[Entangled Publishing]Cover Reveal:Love Me To Death by Marissa Clark

Love Me To Death
by  Marissa Clark
Release Date: October 28, 2014
Genre: Paranormal Romance
Twitter @MaryL_MarissaC



Medical research scientist Elena Arcos has always lived her life under the radar. When she is shot in a convenience store robbery, Elena finds herself rocketed into supernatural insanity courtesy of a sexy immortal law enforcer. He’s convinced she’s some kind of freaky half-vampire thing and that her deceased dad was the real deal: a blood sucking monster. Yeah, right.
Nikolai Itzov never anticipated battling the urge to kiss the offspring of his father’s murderer. As a Slayer, an elite law enforcer descended from Azrael himself, his orders from the Underveil General are clear: Kill her or die.
Nikolai and Elena find themselves in a life and death battle to stop a plot designed to lift the Underveil and enslave humans. With her analytical mind and his centuries of training, they might be able to foil the plot with their lives and maybe their hearts intact. But in order to succeed, he must help her become the very thing he hates the most: an Undead.


Marissa Clarke lives in Texas, where everything is bigger, especially the mosquitoes.
When not writing, she wrangles her rowdy pack of three teens, husband, and a Cairn Terrier named Annabel, who rules the house (and Marissa's heart) with an iron paw.
She loves to connect with readers, so follow/friend her on Facebook and Twitter (buttons in the bar above), or shoot her an email from the "Contact" page.
Marissa Clarke is a pseudonym. Her real name is Mary Lindsey and she also writes young adult novels for Penguin USA.



Goodreads: https://www.goodreads.com/book/show/16005226-love-me-to-death
Amazon Buy Link:  http://amzn.to/1gU7ACm
Barnes & Noble Buy Link:  http://bit.ly/1hptWzf

Giveaway 

[Matéria Prima Edições]Novidade "Lá em casa mando EU!",de Catarina Pereira e Manuel Neves

Titulo: Lá em casa mando EU!
Autor: Catarina Pereira e Manuel Neves
N. Páginas: 240
PVP: € 15,00

« O Manel tem uns boxers do Benfica. E eu podia terminar aqui que vocês já iam gozá-lo. Mas ele convenceu-se que, usando aqueles boxers nos jogos, o Benfica era invencível.» C.

«Não é que eu vá deixar de gostar dos filhos que tivermos, mas se um desses putos feiosos for do Porto, a mãe que os pariu que os leve a sair à noite, que aqui o “pai lampião” está a dormir.» M.


Este é um livro de dois apaixonados, um casal que poderia ser igual a tantos outros. Poderia, mas não é. Ela é portista ferrenha; ele é doente do Benfica. Para além do amor que têm pelo outro e pelos seus clubes têm em comum o ódio pelo clube do outro.
Este livro é composto por uma série de textos muito divertidos sobre a vida dos autores, mas sempre em relação directa com o futebol.


Catarina Pereira é jornalista da tvi24.pt. Nasceu no Porto, na época de 1986/1987 e logo para ver o FC Porto a ganhar o título de Campeão Europeu. Portista ferrenha está até hoje para perceber como é que se conseguiu apaixonar por um lampião da pior espécie.
Manuel Neves nasceu para ser do Benfica. Nada na sua vida é ao acaso, nem o ano em que nasceu (1984 ano em que o Benfica se sagrou campeão Nacional). Quando não é adepto do Benfica é médico, profissão que adora, mas ainda sonha vestir a camisola 7 e levar o Estádio da Luz ao delírio.

[5 Sentidos]Novidade "Feitiço",de Sylvia Day

Título: Feitiço
Autores: Sylvia Day
Tradução: Cláudia Ramos
Págs: 216
Capa: mole com badanas
PVP: 15,50 €

Novo e muito aguardado livro de Sylvia Day, autora da série de sucesso Crossfire
A 24 de abril, chega às livrarias Feitiço, um novo romance de Sylvia Day, autora da série de sucesso Crossfire, que vendeu mais de 12 milhões de livros no mundo inteiro. A publicação desta obra da autora na 5 Sentidos responde aos anseios de milhares de leitores portugueses. Líder das principais listas de vendas internacionais, a série Crossfire, protagonizada por Eva e Gideon, é composta, até ao momento, pelos livros Rendida, Refletida e Envolvida. Feitiço é uma obra em tudo próxima e cheia de momentos de enorme sedução.
Sylvia Day é uma autora várias vezes finalista do prémio RITA (da Romance Writers of America). Publicou em e-book, com grande sucesso, a série Crossfire, que despertou o interesse das maiores editoras internacionais. Rendida, por exemplo, teve uma primeira tiragem, só nos Estados Unidos, de um milhão de exemplares. Desde que foram publicados, os livros desta série têm conseguido, inclusivamente, ultrapassar a trilogia de As Cinquenta Sombras de Grey, nos primeiros lugares dos principais tops de vendas mundiais. Recentemente, os famosos estúdios Lions Gate adquiriram os diretos para adaptação à televisão.


