[Quinta Essência]Opinião "O Êxtase",de Nicole Jordan

Titulo: O Êxtase
Autor: Nicole Jordan


Depois de ver a mãe consumir-se e perder tudo por um amor não correspondido, Raven jura a si mesma que só casará para recuperar a posição social da família. O único capricho que se permite é sonhar com um amante, um pirata que só existe nos seus sonhos e que a preenche de amor e paixão. Porém, quando rebenta um escândalo em torno da sua pessoa, é obrigada a aceitar a proposta de casamento do dono diabolicamente sensual do mais famoso clube de jogo de Londres. Apesar de se sentir irresistivelmente atraída pelo seu enigmático salvador, Raven lutará para resistir ao novo marido, um homem cujas carícias prometem um êxtase para além das suas fantasias mais loucas. Para salvar a reputação de uma jovem inocente a quem o irmão estava prestes a arruinar a vida, Kell Lasseter sacrifica a sua liberdade para casar com a deslumbrante debutante. Desprezado pelo seu sangue irlandês e passado obscuro, Kell não pode negar que aquela encantadora mulher temperamental não se parece nada com as outras jovens da sociedade... nem sufocar o seu ardente desejo por ela. Dividido entre a lealdade para com o irmão e os crescentes e novos sentimentos pela sua esposa rebelde, Kell tentará libertar o coração relutante de Raven antes de poder conhecer o êxtase do verdadeiro amor.


Este foi o primeiro livro que li da autora e ainda me pergunto qual a razão deste atraso todo. É verdade que o seu nome não é uma novidade para mim, quantas foram as vezes que me avisaram acerca do talento da autora e naquilo que eu estava a perder. Infelizmente o tempo livre nem sempre ajuda e só agora tive oportunidade de ler uma das suas obras, que foi publicada neste mês de Janeiro de 2014.
A sinopse prometia um livro fantástico, cheio de aventuras, romance e sensualidade e o que encontrei…foi isso mesmo! Desde o início do livro que o protagonista masculino me tinha deixado fascinada. Kell Lasseter tinha algo nele que me fazia devorar cada página deste livro e cada acção sua fazia aumentar a minha curiosidade sobre aquilo que se ia passar a seguir. Ele mostrou ser um homem muito íntegro, que honrava as suas promessas e que se sacrificava por aqueles que amava. Ele ter-se apercebido dos seus sentimentos antes de Raven foi algo realmente excepcional. Esse foi um toque de originalidade imenso por parte da autora, pois normalmente é o contrário que acontece. Raven foi também uma personagem forte que, apesar de no inicio parecer um pouco snob, acabou por surpreender de uma forma muito positiva. Ao longo da história foi mostrando não ser uma rapariga fútil, que lutava por aquilo que realmente acreditava.
Ainda não li os outros livros desta serie, mas tenho o livro anterior aqui em casa. “Desejo” encontra-se alí na estante, à espera de ser lido brevemente e, espero que em breve a Quinta Essência nos traga o quinto livro. Não vou querer perder!

0 comentários:

Enviar um comentário