[TopSeller]Novidade "Filhas da Tempestade",de Philippa Greggory

É com enorme prazer que a Topseller, chancela da 20l20 Editora, passa a contar no seu catálogo com mais um nome sonante no mundo editorial: Philippa Gregory, considerada a rainha do romance histórico e a autora que mais vende em Portugal neste género literário.


Diversos livros de Philippa Greggory foram adaptados a filmes e séries televisivas de grande sucesso, entre os quais o filme Duas irmãs e um Rei que teve como protagonistas Natalie Portman e Scarlett Johansson.
Às livrarias nacionais chegou agora Filhas da Tempestade (Topseller l 288 pp l 16,59€), um excitante romance passado em 1453.


Estamos em 1453 e o fim do mundo está cada vez mais perto. Luca Vero é um emissário papal, membro da Ordem das Trevas, recrutado para registar o fim dos tempos. Isolde é uma antiga freira, que abandonou o convento onde estava reclusa, por amor a Luca. Juntos, com o servo Freize, o irmão Peter e a misteriosa Ishraq, viajam até Piccolo, em Itália, uma cidade atemorizada por superstições.
Piccolo transforma-se quando chega uma cruzada de crianças, liderada por um autoproclamado santo e profeta, João, que afirma ter recebido ordens divinas para conduzir as crianças até à Terra Santa. Luca duvida de João até que as suas profecias começam a revelar-se verdadeiras, podendo tratar-se de milagres. No entanto, até os maiores milagres podem encaminhar para a escuridão… e o caos que se segue é inimaginável.


Philippa Gregory nasceu no Quénia a 9 de janeiro de 1954. Quando tinha apenas dois anos, a família mudou-se para Bristol, em Inglaterra. Licenciou-se em História pela Universidade de Sussex e é doutorada em Literatura do século XVIII pela Universidade de Edimburgo.
Era já uma escritora consagrada quando se interessou pelo período dos Tudor. Rapidamente se tornou numa das escritoras de romances históricos mais lidas em todo o mundo. Vive no Yorkshire, em Inglaterra, onde se dedica à família, à escrita e aos animais da sua quinta. Consegue ainda encontrar tempo para se dedicar à organização «Gardens for Gambia», que fundou com o objetivo de ajudar a criar hortas junto de comunidades mais carenciadas na Gâmbia.


«Um livro que não conseguimos parar de ler»
The Times

«Excitante»

Daily Mail


0 comentários:

Enviar um comentário