Max Westin: a personificação da sensualidade. Victoria podia até cheirá la e senti-la assim que ele se aproximava. Tudo nele era brutal e determinado. Uma criatura primitiva, tal como ela. Max segurou a mão dela de forma intensa e a sua respiração ofegante e excitante deixou bem clara a sua intenção de a possuir, de a domar. "Victoria." O nome dela, uma só palavra, foi entoado com tamanha possessividade que ela quase sentiu a coleira à volta do pescoço “Está na tua natureza”, murmurou ele. “O desejo de seres possuída.” Neste jogo do gato e do rato, tudo parece uma ilusão mas a paixão é muito real.


Sylvia Day é autora bestseller internacional de mais de uma dúzia de romances premiados e traduzidos para 38 línguas. Nomeada para Goodreads Choice Award for Best Author, o seu trabalho foi também já distinguido como Amazon’s Best of the Year Romance. Sylvia Day foi ainda galardoada com prémios prestigiantes como RT Book Reviews Reviewers’ Choice Award além de ter sido duas vezes finalista do prestigiado Romance Writers of America. Saiba mais sobre a autora em www.sylviaday.com e facebook.com/authorsylviaday e ainda twitter.com/sylday


Entre o excitante enredo e as sensuais cenas de sexo, os leitores de Feitiço ficarão a querer sempre mais.
RT Book Reviews

Excitante, agressivo e profundamente sensual (…) uma leitura que não vai desapontar os fãs de Sylvia Day.
Library Journal

[SDE]Opinião "A Redenção de Gabriel",de Sylvain Reynard

Titulo: A Redenção de Gabriel
Autor: Sylvain Reinard



O professor Gabriel Emerson abandonou o seu cargo na Universidade de Toronto e está prestes a iniciar uma nova vida com a sua amada Julianne. Está confiante de que ambos poderão enfrentar qualquer desafio. E está desejoso de se tornar pai. Mas a licenciatura de Julianne ameaça os planos de Gabriel que a vê subjugada pelas pressões de estudante.
Quando é concedida a Julianne a honra de fazer uma apresentação académica em Oxford, começam a formar-se nuvens negras sobre o casal. E em Oxford, um velho inimigo está disposto a tudo para humilhar Julia e expor um dos segredos mais negros de Gabriel. Numa tentativa de confrontar os seus últimos demónios, Gabriel procura descobrir mais sobre as suas origens, iniciando uma série de eventos que terão um enorme impacto em si, em Julianne e na sua esperança de formar uma família. Conseguirá ele redimir-se do passado e obter a paz e felicidade que tanto deseja?



A sério, este é um ano de finalização de trilogias! Neste momento encontro-me num redopio de despedidas das minhas personagens preferidas. Uma missão que nunca é fácil, principalmente quando nos apaixonamos perdidamente pelos livros onde estas existem…
Sylvain Reynard criou uma bonita e intensa história que nos fez viajar, não apenas pelo romantismo, mas principalmente pelo fantástico mundo da arte. E, talvez por todos esses detalhes seja tão difícil dizer adeus a Juliannne e Gabriel. Felizmente não é para sempre, na sua nova série, o autor irá introduzir as nossas personagens favoritas e, mesmo que o tema principal não seja esse amor envolvente entre os dois, já é muito bom saber que iremos ter notícias dos dois…
Agora, acerca deste livro, tenho a dizer que apesar de ter gostado muito da história, acabou por ficar atrás dos outros dois. Não quero com isto dizer que o livro não presta, nada disso, apenas que a qualidade mostra ser um pouco inferior, talvez porque agora a relação entre o nosso casal se tornou oficial e a história teve, obrigatoriamente de seguir outras direções. Para ser honesta, no início estava um pouco receosa, pois parecia que algo faltava na história, mas aos poucos a história foi evoluindo e entrando no ritmo a que o autor nos tinha já habituado. Gabriel é um ser perfeito! Gostei muito que, apesar de ter casado com o amor da sua vida, ele tivesse mantido a sua personalidade e que continuasse a lutar pela sua felicidade, lutando contra si próprio e fazendo de Julianne o centro do seu Universo. Ele é, sem dúvida, uma personagem única. Sobre Julianne, devo dizer que estou um pouco decepcionada com o rumo que a sua personagem desenvolveu, pois pareceu-me que estava a ser um pouco egoísta com as decisões que tomava, parecia mesmo que vivia para os seus estudos e esquecia o maior desejo do seu marido. Muitas foram as vezes que me zanguem com ela…mas, no final acabei por gostar muito do livro. Em resumo, e olhando para toda a história que se foi desenvolvendo durante este ultimo livro, posso dizer-vos que o livro não é pior que os outros, é apenas diferente… Espero que gostem de o ler e que passem momentos fantásticos na companhia de Gabriel e Julianne. Sylvain Reynard é um autor incrível e por isso espero poder encontrar mais livros seus à venda no nosso país.

