[TopSeller]Novidade "Ama-me ", de J. Kenner

Depois de Deseja-me, o segundo volume da Trilogia Stark, ter vencido o Prémio RITA para Melhor Romance Erótico, atribuído pela Associação Americana de Escritores de Romance, já chegou às livrarias Ama-me (Topseller I 336 pp I 16,99€), o terceiro volume da famosa trilogia que conta a tórrida história de amor entre Damien Stark e Nikki Fairchild.



«Belo, forte e poderoso, o Damien Stark preenche um vazio em mim como nenhum outro homem alguma vez preencheu. Os seus desejos impetuosos levam-nos para lá do mais doce êxtase e libertam uma paixão selvagem que nos consome a ambos.» Este é o desfecho por que todas as fãs anseiam. O capítulo final da história de uma paixão arrebatadora que já conquistou o coração e a fantasia de milhões de leitores em todo o mundo.


J. Kenner é uma autora norte-americana cujas obras estão em todas as listas de bestsellers do seu país, incluindo as do New York Times e do USA Today. A revista Publishers Weekly elogia J. Kenner como uma escritora com um «imenso talento para os diálogos e para criar personagens originais». O seu livro Carpe Demon: Adventures of a Demon-Hunting Soccer Mom está a ser adaptado para cinema por Chris Columbus, produtor dos filmes de Harry Potter.


[Editorial Presença]Resultado do passatempo “A Mulher Perfeita é uma Cabra!”

Olá a todos!
E agora chega um momento muito esperado por todos! Vamos anunciar o vencedor ou vencedora do passatempo “A Mulher Perfeita é uma Cabra!”. Este foi um passatempo realizado em parceria com a Editorial Presença o prémio era um exemplar deste livro fantástico. Muito obrigada à Editorial Presença pelo apoio na realização destas iniciativas!
E agora, o vencedor foi…

80 - Paula Alexandra Dos Santos Marques, de Agualva-Cacém

Muitos parabéns! O prémio irá ser enviado pela editora.
Aos que não ganharam, não desanimem…continuem a tentar.






[TopSeller]Novidade "Um Caso Perdido", de Colleen Hoover

Um Caso Perdido (Hopeless) é um romance intenso que o irá comover e arrebatar, ao mesmo tempo que o fará recordar o seu primeiro amor (Topseller I 352 pp I 18,79€).


Preferia saber a verdade, ainda que isso fizesse de si um caso perdido, ou continuar a viver uma mentira?


Quando Sky conhece Dean Holder no liceu, um rapaz com uma reputação tão duvidosa quanto a dela, sente-se aterrorizada, mas também cativada. Há algo naquela figura que lhe traz memórias do seu passado mais profundo e perturbador. Um passado que ela tentou por tudo enterrar dentro da sua mente.
Ainda que Sky esteja determinada a afastar-se de Holder, a perseguição cerrada que ele lhe dedica, bem como o seu sorriso enigmático, fazem-na baixar as defesas, e a intensidade da relação entre os dois cresce a cada dia. Mas o misterioso Holder também guarda os seus segredos, e, quando os revela a Sky, ela vê-se confrontada com uma verdade tão terrível que pode mudá-la para sempre. Será Sky quem ela pensa que é? E será que os dois conseguirão sarar as suas feridas emocionais e encontrar um modo de viver e amar sem limites? 



Colleen Hoover, pela primeira vez editada em Portugal, é já uma autora conhecida dos leitores mais atentos ao que se vai publicando fora de portas. Já atingiu o 1.º lugar no top de vendas do New York Times, e surge habitualmente entre as escritoras de romances mais bem-sucedidas da Amazon (top 10).



«Colleen Hoover é uma das vozes mais vigorosas da ficção para jovens adultos.»
Kirkus Reviews

«De vez em quando aparece um livro assim, que nos corta a respiração.»
USA Today



[TopSeller]Novidade "Não Digas Nada", de Mary Kubica

É com satisfação que a Topseller dá a conhecer aos leitores portugueses uma nova autora, Mary Kubica, cuja estreia literária valeu rasgados elogios da crítica estrangeira.

Não Digas Nada (336 pp I 18,99€) é um thriller psicológico intenso e de leitura compulsiva, que revela como, mesmo numa família perfeita, nada é o que parece.

«Tenho andado a segui-la nos últimos dias. Sei onde faz as compras de supermercado, a que lavandaria vai, onde trabalha. Nunca falei com ela. Não lhe reconheceria o tom de voz. Não sei a cor dos olhos dela ou como eles ficam quando está assustada. Mas vou saber.»


