[Quinta Essência]Opinião "Pecado", de Sylvia Day

Titulo: Pecado
Autor: Sylvia Day



Nunca a rendição foi tão doce.
Numa noite quente de verão, a apenas algumas horas do seu casamento, a discreta Lady Jessica Sheffield testemunhou uma cena da qual nunca irá recuperar. Vê o jovem Alistair Caufield numa cena ferozmente íntima com uma mulher muito mais velha. Chocada, mas estranhamente excitada, ela manteve silêncio sobre o que viu, e caminhou até ao altar como esperado. Mas, ao longo de anos de um casamento sereno e normal, a imagem de Caulfield continuou na sua imaginação, alimentando sonhos muito ilícitos...
Alistair fugiu da tentação da debutante recatada com o fogo da paixão nos olhos para as Índias Ocidentais. Enquanto comerciante bem-sucedido, tem pouco em comum com o jovem libertino que ela conhecia. Mas quando, sete anos depois, a recém-viúva Jessica sobe a bordo do seu navio para uma viagem até à Jamaica, os sete anos de prazeres negados são mantidos em xeque apenas por algumas camadas de seda... e pela certeza de que renderem-se irá consumir os dois...



Conheci o trabalho da autora através da serie Crossfire e nada me preparou para aquilo que encontrei neste livro. Sylvia Day, que conta já com alguns anos de experiência no mundo da escrita, veio surpreender com este livro. A verdade é que no nosso país estamos habituados a receber desta autora livros considerados eróticos e o que nos aparece é um romance de época fantástico e que nos cativada desde o início.
A história está muito bem construída, sem grandes exageros e logo na primeira página fiquei curiosa para o que se ia passar de seguida. Não foi um daqueles romances em que os protagonistas se conhecem e se perdem de amor um pelo outro, sendo que os sentimentos de ambos ficam adormecidos durante longos anos até que podem finalmente vivê-los de uma forma plena. Este detalhe foi muito importante devido ao facto do leitor não ficar logo com a sensação que já sabe aquilo que se vai passar a seguir. Sylvia Day tem uma maneira muito especial de contar as suas histórias, usando diversas maneiras de surpreender o leitor e nunca deixando que a história caia na monotonia. Gostei muito de Jessica e Alistar! Desde o início que entendi que eram perfeitos um para o outro e que muitas aventuras os aguardavam, felizmente não me enganei. Jessica mostrou ser uma mulher com uma personalidade muito avançada para o seu tempo, com ideias fixas e objectivos de vida. Teve a sorte de, antes de se envolver com Alistair, casar com um homem bom e que a fez feliz em todos os sentidos, mesmo tendo sentimentos por outro homem. Quanto a Alistair, não se mostrou o típico homem da época, havia algo de diferente nele, o que o tornou numa personagem única.
Este livro mostra também um pouco do tema da violência doméstica e como era tratado. Desde o início que me pareceu que algo se passava com a personagem em questão e não me enganei. Foi com algum pesar que tive a confirmação do que se passava dentro daquela casa. Felizmente o que se passava foi descoberto a tempo e pelas pessoas certas, que conseguiram salvar a rapariga a tempo de acontece algo mais trágico.
Uma historia incrível, com personagens fascinantes e o qual não devemos deixar escapar. Espero sinceramente que a Quinta Essência continue a publicar os livros desta serie, foi através dela que descobri mais uma faceta desta autora fantástica. Sylvia Day no seu melhor…

0 comentários:

Enviar um comentário