[TopSeller]Novidade "A Informacionista",de Taylor Stevens

A crítica internacional rendeu-se à escrita de Taylor Stevens, autora que a Topseller tem agora o prazer de lançar em Portugal. A Informacionista (Topseller I 336 pp I 18,79€) chega às livrarias nacionais no dia 10 de abril, e promete fidelizar os fãs de thrillers intensos.

A história de vida de Taylor Stevens contribuiu, em muito, para a sua escolha de género literário. Uma vida atribulada, digna, ela própria, de um filme. Mas, para já, ao Grande Ecrã irá chegar a história de Vanessa «Michael» Munroe - comparada pela crítica a Lisbeth Dalander de Stieg Larsson -, protagonista de uma série de três livros (A Informacionista, Os Inocentes e A Boneca) cujos direitos foram já comprados pela produtora de James Cameron.


Vanessa «Michael» Munroe trabalha com informação. Depois de escapar a uma infância traumática numa África Central sem lei, a sua formação e o seu treino permitem-lhe obter todo o tipo de informações, independentemente do cenário de operações onde se encontre. Por isso, é agora requisitada por empresas, instituições, chefes de estado e clientes privados que podem pagar os seus serviços únicos no mundo.
Quando um bilionário texano do mundo do petróleo a contrata para encontrar a sua filha desaparecida em África, Munroe regressa a um mundo selvagem e profundo que tão bem conhece, enfrentando forças misteriosas que estão determinadas em manter em segredo o destino da rapariga desaparecida. Para ter alguma esperança de sair da selva com vida, Munroe vai ter de enfrentar, finalmente, os fantasmas do passado que durante tanto tempo fez por esquecer.




Taylor Stevens é uma premiada autora norte-americana, cujos livros estão presentes nas listas de bestsellers do New York Times. Nascida em Nova Iorque, Taylor viria a ser criada em várias comunas espalhadas pelo globo, no seio de um culto religioso dos anos 60 chamado Children of God.
Foi separada da sua família aos doze anos e não lhe foi permitido frequentar a escola além do 6.º ano. Ao invés de uma infância normal, Taylor Stevens chegou a viver em três continentes e numa dúzia de países antes de atingir os catorze anos, e passou grande parte da adolescência a mendigar nas ruas de cidades como Zurique e Tóquio a mando de líderes do culto, a realizar trabalho infantil e a cuidar das crianças mais novas residentes nas comunas, lavando e cozinhando para centenas de cada vez. Aos vinte anos, Taylor Stevens libertou-se das amarras que a prendiam, e permitiu-se viver a sua vida, através da aprendizagem e da escrita.
A série de três livros (A Informacionista, Os Inocentes e A Boneca, estes últimos a publicar pela Topseller), cuja personagem principal é a heroína Vanessa Munroe, foi aclamada pela crítica e já se encontra publicada em 20 línguas. O livro A Informacionista foi comprado pela produtora de James Cameron para ser adaptado ao cinema.