Filha de um juiz de sucesso e de uma figura do jet set reprimida, Mia Dennett sempre lutou contra a vida privilegiada dos pais, e tem um trabalho simples como professora de artes visuais numa escola secundária. Certa noite, Mia decide, inadvertidamente, sair com um estranho que acabou de conhecer num bar. À primeira vista, Colin Thatcher parece ser um homem modesto e inofensivo. Mas acompanhá-lo acabará por se tornar o pior erro da vida de Mia. 


Mary Kubica tem um Bacharelato em História e Literatura Americana pela Universidade de Miami (Ohio). Não Digas Nada é a estreia enérgica e vigorosa desta autora incrivelmente promissora, que a Topseller se orgulha de dar a conhecer aos seus leitores.



«A poderosa estreia de Mary Kubica encorajará comparações com Em Parte Incerta, de Gillian Flynn.» - Publishers Weekly


«O thriller de estreia de Mary Kubica constrói o suspense de forma consistente e obriga o leitor a tentar adivinhar o final até à última página.» 
Booklist

[Porto Editora]Novidade "A Primeira Regra dos Feiticeiros – Parte I", de Terry Goodkind

Título: A Primeira Regra dos Feiticeiros – Parte I
Autor: Terry Goodkind
Tradução: Ângelo dos Santos Pereira
Págs.: 432
PVP: 17,70 €


Primeiro livro da saga bestseller A Espada da Verdade nas livrarias a 1 de Setembro
É já no dia 1 de setembro que a Porto Editora inicia a publicação da saga A Espada da Verdade, de Terry Goodkind, uma série épica do género fantástico que começa com A Primeira Regra dos Feiticeiros – Parte I. Esta é uma aventura repleta de suspense e de misticismo, que nos transporta para reinos envoltos num imaginário único e surpreendente.
Após escrever este primeiro livro, Terry Goodkind mostrou-o a um agente que impulsionou, em 1994, um valioso leilão entre editoras americanas. Dessa forma, A Primeira Regra dos Feiticeiros entrou na história do mundo editorial como o livro de estreia do género fantástico mais caro de sempre. A partir desse momento, tornou-se também um sucesso internacional e foi traduzido para 20 línguas, somando já mais de 26 milhões de exemplares vendidos.


Richard Cypher é um jovem guia em Hartland, à procura de respostas para o assassinato brutal do pai. Na floresta onde se refugia, encontra uma mulher misteriosa, Kahlan Amnell, que precisa da sua ajuda para fugir aos sequazes do temível Darken Rahl, governante de D'Hara, praticante da mais temível magia negra e um homem ávido por vingança.
Num golpe de verdadeira magia, Richard passa a deter nas suas mãos o destino de três nações e, sobretudo, da própria humanidade. O seu mundo, as suas crenças e a sua própria essência serão abalados e testados, à medida que Richard lida com amigos e inimigos, com a crueldade extrema e a compaixão dedicada, experimentando a paixão, o amor e a raiva, e o seu impacto na missão que lhe é imposta: ser aquele que procura a verdade.



Terry Goodkind nasceu em 1948 em Omaha, no Nebrasca. Em 1994 publicou o primeiro livro da série de fantasia épica A Espada da Verdade, que viria a ter um sucesso retumbante, com mais de 26 milhões de exemplares vendidos e traduções em mais de 20 línguas.



Este primeiro romance de Goodkind proporciona uma variante interessante às sagas de fantasia.
Library Journal

Uma estreia maravilhosamente criativa, coerente, e vibrante.
Kirkus Reviews

Terry Goodkind concebeu uma história precisa e inteligente que é crível desde o primeiro momento.
Fantasy Book Review

Este livro arrebata-nos desde a primeira página.
Examiner.com

A Primeira Regra dos Feiticeiros, tal como os restantes livros da saga A Espada da Verdade, é um romance de qualidade excecional, com personagens bem construídas e um enredo ritmado, ao qual não falta temáticas mais "adultas".
SFBook Reviews

[Bertrand]Novidade "O Filho", de Philipp Meyer

Titulo: O Filho
Autor: Philipp Meyer
Género: Romance 
Tradução: Fernanda Oliveira 
N.º de páginas: 640 
PVP: 19,90€
Lançamento: 5 de setembro 

O autor de Ferrugem Americana regressa com O Filho, um livro «magistral.», como descreve o New York Times.  


