[TopSeller]Opinião "Deseja-me", de J. Kenner

Titulo: Deseja-me
Autor: J. Kenner


Ele era o único homem que ela não podia evitar. E o único homem a quem ela não conseguia resistir.
«Para mim, a nossa obsessão é ferozmente, incrivelmente real.
Para o Damien é um jogo. O Damien precisa de mim, precisa de estar em controlo. As suas necessidades são palpáveis: ele precisa de sentir prazer.
Lindíssimo e absolutamente brilhante, é também alguém que vive uma enorme tortura interior. Somos, em todos os aspetos, o par perfeito. Concordei em ser só dele, mas agora quero que ele seja só meu. Quero que nos amemos para além das fronteiras mais doces do nosso êxtase, até aos desejos mais profundos das nossas almas. Quero que o fogo que arde entre nós nos consuma.
Mas existem recantos obscuros dentro do Damien que nem a nossa paixão mais selvagem poderá tocar. Anseio por conhecer os seus segredos, anseio pelo momento em que ele se entregue a mim como eu me entreguei a ele. Mas os nossos passados sombrios tanto nos poderão juntar como afastar… irremediavelmente.»
Para os fãs de As Cinquenta Sombras de Grey e de Rendida, eis mais um capítulo da história de uma paixão arrebatadora que já conquistou o coração e a fantasia de milhões de leitores em todo o mundo.


Tenho a mania de deixar alguns livros de lado! Deixo e depois de os ler fico chateada comigo própria, porque depois de os ler gosto tanto deles que não entendo por que razão fui esperando para os ler. Aconteceu-me exactamente isto com este livro.
J. Kenner estreou no nosso país com o livro “Liberta-me”, este livro iniciou a trilogia Stark e desde a primeira página que me perdi completamente. Quando o terminei pensei “E o segundo livro, quando sai? Eu quero o segundo livro!”, de repente o livro sai e….e fica ali na prateleira à espera de ser lido. Sou tão inteligente!!! (sim, estou a ser irónica!) Mas felizmente, tomei a decisão de o ler e não fiquei nada desiludida. “Deseja-me” segue a mesma linha do livro anterior, com muita carência emocional e muito sexo, mas também com uma história de amor muito bonita. São várias as vezes que me sinto incrédula por ouvir/ler opiniões que falam mal deste tipo de livros, com todo o respeito que essas pessoas merecem garanto-vos que não fiquei com a minha mente poluída por ler uma cena de sexo violento ou de carência absoluta por parte dos protagonistas. Quando lemos um livro devemos ter em mente que ele não passa disso mesmo, é um livro ficcional, nele se passam cenas que não devem ser reproduzidas na nossa vida real. Devemos saber ver para além disso, ter a sensibilidade de encontrar a verdadeira essência do livro, encontrar o amor, carinho e devoção que estão escondidos por detrás dessas cenas… ou talvez a tonta seja eu! A verdade é que gosto muito deste tipo de livros, de ler a sensualidade que as suas páginas transpiram, da vontade de muitas vezes ralhar com os seus protagonistas, tentando com que sejam chamados à razão.
Damien e Nikki são dois protagonistas deliciosos, na medida em que nos mostram que apesar de todo o dinheiro do mundo, há na vida muito mais que isso. Como podemos ver na história, não é por ter dinheiro que eles deixam de sofrer, de serem marcados pelas dificuldades da vida, apesar de Nikki ser aquela que mais problemas demonstra devido à forma como gere a sua capacidade de resolver problemas difíceis. Damien, como qualquer homem, tenta sempre esconder aquilo que sente e por isso é mais difícil de ser compreendido, mas quando é preciso também consegue ser o mais sensível dos homens. Eles têm uma relação incrível, apesar das brigas e dos mal entendidos, suportam-se um ao outro, fazendo com que o único problema seja a forma como o ultrapassam as coisas. Para eles o melhor remédio é o sexo, não falam nas coisas e no momento em que um deles se sente com vontade de falar o outro pensa “Ele quer falar, mas não o vou fazer passar por esse sofrimento…” e lá vão eles novamente para a cama, entretanto a realidade acaba por lhes “cair em cima” e depois ficam chateados, mas a verdade é que essa situação foi criada por eles próprios. Este é o retrato do que se passou no final deste livro, que acabou de uma forma perfeita de maneira a termos muita vontade de ler o terceiro e ultimo volume desta trilogia…e sim, vou repetir-me: “Quero tanto ler o próximo livro!”. Felizmente este terceiro livro vai ser publicado já ainda neste mês de Agosto. 
Acredito que “Ama-me” vai ser mais um daqueles livros fantásticos, mais uma despedida de uma trilogia que veio marcar de certa forma o mercado português. Vai ser nesse livro que iremos finalmente conhecer o verdadeiro Damien Stark e também conhecer todos os seus segredos. Será que iremos ter bebe no final? Seria tão giro, gostava de ter a oportunidade conhecer o Damien Stark Junior através desta história! Quase que consigo ver a sua cara no momento em que Nikki lhe contasse que estava gravida. Mas pronto, tenho de esperar até ter o livro nas minha mãos…algo que espero não ter de esperar muito para acontecer!

0 comentários:

Enviar um comentário