«Vanessa Munroe é a nova heroína implacável do mundo dos livros de ação.» 
New York Post

«Um thriller intenso,  com um clímax arrepiante e arrasador.» 
 Associated Press  

«Munroe evoca o espírito e a inteligência da determinada e problemática Salander, mas está longe de ser um sucedâneo  desta. Felizmente que já existe uma continuação deste livro.» 
USA Today



[Editorial Presença]Novidade "Faça Acontecer – Mulheres, o Trabalho e a Vontade de Liderar",de Sheryl Sandberg com Nell Scovell

Titulo: Faça Acontecer – Mulheres, o Trabalho e a Vontade de Liderar
Autor: Sheryl Sandberg com Nell Scovell
Título Original: Lean In – Women, work and the will to lead
Tradução: Ana Cristina Pais, Cristina Carvalho e Rita Figueiredo
Páginas: 288
Coleção: Diversos Ensaio Nº 26
PVP: 15,90€
Data de Publicação: 18 Março 2014

PREFÁCIO DE ANA BELA PEREIRA DA SILVA
Presidente da Associação Portuguesa
de Mulheres Empresárias (APME)

• «Um dos Melhores Livros de 2013», considerado pela amazon.com (4.4 estrelas)
• # 1 New York Times bestseller
• A autora, Sheryl Sandberg foi eleita uma das «Mulheres Mais Poderosas de Gestão de Empresas» pela revista Fortune
• Faça Acontecer já vendeu 1,5 milhões de exemplares 
• Publicado em 31 países
• Direitos cinematográficos adquiridos pela Sony



Passaram já 30 anos desde que as mulheres se tornaram metade da população com formação universitária nos Estados Unidos. Contudo, são os homens que ainda estão à frente da maioria dos cargos mais elevados nas empresas e nos governos. Embora fatores como a discriminação constituam obstáculos reais à ascensão das mulheres a lugares de poder, elas são também condicionadas por crenças e atitudes enraizadas no subconsciente. Com Faça Acontecer Sheryl Sandberg pretende analisar e ajudar a derrubar estes obstáculos. Num tom bem-humorado, perspicaz e sobretudo realista, este livro encoraja as mulheres a não desistirem de desenvolver o seu potencial.



Sheryl Sandberg é chefe de operações do Facebook. Antes de se juntar à equipa de Mark Zuckerberg, foi vice-presidente dos grupos de vendas e operações online da Google e chefe de gabinete do Departamento do Tesouro durante o governo de Bill Clinton. É formada pela Harvard Business School. A revista Fortune nomeou-a uma das 50 Mulheres mais Poderosas e a revista Time integrou-a na lista das 100 Pessoas mais Influentes. A sua conferência TED, na qual aborda alguns dos temas deste livro, já foi vista mais de 2 milhões de vezes na Internet. Sheryl Sandberg vive no Norte da Califórnia com o marido e os dois filhos.



«As palavras de Sheryl vão ajudar todos os leitores  ̶  especialmente os homens  ̶   a tornarem-se líderes mais competentes e atuantes.»
Mark Zuckerberg, fundador e CEO do Facebook 

«Faça Acontecer é uma leitura essencial para quem está interessado em corrigir a injustiça da desigualdade entre homens e mulheres.»
Sir Richard Branson, fundador e presidente do Virgin Group

«A chave para abrir algumas das portas mais difíceis de transpor já está nas nossas mãos. O livro de Sheryl recorda-nos que todos somos capazes de alcançar a excelência.»
Alicia Keys, cantora

«Faça Acontecer propõe uma série de desafios ambiciosos. [...] Espero que as mulheres  ̶  e os homens  ̶  da minha geração leiam este livro para nos ajudar a construir a vida que desejamos e o mundo em que queremos viver.»
Chelsea Clinton 

«Honesto e corajoso [...] Este é o novo manifesto para as mulheres que trabalham.»
Oprah Winfrey

«Faça Acontecer é mais o início de uma nova etapa que uma última palavra. É uma obra extraordinariamente bem-vinda... Muitas mulheres de todas idades e de todos os estratos sociais vão achá-la pedagógica, refrescante e talvez mesmo revolucionária.»
The New Yorker

«Um manifesto que constitui um ponto de viragem... Cinquenta anos depois de A Mística Feminina, de Betty Friedan, Sally Sandbergh aborda polémicas específicas do século XXI, que nem em sonhos Friedan poderia ter previsto. Faça Acontecer vai tornar-se um livro deveras influente.»
The New York Times

«Uma obra estimulante, sedutora, inadiável, e sem dúvida corajosa... Faça Acontecer tem tanto de radical como de invulgarmente acessível... É óbvio que as mulheres têm muito a ganhar com a sua leitura; os homens também  ̶  eles, talvez até mais...» 