Um épico do Oeste americano e uma saga que atravessa várias gerações de uma família e mais de um século de história. Uma história de poder,   sangue, terra e petróleo que acompanha a ascensão de uma inesquecível família texana, desde os ataques dos Comanches em inícios do século XIX até à explosão do petróleo no século XX.  Apaixonante, abrangente e evocativo, O Filho é uma obra-prima inesquecível na grande tradição do cânone americano.  

  
Foi criado em Baltimore, desistiu do liceu mas conseguiu o diploma aos dezasseis anos.  Foi durante vários anos voluntário num centro para vítimas de trauma em Baltimore, e mais tarde frequentou a Cornell University, onde fez Estudos Ingleses. Entre 2005 e 2008 Meyer foi membro do Michener Center for Writers in Austin, Texas. Vive no Texas e em Nova Iorque.  



Sobre Ferrugem Americana, editado pela Bertrand em setembro de 2011. 
«Ferrugem Americana pode ser lido como um romance pessimista sobre uma época e um lugar amaldiçoados, prestes a regressar ao "estado primitivo" em que é a natureza quem mais ordena. Mas, se lermos com atenção, apercebemo-nos do infinito cuidado e respeito que o autor dedica as suas figuras humanas, aos heróis possíveis desta história sem heroísmo. Mesmo quando mergulham nas trevas, há sempre nestes homens e mulheres um lampejo da tal "dignidade" a que aspiram até os proscritos entre os proscritos. Compreendemos então a escolha para epígrafe de uma frase de Camus, segundo a qual em tempo de pestilência aprendemos "que há nos homens mais coisas a admirar do que a desprezar". Ela podia ser apenas uma inspiração. Mas é mais do que isso. É todo um programa.» José Mário Silva, Expresso. 
«O americano Philipp Meyer consegue abordar os temas sem os nomear, apenas enunciando e descrevendo, com a sua prosa vigorosa e o enorme talento de contador de histórias à moda de Mark Twain e outros, as acções das suas desencantadas personagens. Acaba por reunir uma galeria inesquecível, a fazer lembrar alguns "alienados" do enigmático J.D. Salinger. Ferrugem Americana é um daqueles romances singulares onde tudo (lugares, paisagens, história, personagens, estilo) parece convergir com naturalidade do acaso para a perfeição trágica; mas claro que isso só é possível graças ao enorme talento do autor.», 
José Riço Direitinho, Ípsilon Público.

«De parar a pulsação.» 
The Telegraph 

«Brilhante. Épico.» 
The Financial Times

«Um épico magnífico.»
The Sunday Times

[Planeta]Novidades Setembro 2014

Titulo: Um Rumor Muito Inconveniente 
Autor: Emma Wildes
N. Páginas: 288 
PVP: 17,76 € 
Lançamento: 3 de Setembro

Como reagirá a alta sociedade quando distintas personagens são apanhadas em sucessivas situações comprometedoras? Será que as jovens senhoras sobrevivem à temporada com a reputação intacta... ou os rumores escandalosos que as cercam as arruínam?     


No ton , Lady Angelina DeBrooke não é só conhecida pela sua rara beleza, mas pelos seus casamentos. Com a alcunha Anjo Negro , apaixonou-se pela primeira vez e deseja casar, mas teme ficar viúva pela terceira vez. Com dois maridos envenenados e uma nuvem de suspeita a pairar sobre a cabeça, ela procura o único homem em Inglaterra que poderá ajudá-la... 
Benjamin Wallace, Lorde Heathton, não está interessado em fazer de novo o papel de detective, mas quando Lady DeBrooke o aborda para uma missão que envolve limpar-lhe o nome, ele considera o desafio irresistível. O segundo marido era um velho amigo, e quando começa a investigar, sente o odor de um inimigo que já perseguiu e sabe que esta é oportunidade de prender a esquiva personagem...


