[Papiro Editora]Opinião "O Amor é Breve", de Catarina Betes


Catarina Betes



















Sinopse: O Amor é breve é um livro que retrata diferentes histórias de amor. Em cada história, a autora revela desejos, medos, inquietações da alma humana que conduzem, inequivocamente, à análise e reflexão do poder que o amor exerce em cada um de nós. O poder de perdoar, de recomeçar, de mudar o sentido das nossas vidas para sempre. O amor nas suas diferentes formas, na certeza de que só na sua aceitação e reconhecimento, podemos viver verdadeiramente.


Opinião: Terminei a leitura deste livro com alguma surpresa e com o sentimento que podemos conhecer uma pessoa durante anos e não saber realmente aquilo que ela é capaz. Conheço a autora deste livro desde a minha infância, foi uma das minhas primeiras catequistas; ela era uma adolescente na altura, depois casou e teve duas filhas lindas…e nunca, nunca pela minha cabeça passou a ideia que a Catarina escondia esta sua veia artística.
O livro, apesar de pequeno, contem várias histórias que focam vários aspectos na vida das suas personagens. Apesar da simplicidade com que são escritos, os contos transmitem sentimentos bastante profundos e quase que consigo descortinar o que a autora sente no momento em que os escreve. Na minha opinião, a Catarina conseguiu transmitir aos seus leitores um pouco de si própria. Ao mesmo tempo que deixava as suas histórias tomarem forma ia também deixando bocadinhos de si e esse detalhe, sendo bastante notório, enaltece todo o livro.
Para concluir, quero apenas acrescentar que esta é a leitura perfeita para estes frios dias de Inverno. Um livro cheio de amor, sofrimento, carinho e amizade, o livro certo para se ler à lareira a beber um chá bem quente, enquanto a chuva vai caíndo com força na rua.

[Porto Editora]Novidade "A Vidente",de Lars Kepler


Título: A Vidente
Autor: Lars Kepler
Tradutor: Ana Diniz
Págs: 536
PVP: 17,70 €

O novo êxito de Lars Kepler
A Vidente é o novo thriller da dupla de sucesso. Só na Suécia, as vendas ultrapassaram os 250 mil exemplares
A publicação de O Hipnotista e, depois, de O Executor marcou o panorama da literatura policial nórdica, e os seus autores, Lars Kepler, continuam a conquistar milhares de leitores por todo o mundo. A 4 de março, a Porto Editora publica um novo livro da dupla de sucesso, intitulado A Vidente, um thriller que, só na Suécia, contabiliza mais de 250 mil exemplares vendidos.
Neste novo livro, personagens misteriosas, como uma mulher que diz falar com os mortos, e cenários obscuros apimentam uma trama viciante, protagonizada pelo comissário Joona Linna.
No final do ano transato, estreou na Suécia a adaptação cinematográfica do livro O Hipnotista, com realização de Lasse Hallström, conhecido por filmes como Chocolate, e que teve um excelente acolhimento por parte da crítica.


O LIVRO
«Por todo o mundo, sempre que a Polícia se depara com casos particularmente difíceis, recorre a médiuns e espíritas. No entanto, em nenhum documento figura a colaboração de um médium para a resolução de um crime.»
Flora Hansen diz-se espírita e garante ser capaz de falar com os mortos. Certo dia, ouve na rádio uma notícia sobre o caso de uma jovem assassinada num centro de acolhimento de menores e, na tentativa de ganhar um dinheiro extra, decide telefonar para a Polícia dizendo que o espírito da morta entrou em contacto com ela. No entanto, os resultados da investigação técnica atribuem a autoria do crime a outra das internas, uma jovem sensivelmente da mesma idade, que desde então está a monte.
O comissário da Polícia Joona Linna resiste à versão oficial e inicia uma investigação por sua própria conta. Mas cada nova resposta parece apenas conduzir a um novo enigma e a mais um beco sem saída. E ninguém se dispõe a ouvir a vidente, embora ela fale com os mortos.