Michael Cohen, The Guardian

[Porto Editora]Opinião "Convergente",de Veronica Roth

Titulo: Convergente
Autor: Veronica Roth


Sinopse: A sociedade de fações em que Tris Prior acreditava está destruída – dilacerada por atos de violência e lutas de poder, e marcada para sempre pela perda e pela traição. Assim, quando lhe é oferecida a oportunidade de explorar o mundo para além dos limites que conhece, Tris aceita o desafio. Talvez ela e Tobias possam encontrar, do outro lado da barreira, uma vida mais simples, livre de mentiras complicadas, lealdades confusas e memórias dolorosas. Mas a nova realidade de Tris é ainda mais assustadora do que a que deixou para trás. As descobertas recentes revelam-se vazias de sentido, e a angústia que geram altera as vontades daqueles que mais ama. Uma vez mais, Tris tem de lutar para compreender as complexidades da natureza humana ao mesmo tempo que enfrenta escolhas impossíveis de coragem, lealdade, sacrifício e amor. Convergente encerra de forma poderosa a série que cativou milhões de leitores, revelando os segredos do universo Divergente.



Mais uma trilogia que termina e mais uma vez aquele sentimento de vazio! Ainda nem acredito que chegou ao fim, que tive de me despedir de personagens que me eram já tão queridas. Tris e Quatro, duas pessoas que à primeira vista eram tão diferentes, mas que estavam ligadas por uma luta em comum e por um amor mais que as suas diferenças.
Neste terceiro volume eles viajam até ao outro lado da vedação para descobrir o que aquele “novo” mundo lhes reserva e serão surpreendidos por aquilo que encontram.
Ainda antes de ser publicado no nosso país já se tinha instalado a polémica com a direção que a autora tinha dado à história, mas agora que tive conhecimento direto com o que se passou achei que tudo tinha acontecido de uma forma coerente, sem dar a sensação de ser algo forçado. Apenas houve algo que contei como negativo. Não é fácil de conseguir lembrar de todas as personagens e as suas histórias ao longo de três livros, por isso quando a leitura foi iniciada foi um pouco difícil de me lembrar quem era quem…
Apesar do sentimento um pouco agridoce no final, foi sem dúvida uma conclusão que acabou por encher as medidas aos fans da trilogia. Fico apenas com o desejo de poder ver “Divergente”, o filme que acabou de estrear no cinema, para poder avaliar em comparação com o livro. Muitos parabéns à Porto Editora, por ter apostado nesta autora, só temos a agradecer pelo facto da editora de ter trazido até nós este género de literatura que tem marcado os mercados tanto em Portugal, como no estrangeiro. Espero que continuem a apostar neste tipo de livro…

[SDE]A História de Portugal em Romances‏


900 anos de histórias, contadas pelos melhores romancistas históricos

Venha descobrir a História de Portugal, não no tom pesado dos historiadores, mas pela pena inspirada dos grandes romancistas. Nove séculos e um mapa-mundo inteiro são a tela desta coleção, pintada de aventura e coragem, tragédia e desonra, mas sempre com uma alma bem maior do que um pequeno país poderia almejar.

A primeira coleção do género Esta é uma coleção única devido à sua temática exclusiva: a História de Portugal. Com elevada qualidade literária e um design apelativo, pretende convidar o leitor ao colecionismo.

Grande potencial comercial
Queremos chegar ao maior número possível de leitores: do público masculino ao feminino, várias faixas etárias e nível de formação.

Orgulho da nossa História
Vivemos um período menos feliz da nossa História. A sociedade está deprimida e só ouvimos más notícias. Os portugueses precisam de recuperar o seu amor-próprio. A História de Portugal em Romances vai fazer isso mesmo: recordar-nos os momentos mais importantes da nossa História, bem como as figuras-chave que moldaram o nosso destino.
Venha descobrir a História de Portugal, não no tom pesado dos historiadores, mas pela pena inspirada dos grandes romancistas. Nove séculos e um mapa-mundo inteiro são a tela desta coleção, pintada de aventura e coragem, tragédia e desonra, mas sempre com uma alma bem maior do que um pequeno país poderia almejar. 900 anos de histórias, contadas pelos melhores romancistas históricos

Primeiros Titulos:

Título: O Tintureiro Francês
Autor: Paulo Larcher
Páginas: 384
PVP: 17,76€
Lançamento: 17 de Abril de 2014

Uma história de amor e ambição no Portugal governado pela mão de ferro do Marquês de Pombal O romance épico sobre o homem que sonhou e fundou o Reino de Portugal


Título: Afonso o Conquistador
Autor: Maria Helena Ventura
Lançamento: 09 de Maio de 2014

O romance épico sobre o homem que sonhou e fundou o Reino de Portugal


Uma coleção variada
Cobrindo quase nove séculos e com enredos que percorrem os cinco continentes, A História de Portugal em Romances é uma coleção com enredos, personagens e cenários muito variados. Das intrigas políticas às batalhas épicas, das revoluções aos heróis esquecidos, livro a livro vamos descobrir a nossa História.

