[Editorial Presença]Novidade "Half Wild – Entre o Humano e o Selvagem",de Sally Green

Autor: Sally Green
Título Original: Half Wild – The Half life Trilogy
Tradução: Catarina Gândara
Páginas: 336
Coleção: Via Láctea Nº 124
PVP: 16,90€
Data de Publicação: 19 Agosto 2015

SEGUNDO VOLUME DA TRILOGIA FANTÁSTICA HALF LIFE

 

Nathan consegue finalmente escapar do cativeiro. Depois de encontrar o seu pai e de este lhe oferecer um dom poderosíssimo, completando assim os três dons que o confirmam como bruxo adulto, o jovem sabe, contudo, que ainda não se encontra a salvo e que tem de continuar a fugir. Porque de um lado estão os Bruxos Negros que o odeiam e do outro, os Bruxos Brancos que desejam a sua captura. No meio deste conflito, Nathan tem de conseguir encontrar o seu amigo Gabriel e resgatar Annalise, a jovem que ama e que está prisioneira do temível bruxo negro, Mercury. Mas para ser bem-sucedido, Nathan sabe que terá de aprender a controlar o seu próprio poder…
Half Wild é a continuação do livro Half Bad ̶ Entre o Bem e o Mal, aclamado internacionalmente pela crítica e pelo público.


Sally Green vive no Noroeste de Inglaterra. Em 2010 começou a escrever livros e desde aí nunca mais parou. Cria aves domésticas, faz deliciosas compotas, tem uma imaginação prodigiosa, gosta de ler, passear pelo campo, mesmo nos dias de chuva, e adora café. O seu livro anterior, Half Bad ̶ Entre o Bem e o Mal, entrou para o Guiness World Records como o livro de estreia com o maior número de direitos vendidos a nível mundial, tendo sido traduzido em cerca de 50 países. Em 2015 foi premiado com o Waterstones Children’s Book Prize na categoria de Melhor livro de ficção juvenil. Os direitos cinematográficos foram adquiridos pela Fox 2000.

GÉNERO: Ficção e Literatura / Romance Fantástico.
PÚBLICO-ALVO: Jovens adultos.


«Uma leitura magnífica.»
The Guardian

«Extremamente interessante e perigosamente viciante.»
Time

«Um thriller sobrenatural cheio de ritmo. – Um cruzamento entre um Harry Potter mais sombrio e Identidade Desconhecida.»
Metro


0 comentários:

Enviar um comentário