomprometida se transforma em algo mais, Sophie terá de escolher entre a carreira e o coração… ou arriscar-se a perder ambas as coisas.


É verdade que as nossas livrarias estão cheias de livros eróticos e que muitas de nós já se encontram um pouco saturadas deste género literário, mas o que acontece é que de vez em quando descobrimos autoras que realmente merecem a pena e que nos fazem apaixonar novamente por livros deste tipo. Abigail Barnette é uma delas!
Deslumbrada apresenta-se com uma sinopse muito semelhante a tantas outras, mas com uma historia que não irá, de certeza, decepcionar todos os leitores que gostarem deste tipo de livro. Tenho de vos dizer que me apaixonei pela trilogia! A historia, que à primeira vista parece apenas focar a parte sexual do casal, surpreende pela forma como a autora nos vai mostrando como os protagonistas se vão apaixonando e também vai focando nas dificuldades que ambos têm em manter um relacionamento tão quente. É verdade que muitas vezes me esquecia da verdadeira idade que Neil, talvez por parecer que a protagonista feminina fosse um pouco mais velha e também para não chocar os leitores mais tradicionais, não querendo dizer que se trata de uma tão grande diferença, mas é que não consigo imagina-lo com mais de 35 anos e este já está na casa dos 40 e muitos.
A forma como terminou é sem duvida de nos deixar com um nó no estômago e com uma vontade enorme de saltar logo para o segundo volume da trilogia, mas estou a conseguir segurar-me (apesar de se encontrar mesmo ali na estante a olhar para mim com um ar maroto)! Estou bastante curiosa para saber o que se vai passar de seguida e em saber o que se passa realmente com Neil. Tive tanta vontade de lhe dar com alguma coisa na cabeça no final do livro…é tão teimoso!
Espero sinceramente que a Planeta continue a publicar mais livros desta autora, parece-me que é um boa aposta!  

0 comentários:

Enviar um comentário