Plano de publicação
4 a 5 títulos por ano 

Quem melhor do que um bom romancista para dar vida a uma História tão rica como a de Portugal?  A História de Portugal em Romances é toda uma nova forma de descobrir a nossa História e o prazer da leitura. 

[Porto Editora]Novidade "O Anjo Negro",de Paul Hoffman

Título: O Anjo Negro
Autor: Paul Hoffman
Tradução: Elsa T. S. Vieira
Págs.: 456
PVP: 17,70 €

O último livro da saga de Paul Hoffman chega a Portugal no dia 14 de abril
A trilogia iniciada com O Braço Esquerdo de Deus é uma das sagas do género fantástico de maior sucesso em Portugal, com cerca de 35 mil exemplares vendidos. No dia 14 de abril, a Porto Editora publica o terceiro e último livro desta aventura de Paul Hoffman, O Anjo Negro.
Para além de ter criado uma legião de fãs em todo o mundo, esta trilogia conquistou ainda a crítica, que defende que «Hoffman tem o dom da escrita» (The Financial Times) e que esta é uma «história sombria e imaginativa» (The Times). Protagonizada por Thomas Cale, o anti-herói que é encarnação da Ira de Deus, esta é uma saga que decorre num cenário atual mas inspirado no imaginário medieval, com claras reminiscências aos universos de J. R. R. Tolkien e C. S. Lewis.


«A tua alegria está em arrasar coisas… O que te alegra a alma é destruição e desolação.»
Thomas Cale anda a fugir da verdade. Desde que descobriu que o seu brutal treino militar tinha um objetivo – destruir o maior erro de Deus, a própria Humanidade – Cale é perseguido pelo mesmo homem que fez dele o Anjo da Morte: o papa Redentor Bosco.
Cale é um paradoxo: arrogante e inocente, generoso e desapiedado, temido e venerado por aqueles que o criaram, ele já deu inúmeras provas do seu enorme poder.
Mas agora Thomas Cale está fraco. A sua alma está a morrer. Enquanto as convulsões lhe percorrem o corpo, sabe que o julgamento final não esperará por um rapaz doente. À medida que o Dia do Juízo se aproxima, a vingança de Cale leva-o ao coração das trevas – o Santuário – onde confrontará a pessoa que mais odeia no mundo. Por fim, Cale terá de admitir que é a encarnação da Ira de Deus e decidir se se erguerá contra o Santuário dos Redentores ou se usará as suas capacidades únicas para destruir todas as coisas.
O destino da Humanidade depende da decisão de Cale.


Escritor e argumentista britânico, Paul Hoffman colaborou durante algum tempo com o organismo responsável pela classificação de filmes no Reino Unido. Escreveu o argumento de três filmes, em coautoria, e trabalhou, entre outros, com Francis Ford Coppola.
O seu primeiro romance, The Wisdom of Crocodiles, deu origem a um filme protagonizado por Jude Law e Timothy Spall. Seguiu-se The Golden Age of Censorship, uma comédia negra publicada em 2007. Com O Anjo Negro conclui-se a trilogia iniciada com O Braço Esquerdo de Deus e As Quatro Últimas Coisas.


Uma história sombria e imaginativa.
The Times

Um clássico de culto.
Daily Express

Uma energia tremenda.
Daily Telegraph

Perturbante e magnífico.

Eoin Colfer

[Porto Editora]"Divergente", o filme mais aguardado do ano‏

Adaptação do livro de Veronica Roth nos cinemas a 3 de abril
Produzido pela Summit Entertainment/Lionsgate, estúdio conhecido pela saga Crepúsculo, estreia em Portugal, esta quinta-feira, 3 de abril, o filme mais aguardado do ano: Divergente, a adaptação do livro homónimo, da autoria de Veronica Roth e publicado no nosso país pela Porto Editora. A estreia deste filme acontece poucos dias depois do lançamento do terceiro livro desta saga, intitulado Convergente, que aconteceu a 21 de março. Esta obra, bem como as anteriores (Divergente e Insurgente), garantiram a uma muito jovem autora (tinha 23 anos aquando da publicação do primeiro livro) um sucesso à escala global e muitos fãs em Portugal.
As aventuras desta trilogia desenrolam-se em cenário futurista, verosímil e sem criaturas sobrenaturais. Figuraram em várias listas de melhores do ano – Amazon, Publishers Weekly, Goodreads, Barnes & Nobles – e chegaram a número um do top do The New York Times.