Titulo: Sete Coisas Que Eu Cá Sei -  Destravalínguas e adivinhas  para suar as estopinhas
Autor: Vergílio Alberto Vieira
Ilustrações: Maria João Lopes
N. Páginas: 64 páginas
PVP: 15,50€ 
Lançamento: 3 de Setembro
  


Vamos lá adivinhar o que isto é… é só puxar pela cabeça e pela imaginação. 
Do riso ao siso, eis aqui, jovens leitores, um novo e precioso livro de um dos mais queridos escritores portugueses, ilustrado e feito com humor e amor para vos proporcionar muitas horas de leitura e muitas ideias a saltar da cabeça para o mundo.  
Este livro, em capa dura, é constituído por dois grupos distintos de poemas: os Destravalínguas, que primam pelo sentido de humor e pelo nonsense , e as adivinhas em verso (com soluções no final).
Sete Coisas que Eu Cá Sei é um livro que miúdos e graúdos vão querer ler, ao mesmo que se divertem a aprender e a ver as fantásticas ilustrações que acompanham os poemas.

[SDE]Opinião "Paixão Sem Limites", de Abbi Glines

Titulo: Paixão Sem Limites
Autor: Abbi Glines



Ela tem apenas 19 anos. É filha do padrasto dele. Ela é ingénua e inocente. O que mais poderia ser uma rapariga que passou os últimos 3 anos a cuidar de uma mãe doente?
Rush tem de 24 anos. Ela é a única coisa que está fora de alcance. O dinheiro que recebe do pai ausente, o desespero da mãe que faz tudo para conquistar o amor do filho e o seu charme pessoal são os três motivos pelos quais Rush nunca ouviu a palavra "não".
Após a morte da mãe, Blaire deixou a pequena quinta no Alabama para ir viver com o pai e nova família dele numa luxuosa casa de praia na Florida. Ela não está preparada para esta mudança de vida e sabe que nunca irá encaixar neste mundo. Para piorar a situação, o pai de Blaire viajou para Paris com a nova mulher, deixando-a sozinha o verão inteiro com Rush, que não parece nada satisfeito com a chegada da sua nova "irmã" por afinidade.
Rush é tão mimado quanto irresistível e sensual. E isso começa a afetar Blaire. Mas ele sabe que ele é tudo menos o homem certo para ela. Atormentado e misterioso, Rush tem um segredo que pode mudar a vida de ambos para sempre… e apesar de tudo isto, a paixão proibida cresce, sem limites…



Já passaram uns dias desde que terminei a leitura deste livro e ainda não sei se vou conseguir definir tudo o que senti ao lê-lo.
Nunca tinha lido nenhum trabalho da autora, o nome de Abbi Glines apenas tinha passado por mim por essa imensa Internet e desde o primeiro momento fiquei curiosa acerca dos seus livros, mas esperei, esperei e esperei… Até que, felizmente uma editora portuguesa decidiu apostar numa nova autora e a sua escolha caiu neste livro fantástico.
Antes de começar a falar da historia do livro, gostaria de dar os parabéns à Saída de Emergência pelo trabalho realizado para a capa do livro, creio que ainda não tinha existido no nosso país um casting para procurar o rosto de uma capa para um livro (desculpem se estou enganada acerca do que digo), O que gostaria que ficasse assente é que com esta iniciativa foi também feito um óptimo trabalho de marketing, que veio chamar a nossa atenção para este novo titulo que estava a caminho. O resultado final? Fiquei satisfeita com a capa, apesar de gostar muito mais da capa original, esta chegou para me deixar contente com aquilo que vi.
Agora acerca da historia…Ai minha nossa senhora!!!! Quero um Rush só para mim! Não haverá por aí nenhum escondido, só à espera que eu chegue? Adorei, amei, venerei…Digamos que o livro foi lido em poucas horas e deixou vontade de passar logo para o segundo volume, não só para saber o que irá acontecer a seguir, mas também para conhecer mais um pouco das personagens. Gostei da Blaire, uma rapariga simples que acabou de perder a mãe e que se vê sozinha, numa casa enorme, com o filho da madrasta e que por acaso lhe tem um ódio imenso, e a razão disso se mantém um mistério até ao final do livro. Como disse gostei da protagonista, apesar de muitas vezes me parecer um pouco apagada quando a comparamos com Rush. Este protagonista é de nos deixar de boca aberta, tanto pelo seu lado bom, como pelo lado mau. Rush apresenta uma personalidade quase insuportável ao início, devido ao facto de tentar aparentar ser aquilo que não era, de tentar não ter sentimentos pela rapariga proibida e talvez por isso parecer um pouco insuportável ao inicio, mas aos poucos vamos conhecendo a sua verdadeira natureza e quando finalmente se dá a conhecer acaba por nos surpreender completamente. Outra personagem que também me surpreendeu foi Woods, no início pensei que iria trazer problemas a Blaire, mas revelou ser um amigo valioso. Quanto a Nannette…bem, nem vou falar dela! É uma personagem que nem merece o tempo de antena.
Espero sinceramente que a Saída de Emergência não demore muito a publicar o segundo livro, estou ansiosa por conhecer a continuação. Abbi Glines, espero que tenhas vindo para ficar…

