[Planeta]Novidades Setembro 2014

Titulo: Um Rumor Muito Inconveniente 
Autor: Emma Wildes
N. Páginas: 288 
PVP: 17,76 € 
Lançamento: 3 de Setembro

Como reagirá a alta sociedade quando distintas personagens são apanhadas em sucessivas situações comprometedoras? Será que as jovens senhoras sobrevivem à temporada com a reputação intacta... ou os rumores escandalosos que as cercam as arruínam?     


No ton , Lady Angelina DeBrooke não é só conhecida pela sua rara beleza, mas pelos seus casamentos. Com a alcunha Anjo Negro , apaixonou-se pela primeira vez e deseja casar, mas teme ficar viúva pela terceira vez. Com dois maridos envenenados e uma nuvem de suspeita a pairar sobre a cabeça, ela procura o único homem em Inglaterra que poderá ajudá-la... 
Benjamin Wallace, Lorde Heathton, não está interessado em fazer de novo o papel de detective, mas quando Lady DeBrooke o aborda para uma missão que envolve limpar-lhe o nome, ele considera o desafio irresistível. O segundo marido era um velho amigo, e quando começa a investigar, sente o odor de um inimigo que já perseguiu e sabe que esta é oportunidade de prender a esquiva personagem...


Titulo: Sete Coisas Que Eu Cá Sei -  Destravalínguas e adivinhas  para suar as estopinhas
Autor: Vergílio Alberto Vieira
Ilustrações: Maria João Lopes
N. Páginas: 64 páginas
PVP: 15,50€ 
Lançamento: 3 de Setembro
  


Vamos lá adivinhar o que isto é… é só puxar pela cabeça e pela imaginação. 
Do riso ao siso, eis aqui, jovens leitores, um novo e precioso livro de um dos mais queridos escritores portugueses, ilustrado e feito com humor e amor para vos proporcionar muitas horas de leitura e muitas ideias a saltar da cabeça para o mundo.  
Este livro, em capa dura, é constituído por dois grupos distintos de poemas: os Destravalínguas, que primam pelo sentido de humor e pelo nonsense , e as adivinhas em verso (com soluções no final).
Sete Coisas que Eu Cá Sei é um livro que miúdos e graúdos vão querer ler, ao mesmo que se divertem a aprender e a ver as fantásticas ilustrações que acompanham os poemas.

0 comentários:

Enviar um comentário