Num mundo futuro, a sociedade é dividida em fações com base nas suas personalidades. Os criadores deste sistema acreditam que desta forma o mundo será poupado a novas guerras. Entretanto, Tris Prior (Shailene Woodley) é avisada de que é uma Divergente. Alguém que nunca se encaixará em nenhum dos grupos. Quando descobre uma conspiração para eliminar todos os divergentes, Tris inicia a missão vital de saber o que torna os divergentes tão perigosos, antes que seja tarde demais.



Veronica Roth estudou Escrita Criativa na Northwestern University. Nos seus tempos de faculdade, preferiu dedicar-se a escrever o que viria a ser a sua primeira obra, Divergente, e deixar de lado os trabalhos de casa – uma escolha que acabou por transformar totalmente a sua vida. Veronica Roth foi considerada a melhor autora pelo GoodReads Choice Awards em 2012. Divergente foi eleito o melhor livro de 2011 e Insurgente o melhor livro de fantasia para jovens-adultos em 2012, pela mesma entidade, a única cujas distinções são atribuídas exclusivamente pelos leitores.

[BookSmile]Novidade "As Miúdas de Gallagher: Se Disser que Te Amo, Vou Ter de Te Matar ", de Ally Carter

Ally Carter vive nos EUA, onde trabalha com entusiasmo na escrita de livros para adultos e jovens. Os seus livros já foram publicados em mais de 20 países, e tornaram-se bestsellers do New York Times, USA Today e The Wall Street Journal.
As Miúdas de Gallagher marca a sua estreia na literatura juvenil e, após seis títulos já editados no estrangeiro, a coleção chega agora a Portugal com selo de qualidade da  Disney.


As Miúdas de Gallagher: Se Disser que Te Amo, Vou Ter de Te Matar é o primeiro volume da coleção (Booksmile I 304 pp I 14,39€) cujos direitos de adaptação para televisão já foram comprados, e promete fidelizar as jovens leitoras (13+), ou não fosse o enredo super especial, como as personagens!


O Colégio Gallagher (para Raparigas Excecionais) parece à primeira  vista uma escola típica, onde as adolescentes se  preocupam em combinar a cor da mala com o top que vão  usar, e suspiram quando um professor giro lhes sorri. Isso até é verdade, mas o que o comum dos mortais desconhece é que nas suas malas levam câmaras ocultas e o tal professor giro dá aulas de Preparação para Missões Secretas. O Colégio garante que forma os maiores génios do país… mas na realidade é a melhor e mais conceituada escola de espias e agentes secretas.
Cammie Morgan (ou Camaleão, como gostam de lhe chamar) é uma das miúdas de Gallagher. Passou para o segundo ano do curso e pode dizer-se que é uma ótima aluna: é fluente em catorze línguas e capaz de matar um inimigo de sete maneiras diferentes (uma das quais apenas com esparguete cru). Mas ela é também uma adolescente. E no momento em que conhece um rapaz da cidade, que nunca poderá saber quem ela é na realidade, percebe que há questões para as quais o   Colégio não a preparou. Cammie está prestes a enfrentar a missão mais perigosa de sempre: apaixonar-se! Será que está preparada?



[Editorial Presença]Novidade " Half Bad – Entre o Bem e o Mal",de Sally Green

Autor: Sally Green
Título Original: Half Bad – The Half Life Trilogy
Tradução: Catarina Gândara
Páginas: 320
Coleção: Via Láctea Nº 114
PVP: 16,90€


Na Inglaterra dos nossos dias, bruxos e humanos vivem aparentemente integrados. Na realidade, os bruxos têm a sua própria sociedade secreta, as suas regras e a sua guerra, que divide os Bruxos Brancos, considerados «bons», e os Bruxos Negros, odiados e perseguidos pelos Brancos. O herói, Nathan, é filho de uma Bruxa Branca e de um Bruxo Negro e, portanto, considerado perigoso. Nathan é constantemente vigiado pelo Conselho dos Bruxos Brancos desde que nasceu e aos 16 anos é encarcerado e treinado para matar. Mas Nathan sabe que tem de fugir antes de completar 17 anos e a sua determinação é inabalável. Este é o romance de estreia de Sally Green e o primeiro volume de uma nova trilogia do género fantástico.