[Porto Editora]Novidade "A incrível viagem do faquir que ficou fechado num armário Ikea",de Romain Puértolas

Título: A incrível viagem do faquir que ficou fechado num armário Ikea
Autor: Romain Puértolas
Tradução: Isabel St. Aubyn
Págs.: 208
PVP: 16,60 €

Hilariante, mordaz, um sucesso mundial traduzido para 36 países
Estreia de Romain Puértolas é o maior fenómeno da literatura francesa atual

A crítica foi unânime, também o foram os milhares de leitores: A incrível viagem do faquir que ficou fechado num armário Ikea, romance de Romain Puértolas, foi a grande surpresa da literatura francesa atual e chega finalmente às livrarias nacionais no dia 1 de setembro, numa edição Porto Editora. Uma «pérola de humor» (Livres Hebdo), este é «o livro mais divertido do momento e, como se isso não bastasse, uma reflexão profunda sobre o destino dos imigrantes ilegais» (Radio RTL). Trata-se de uma aventura rocambolesca e hilariante passada nos quatro cantos da Europa e na Líbia pós-Kadhafi, uma história de amor efervescente, mas também o reflexo de uma terrível realidade: o combate travado por todos os clandestinos, últimos aventureiros do nosso século.



Ajatashatru Larash Patel, faquir de profissão, que vive de expedientes e truques de vão de escada, acorda certa manhã decidido a comprar uma nova cama de pregos. Abre o jornal e vê uma promoção aliciante: uma cama de pregos a 99,99€ na loja Ikea mais próxima, em Paris. Veste-se para a ocasião – fato de seda brilhante, gravata e o seu melhor turbante – e parte da Índia com destino ao aeroporto Charles de Gaulle. Uma vez chegado ao enorme edifício azul e maravilhado com a sapiência expositiva da megastore sueca, decide passar aí a noite a explorar o espaço.
No entanto, um batalhão de funcionários da loja, a trabalhar fora de horas, obriga-o a esconder-se dentro de um armário, prestes a ser despachado para Inglaterra. Para o faquir, é o começo de uma aventura feita de encontros surreais, perseguições, fugas e aventuras inimagináveis, que o levam numa viagem por toda a Europa e Norte de África.



Romain Puértolas nasceu em Montpellier, em 1975. Quando era novo, queria ser cabeleireiro-trompetista, mas o destino trocou-lhe as voltas. Oscilando entre a França, a Espanha e a Inglaterra, foi sucessivamente DJ, compositor-intérprete, professor de línguas, tradutor-intérprete, comissário de bordo, mágico, antes de tentar a sua sorte como cortador de mulheres num circo austríaco.
Rapidamente despedido por ter mãos escorregadias, resolve dedicar-se à escrita compulsiva. Autor de 450 romances num ano, ou seja, 1,2328767123 romances por dia, consegue finalmente arrumar os seus próprios livros numa estante Ikea. Infelizmente, despojado de 442,65 dos seus romances por extraterrestres dotados de uma inteligência e um gosto bem acentuados, Romain Puértolas vê-se reduzido a uma estante estilo caixote de pêssegos periclitante e desesperadamente vazia. Segue atualmente uma carreira de agente da polícia em França e só tem uma coisa em mente: encontrar aqueles que perpetraram o golpe…
A incrível viagem do faquir que ficou fechado num armário Ikea será brevemente adaptado ao cinema.



Mágico e hilariante.
Paris Match

Um conto, uma farsa, mas também uma sátira do mundo moderno, que se lê entre gargalhadas.
Le Figaro Magazine

Este romance é uma pérola de humor, um convite à tolerância, um autêntico conto de fadas.
Livres Hebdo

Uma história genial, para rir do princípio ao fim. Inigualável!
Radio France Culture

Cover Reveal: "Beast 2", by Ella James


This is an erotic fairy tale inspired by Beauty and the Beast.


Yes or no? What will she do? Can Annabelle redeem Beast with her heart intact, or will her time at La Rosa Prison ruin her? Find out who Beast really is in the dark, erotic retelling of Beauty & The Beast.

