[TopSeller]Livro mais vendido nos EUA e em Inglaterra chega a Portugal, em junho.‏

THE GIRL ON THE TRAIN – Paula Hawkins
Título mais vendido nos EUA e em Inglaterra chega a Portugal, em junho.

Publicado em janeiro, o livro de estreia da autora britânica Paula Hawkings, The Girl On The Train, saltou de imediato para o primeiro lugar dos livros mais vendidos nos EUA (Hardcover) e, cinco semanas depois, mantém-se o livro mais apetecível em Terras do Tio Sam (Publisher’s Weekly).
The Girl On The Train lidera, também, a lista dos mais vendidos na Amazon.com, seguido de Sniper Americano, o livro que inspirou Clint Eastwood e que foi editado em Portugal pela Vogais, chancela de Não-Ficção do Grupo 20I20 Editora.
O thriller psicológico A Rapariga no Comboio, elogiado pela crítica e aplaudido pelos leitores, chega às livrarias portuguesas em junho, editado pela Topseller. Cobiçado um pouco por todo o mundo, o título já foi vendido para mais de 25 países, desde o Brasil à China.
Paula Hawkins foi jornalista, na área financeira, durante 15 anos. Hoje dedica-se apenas à escrita de ficção. O estúdio americano da DreamWorks já adquiriu os direitos de adaptação ao cinema. A Penguin Random House disponibiliza um pequeno Q&A de Paula Hawkins, aqui. Para mais informações, visite o site da autora, paulahawkinsbooks.com.


Rachel apanha o mesmo comboio todas as manhãs. Todos os dias balança ao longo da linha, vislumbra uma extensão de casas suburbanas acolhedoras, e para no sinal que diariamente lhe permite observar o mesmo casal a tomar o pequeno-almoço no seu alpendre. Chega a ter a sensação de conhecê-los. “Jess e Jason”, é como lhes chama. A vida deles — aos seus olhos — é perfeita. Não muito diferente da vida que perdeu recentemente.
É então que vê algo perturbador. Apenas durante um minuto até o comboio voltar a andar, mas o suficiente. Já nada está como antes. Incapaz de guardar para si, Rachel vai à polícia contar o que sabe, e torna-se parte indissociável do que acontece a seguir e das vidas de todos os envolvidos. Terá ela feito mais mal do que bem?
De leitura compulsiva, A Rapariga no Comboio é uma estreia eletrizante e emocionalmente imersa num thriller Hitchcockiano.​


 “The Girl on the Train has more fun with unreliable narration than any chiller since Gone Girl… The Girl on the Train is liable to draw a large, bedazzled readership too… The Girl on the Train is full of back-stabbing, none of it literal.”— The New York Times

"Psychologically astute debut… The surprise-packed narratives hurtle toward a stunning climax, horrifying as a train wreck and just as riveting." — Publishers Weekly 

“[A] chilling, assured debut… Even the most astute readers will be in for a shock as Hawkins slowly unspools the facts, exposing the harsh realities of love and obsession's inescapable links to violence.” — Kirkus

“The Girl on the Train marries movie noir with novelistic trickery… hang on tight. You'll be surprised by what horrors lurk around the bend.”— USA Today

 “Gone Girl fans will devour this psychological thriller… Hawkins’s debut ends with a twist that no one—least of all its victims—could have seen coming.”— People 

“There’s nothing like a possible murder to take the humdrum out of your daily commute.”—Cosmopolitan

"Paula Hawkins has come up with an ingenious slant on the currently fashionable amnesia thriller… Hawkins juggles perspectives and timescales with great skill, and considerable suspense builds up along with empathy for an unusual central character."— The Guardian

“The Girl on the Train, Hawkins’s first thriller, is well-written and ingeniously constructed.” – The Washington Post

“The novel is at its best in the moment of maximum confusion, when neither the reader nor the narrators know what is occurring” – The Financial Times

“The Thriller So Engrossing, You'll Pray for Snow: Send in the blizzards, because nothing as mundane as work, school or walking the dog should distract you from this debut thriller. A natural fit for fans of Gone Girl-style unreliable narrators and twisty, fast-moving plots, The Girl on the Train will have you racing through the pages."—Oprah.com

“[L]ike Gone Girl, Hawkins's book is a highly addictive novel about a lonely divorcee who gets caught up in the disappearance of a woman whom she had been surreptitiously watching. And beyond the Gone Girl comparisons, this book has legs of its own.” — GQ.com

“An ex-wife indulges her voyeuristic tendencies in Paula Hawkins’s film-ready The Girl on the Train. In the post-Gone Girl era, crimes of love aren’t determined by body counts or broken hearts, but by who controls the story line.” – Vogue 


1 comentário:

  1. Olá,
    Fiquei muito curiosa. Mais um livro que vou ter de ler.
    Beijinhos

    ResponderEliminar