Sally Green vive no Noroeste de Inglaterra. Teve vários empregos, mas acabou por conseguir dedicar-se a tempo inteiro a escrever as histórias que, até então, só se passavam na sua imaginação. Gosta de ler, passear pelo campo e adora café. Half Bad – Entre o Bem e o Mal é o seu primeiro romance. Este livro tem despertado tanto interesse que, ainda antes da sua publicação, já conta com direitos de tradução vendidos para 42 países. Os direitos cinematográficos foram adquiridos pela Fox 2000.


«Uma história perturbadora e empolgante... Um protagonista inesquecível.»
Publishers Weekly

«Half Bad  ̶  Entre o Bem e o Mal é uma alegoria cativante sobre o racismo, o amor e o destino.»
Once Upon a Time Bookstore

[Planeta]Novidades Março 2014

Titulo: Lágrima
Autor: Lauren Kate
N Páginas: 320
PVP: 17,76€
Lançamento: 19 de Março


A mãe de Eureka Boudreaux instilou esta regra na filha há anos. Mas agora a mãe partiu, e onde quer que Eureka vá, ele está lá: Ander, o rapaz alto, de cabelo louro-claro, que parece saber coisas que não devia, que diz a Eureka que ela corre um grande perigo e que a deixa sempre à beira das lágrimas. Mas Ander ignora o maior segredo de Eureka: desde que a mãe se afogou num acidente bizarro, Eureka deseja morrer.
Resta-lhe pouco que lhe desperte o interesse, apenas o amigo mais antigo, Brooks, e uma estranha herança: um medalhão, uma carta, uma pedra misteriosa e um livro de outras eras que ninguém compreende.
O livro encerra uma história assombrosa sobre uma rapariga que ficou destroçada e chorou tanto que formou um continente no mar... e há algo na história que é misteriosamente familiar. Eureka está prestes a descobrir que a narrativa antiga é mais do que uma história, que Ander pode falar verdade... e que a sua vida é muito mais obscura e oculta do que alguma vez imaginou.

Titulo: Dias De Esplendor, Dias De Sofrimento
Autor: Juliet Grey
N. Páginas: 328
PVP: 19,95 €
Lançamento: 19 de Março


Paris 1774.
Na tenra idade de dezoito anos, Maria Antonieta ascende ao trono francês ao lado do marido, Luís XVI. Mas por detrás da extravagância da jovem rainha, com vestidos de seda elaborados e vertiginosos penteados, escondem-se medos profundos em relação ao seu futuro e ao da dinastia Bourbon.
Das dores do casamento à alegria de conceber uma criança, da paixão por um militar sueco, Axel von Fersen, ao devastador Caso do Colar de Diamantes, Maria Antonieta tenta elevar-se acima dos boatos e rivalidades do seu círculo. Mas a revolução floresce na América e uma ameaça muito maior paira junto dos portões dourados de Versalhes, que pode afastar a monarquia francesa para sempre.

Titulo: Manual De Teatro
Autor: Antonino Solmer (direcção)
N. Páginas: 400
PVP: 18,85€
Lançamento: 19 de Março


Manual de Teatro nasceu de uma vontade e de um repto lançado por Antonino Solmer (actor, encenador, professor de teatro) a um grupo de profissionais, alguns dos quais haviam sido seus alunos. O repto foi: «Vamos fazer aquele livro que cada um gostaria de ter tido para consultar quando fomos estudantes de Teatro, quando somos professores de Teatro ou, simplesmente, quando temos curiosidade em relação ao universo teatral e aos processos de construção do espectáculo». Assim nasceu esta obra, que 15 anos depois do seu lançamento, a avaliar pelos pedidos dos leitores, parece ter quase sempre estado em falta nas livrarias. O que não é verdade, uma vez que esta é a sua quarta edição, mas revela bem a dimensão da falta que fazia – e continua a fazer – a todos aqueles a quem se dirige.

De facto, neste volume estão reunidas informações, sugestões e pistas para o trabalho teatral que o leitor só a muito custo e em muitas fontes diferentes conseguiria, até agora, reunir. O leitor interessado encontrará neste Manual, não só um valioso quadro cronológico comparativo de toda a história do teatro, como uma perspectiva sucinta da evolução dos estilos e formas de representação e um glossário de termos teatrais. Encontrará também ferramentas de trabalho teóricas e práticas para todo o processo de construção e promoção de um espectáculo, desde o espaço cénico vazio até à organização da bilheteira e ao spot promocional - formação de actores, produção, dramaturgia, encenação, cenografia, maquinaria de cena, figurinos, maquilhagem, som, luz, entre tantos outros.