OS AUTORES
Lars Kepler é o pseudónimo de uma dupla de escritores de sucesso na Suécia: Alexander Ahndoril e Alexandra Coelho Ahndoril. O Hipnotista, primeiro volume da saga, alcançou um enorme sucesso internacional e foi recentemente adaptado ao cinema pela mão do realizador Lasse Hallström. Depois de O Executor, chega-nos A Vidente, cujos direitos de tradução estão cedidos para 28 países, e só na Suécia vendeu, até ao momento, mais de 250 000 exemplares.
Mais informações em www.larskepler.com


IMPRENSA
A Vidente inquieta-nos do princípio ao fim. Uma intriga excecionalmente bem urdida.
Göteborgs-Posten

Lars Kepler, os sucessores de Larsson.
El Mundo

Lars Kepler revitalizam o género negro.
Financial Times

Joona Linna é um polícia deveras merecedor de uma série de romances.
José Riço Direitinho, Ípsilon

A nova sensação do policial sueco.
Sol

Há crime para lá de Millennium.
Os Meus Livros

[Ellora's Cave]Opinião "Hair of the Dog",de Kelli Scott


Kelli Scott


















Sinopse: When Grant, mayor of Mystic Springs, asks Ivy to run the Mystic Springs resort, she's so thrilled, she accepts the job without so much as visiting the town first. Then she arrives and meets Grant-and her goals change. She got her dream job, and now she wants Grant...preferably at her mercy in the bedroom. Grant's inner animal is desperate to take Ivy. And he's not joking about the "animal" part-Grant and most of the Mystic Springs residents are shifters. The spring is more than a landmark, it's the touchstone that grounds their powers and keeps them on the human side of the shifter spectrum. But the spring is running dry... The townspeople are convinced Ivy is the woman who was prophesied to rejuvenate the spring. Local legend is rife with rumors of sex rites that might help, and Grant's only too happy to give them a go. He just has to convince Ivy that he's the man-er, wolf?-for her.


Opinião: Se há algo que detesto, é ter desilusões com os livros que leio e ultimamente tenho tido um pouco de azar com isso. Este foi mais um livro com o qual fiquei desiludida, contrariando as minhas espectativas e a cotação que tinha no Goodreads.
Olhando a sinopse, o livro tinha tudo para ter uma história bombástica. Romance, sexo, história sobrenatural, transmutações, toda a história me fazia lembrar os Were-Hunters dos livros de Sherrilyn Kenyon e talvez esse tenha sido o meu erro. Cada autor tem a sua identidade própria, nada vale, a nós leitores, fazer comparações entre eles.
Apesar dos aspectos negativos, tenho a apontar que gostei do protagonista masculino e do ambiente que se vivia no Resort Mystic Springs. Ele apresentou-se como um homem íntegro, que apesar da enorme atracção sexual que existia entre ele e Ivy, tentou ao máximo honrar a memória da falecida esposa. Penso que o que acabou por estragar a história foi a forma como Ivy foi apresentada. A primeira imagem que tenho dela é a de uma mulher que sofre de uma patologia grave, uma pessoa completamente desequilibrada que não tem noção acerca daquilo que faz de cada vez que desmaia. Tudo isto poderia ser muito simples, o problema é que ela, assim que desmaia, se torna sonâmbula e que passa o tempo a perseguir Grant e a satisfazer o seu prazer sexual (sozinha ou acompanhada).
Sinceramente, penso que tão cedo não tento ler um livro desta autora. Quem costuma ler as minhas opiniões tem conhecimento que não gosto de dizer mal de um livro, pois a história muda para cada pessoa que o lê, por isso apenas fica o conselho de lerem o livro e tirarem as vossas próprias conclusões. Pode mesmo acontecer adorarem aquilo que eu realmente não gostei.