Purchase on Amazon:

Excerpt 
“You look nervous,” he says. His hand, still in my hair, turns to my cheek. It’s warm. Smells good. “Come and sit down.” 
He takes my hand and leads me to a window seat. A built-in bench, pressed up against a wall of glass. He wraps his hands around my waist and lifts me up. Sits me down up there. My eyes scan the patchy, dirt-strewn yard outside. The way the rain smashes off the ground and into something else. The sky is white. Stark white. 
“Just a minute,” he says. 
My mind screams as he steps away. He reaches onto some shelves along the wall and grabs an armful of navy blue blankets. Painters’ blankets, I realize as he holds them out for me. He sits them on the bench beside me. Smooths one out. Lifts me up and sits me on it. Then he tucks another one behind me. 
“Thank you,” I murmur. Despite the blankets’ tattered appearance, they seem soft enough. There’s no paint on them, and they don’t smell like it. Another one unfolded by his big hands, tucked around me. 
“You got wet. Warm up a moment.” 
I sit there because my brain is broken and my heart feels puffed up like a balloon. 
He climbs up behind me and gently nudges me forward. He leans his torso up against mine, spreads his legs around my butt and thighs. Strong hands begin to knead my shoulders. 
“Don’t be nervous here, Angel. I’ll take care of you. Always.”

About Ella James
Ella James is a Colorado author who writes teen and adult romance. She is happily married to a man who knows how to wield a red pen, and together they are raising a feisty two-year-old who will probably grow up believing everyone’s parents go to war over the placement of a comma.
Ella’s books have been listed on numerous Amazon bestseller lists, including the Movers & Shakers list and the Amazon Top 100; two were listed among Amazon’s Top 100 Young Adult Ebooks of 2012.
To find out more about Ella’s projects and get dates on upcoming releases, find her on Facebook at facebook.com/ellajamesauthorpage and follow her blog, www.ellajamesbooks.com. Questions or comments? Tweet her at author_ellaj or e-mail her at ella_f_james@ymail.com.
Website       Facebook      Twitter    Amazon Author Page

[Planeta]Opinião "A Revelação",de Lissa Price

Titulo: A Revelação
Autor: Lissa Price


Com o fim da Destinos Primordiais, Callie já não tem de alugar o seu corpo a sinistros Terminantes. Mas o neurochip que lhe implantaram no cérebro torna-a vulnerável a todos os que quiserem entrar dentro da sua cabeça e obrigá-la a fazer coisas contra a sua vontade. Os Iniciantes que contêm este chip tornam-se cobaias nas mãos dos mais poderosos Terminantes, e alguém anda a fazer explodir os dispositivos, transformando-os em bombas humanas. Determinada a vencer o medo e dar uma vida normal ao irmão, Callie decide ripostar. Encontrar o Velho e travá-lo talvez seja uma sentença de morte, mas ela está disposta a tudo para descobrir a verdade.


Este tem sido o ano das despedidas! Já perdi a conta do número de séries/trilogias/duologias que terminaram só durante o ano de 2014. Apesar de não ser uma coisa má, algumas delas deixam-nos aquele sentimento de vazio, de tristeza por sabermos que já não precisamos de esperar pelo próximo livro.
O segundo livro da duologia “Destinos Interrompidos” encerrou mais uma duologia e deixem-me dizer-vos que este foi mais um livro inesquecível. Será que estive a guardar os melhores livros do ano para o Verão? É que tenho de vos dizer que está a ser complicado escrever opiniões sem me repetir em relação aos sentimentos que os livros têm deixado em mim.
Estava muito curiosa com este livro, depois de terminar o primeiro volume queria saber qual a verdadeira identidade do velho e queria também continuar a acompanhar as aventuras de Callie, mas o que encontrei superou muito o que estava à espera… Foi muito bom voltar a reencontrar antigas personagens, mas também emocionante os momentos em que apareceram novos, entre eles Hyden. Gostei dele desde o início, havia algo misterioso à sua volta e sem ele, Callie estaria perdida. Com uma personalidade incrível, esta foi uma personagem que deu um novo folgo à história e nunca, ao longo de todo o livro, pensei que esta personagem tivesse aquela história de vida.
O livro terminou de forma perfeita, creio que não fiquei com nenhuma questão acerca da história. A autora teve o cuidado de responder a todas as minhas dúvidas antes do livro terminar, de forma muito clara e, para mim, a sua conclusão não ficou com aquela sensação “e viveram felizes para sempre” a que todos estamos habituados. Foi um final que teve um toque de realidade no meio de tanta ficção. Completamente perfeito para um livro deste género!

[TopSeller]Opinião "Deseja-me", de J. Kenner

Titulo: Deseja-me
Autor: J. Kenner


Ele era o único homem que ela não podia evitar. E o único homem a quem ela não conseguia resistir.
«Para mim, a nossa obsessão é ferozmente, incrivelmente real.
Para o Damien é um jogo. O Damien precisa de mim, precisa de estar em controlo. As suas necessidades são palpáveis: ele precisa de sentir prazer.
Lindíssimo e absolutamente brilhante, é também alguém que vive uma enorme tortura interior. Somos, em todos os aspetos, o par perfeito. Concordei em ser só dele, mas agora quero que ele seja só meu. Quero que nos amemos para além das fronteiras mais doces do nosso êxtase, até aos desejos mais profundos das nossas almas. Quero que o fogo que arde entre nós nos consuma.
Mas existem recantos obscuros dentro do Damien que nem a nossa paixão mais selvagem poderá tocar. Anseio por conhecer os seus segredos, anseio pelo momento em que ele se entregue a mim como eu me entreguei a ele. Mas os nossos passados sombrios tanto nos poderão juntar como afastar… irremediavelmente.»
Para os fãs de As Cinquenta Sombras de Grey e de Rendida, eis mais um capítulo da história de uma paixão arrebatadora que já conquistou o coração e a fantasia de milhões de leitores em todo o mundo.


Tenho a mania de deixar alguns livros de lado! Deixo e depois de os ler fico chateada comigo própria, porque depois de os ler gosto tanto deles que não entendo por que razão fui esperando para os ler. Aconteceu-me exactamente isto com este livro.
J. Kenner estreou no nosso país com o livro “Liberta-me”, este livro iniciou a trilogia Stark e desde a primeira página que me perdi completamente. Quando o terminei pensei “E o segundo livro, quando sai? Eu quero o segundo livro!”, de repente o livro sai e….e fica ali na prateleira à espera de ser lido. Sou tão inteligente!!! (sim, estou a ser irónica!) Mas felizmente, tomei a decisão de o ler e não fiquei nada desiludida. “Deseja-me” segue a mesma linha do livro anterior, com muita carência emocional e muito sexo, mas também com uma história de amor muito bonita. São várias as vezes que me sinto incrédula por ouvir/ler opiniões que falam mal deste tipo de livros, com todo o respeito que essas pessoas merecem garanto-vos que não fiquei com a minha mente poluída por ler uma cena de sexo violento ou de carência absoluta por parte dos protagonistas. Quando lemos um livro devemos ter em mente que ele não passa disso mesmo, é um livro ficcional, nele se passam cenas que não devem ser reproduzidas na nossa vida real. Devemos saber ver para além disso, ter a sensibilidade de encontrar a verdadeira essência do livro, encontrar o amor, carinho e devoção que estão escondidos por detrás dessas cenas… ou talvez a tonta seja eu! A verdade é que gosto muito deste tipo de livros, de ler a sensualidade que as suas páginas transpiram, da vontade de muitas vezes ralhar com os seus protagonistas, tentando com que sejam chamados à razão.
Damien e Nikki são dois protagonistas deliciosos, na medida em que nos mostram que apesar de todo o dinheiro do mundo, há na vida muito mais que isso. Como podemos ver na história, não é por ter dinheiro que eles deixam de sofrer, de serem marcados pelas dificuldades da vida, apesar de Nikki ser aquela que mais problemas demonstra devido à forma como gere a sua capacidade de resolver problemas difíceis. Damien, como qualquer homem, tenta sempre esconder aquilo que sente e por isso é mais difícil de ser compreendido, mas quando é preciso também consegue ser o mais sensível dos homens. Eles têm uma relação incrível, apesar das brigas e dos mal entendidos, suportam-se um ao outro, fazendo com que o único problema seja a forma como o ultrapassam as coisas. Para eles o melhor remédio é o sexo, não falam nas coisas e no momento em que um deles se sente com vontade de falar o outro pensa “Ele quer falar, mas não o vou fazer passar por esse sofrimento…” e lá vão eles novamente para a cama, entretanto a realidade acaba por lhes “cair em cima” e depois ficam chateados, mas a verdade é que essa situação foi criada por eles próprios. Este é o retrato do que se passou no final deste livro, que acabou de uma forma perfeita de maneira a termos muita vontade de ler o terceiro e ultimo volume desta trilogia…e sim, vou repetir-me: “Quero tanto ler o próximo livro!”. Felizmente este terceiro livro vai ser publicado já ainda neste mês de Agosto. 
Acredito que “Ama-me” vai ser mais um daqueles livros fantásticos, mais uma despedida de uma trilogia que veio marcar de certa forma o mercado português. Vai ser nesse livro que iremos finalmente conhecer o verdadeiro Damien Stark e também conhecer todos os seus segredos. Será que iremos ter bebe no final? Seria tão giro, gostava de ter a oportunidade conhecer o Damien Stark Junior através desta história! Quase que consigo ver a sua cara no momento em que Nikki lhe contasse que estava gravida. Mas pronto, tenho de esperar até ter o livro nas minha mãos…algo que espero não ter de esperar muito para acontecer!

[TopSeller]Opinião "Envolvidos", de Emma Chase

Titulo: Envolvidos
Autor: Emma Chase


Ele é rico, incrivelmente atraente e arrogante. Ela é fantástica, lindíssima e ambiciosa. Irão chocar um com o outro ou acabar envolvidos? Drew Evans trabalha diariamente em negócios de milhões e seduz todas as mulheres de Nova Iorque com um único sorriso. Se a vida lhe corre tão bem, então porque é que está fechado em casa há sete dias, a sentir-se miserável e deprimido? Ele vai dizer a toda a gente que está com gripe, mas a verdade não é bem essa. Quando Katherine Brooks é contratada para trabalhar com Drew no banco de investimento do pai, a sua vida de playboy, habituado a ter tudo o que quer, dá uma volta de 180º. A competição profissional a que ela o sujeita irrita-o, a atração que sente por ela é perturbadora e a sua aparente inabilidade para conquistá-la é exasperante. Seja como for, Drew tem uma única regra inquebrável na sua vida: não se envolver com colegas de trabalho. Mas será que Drew vai ser capaz de resistir a Kate? E como é que uma única mulher pode transformar o mais sedutor e bem-sucedido dos Don Juans num pobre homem desesperado?


Sabem aqueles livros perfeitos, mas tão perfeitos que nem sabemos o que dizer deles? Apresento-vos um deles!
Ao contrário daquilo que estamos habituadas Emma Chase escreve do ponto do vista masculino, com uma simplicidade incrível e com um humor de nos levar às lágrimas. A serio, não imaginam o número de vezes que parei de ler porque a vontade de mandar uma enorme gargalhada era tão grande que nem me conseguia concentrar na leitura.
Drew é um protagonista fantástico, um Don Juan absoluto e sem vergonha de admitir aquilo que faz ou pensa. Talvez devido ao “à vontade” com que a personagem vai apresentando os seus pensamentos o livro vai se tornando numa caixinha de surpresas. Quantas foram as vezes que tive vontade de lhe dar uma valente palmada naquele rabo bem feitinho (pelo menos consta no livro que Drew é um daqueles homens que nos fazem suspirar, por isso suponho que tenha um rabo fabuloso) ou até dei por mim e revirar os olhos e a pensar “A sério, Drew? Já vais fazer disparate…”, e ler depois a consequência desta ou daquela acção foi hilariante. Kate é também uma mulher fantástica, daquelas que nem se deixar pisar, nem fica rendida aos encantados de Drew mal o conhece. Na verdade eles irão competir a toda a hora para demonstrar quem é o melhor, irão esforçar-se tanto que quando se dá por eles estão a entrar na empresa às quatro da manhã… Uma competição que terminou exactamente como eu previa. Meu Deus, como os adoro!
“Envolvidos” é então, um livro que me deixou completamente fascinada, não apenas pela sua história, mas também pela forma como esta é contada. Gostaria mesmo de poder focar um ponto do livro que me tivesse marcado, mas a única coisa que vos posso dizer é que adorei toda a história e se não tivesse tanto livro para ler, estaria agora a lê-lo novamente! Espero que a TopSeller publique toda esta série, visto que a autora me parece uma forte candidata a tornar-se num grande nome por terras lusas. Leiam este livro, a serio, não percam tempo e com certeza que não se irão arrepender! Já agora, parabéns à editora por trazer estes autores até nós. Numa altura tão difícil para nós Portugueses, temos ainda alguém que aposta em algo novo e que me parece que terá bastante sucesso com isso. Força TopSeller, força 20|20 Editora, continuem com o bom trabalho que têm desenvolvido até agora.