[Matéria Prima Edições]Novidade "A Um Passo da Felicidade"


Titulo: A Um Passo da Felicidade
Autor: Giorgio Nardone
N. Páginas: 184
PVP: € 14,40


Sinopse: O amor é um dos temas que mais tem inspirado a humanidade. Diz-se que as mulheres teorizam demasiado sobre as relações amorosas e que, por isso, complicam o que é simples. Giorgio Nardone, um dos mais conceituados psicoterapeutas italianos, defende que, nas relações amorosas, e principalmente nas que fracassam, as mulheres têm tendência para interpretar sempre o mesmo papel, persistindo, assim, no mesmo erro.
Inspirado pela literatura e pelos mitos históricos, Nardone apresenta guiões nos quais podemos encaixar o comportamento das mulheres com o sexo oposto. Da camaleónica à fada, passando pela executiva, pela enfermeira ou pela beijadora de sapos, o autor identifica as principais personagens que as mulheres interpretam no amor e de que modo conduzem ao fracasso das relações.
Escrito de forma divertida e bem-humorada - já que aqui o psicoterapeuta é, sobretudo um homem, marido, amigo, confidente -, este livro apresenta-nos ainda soluções muito simples para que possamos viver um amor pleno. Com autoconhecimento e pequenas mudanças, as relações felizes são mesmo uma possibilidade.


Autor: Giorgio Nardone , fundou em Itália, com Paul Watzlawick, o Centro de Terapia Estratégica de Arezzo, onde trabalha como psicólogo-psicoterapeuta, coach e professor. Considerado um dos mais proeminentes expoentes da Escola de Palo Alto, na Califórnia, Nardone é conhecido pela sua criatividade e pelo seu rigor metodológico. Criou várias técnicas inovadoras e protocolos específicos de tratamento de diversos tipos de distúrbios psicológicos. Tem vários livros publicados e traduzidos em diversas línguas. Esta é a sua primeira obra publicada em Portugal, tendo deixado um rasto de sucesso em Itália e em Espanha.

[Quetzal]Novidade "Pensar",de Vergílio Ferreira


Titulo: Pensar
Autor: Vergílio Ferreira
N.º de páginas: 312
PVP: 17,70 €
Data de lançamento: 8 de março


«É quase jovialmente que Vergílio Ferreira reflecte sobre a vida, sobre a morte, sobre a arte, o conhecimento, a política, o romance, a humana condição, o próprio pensar o pensamento… São aforismos, são “pequenas moralidades”, dirigidas apelativamente a um narratário não especificado, por vezes coloquialmente… Em suma: são múltiplos os recursos de Vergílio Ferreira para explanação do seu Pensar. É evidente que Vergílio Ferreira se revela aqui com alguma intelectual arrogância – é o seu direito. (…) Magnífica arrogância.»
Fernanda Botelho, Colóquio Letras


Sinopse: Publicado pela primeira vez em 1992, Pensar é um misto de diário e de caderno de apontamentos, onde Vergílio Ferreira treina o aforismo, pratica a observação social cáustica, reflete, questiona, problematiza e pensa.
A arte, a beleza, a morte, o tempo, a política, o amor: em Pensar Vergílio Ferreira interroga o quotidiano para encontrar aí aquilo que permanece, que resiste à voragem dos dias.
Um livro fundamental para se conhecer o pensamento de um dos grandes escritores portugueses do século XX.


Autor: Vergílio Ferreira nasceu em Melo em 1916 e morreu em Lisboa em 1996. Um dos autores maiores do século XX, com uma vastíssima e poderosa obra, foi ficcionista, ensaísta e ainda professor. A sua prosa, inicialmente ligada ao neorrealismo, foi gradualmente ganhando contornos existencialistas. Vergílio Ferreira foi galardoado em 1992 com o Prémio Camões, o mais importante prémio literário que distingue um autor de língua portuguesa pelo conjunto da sua obra.

[Asa]Novidades Março 2013


Titulo: A Provação Do Inocente
Autor: Agatha Christie
PVP: 12,50€
Lançamento: 8 Março


Sinopse: Condenado a prisão perpétua, Jacko Argyle sucumbiu a uma pneumonia e acabou por morrer sem conseguir provar a sua inocência. Acusado de assassinar a mãe adotiva, o jovem jurou em tribunal ter um álibi e até uma testemunha. Mas essa pessoa nunca foi encontrada.
Acabado de chegar de uma longa viagem, Arthur Calgary tem informação que permite limpar o nome de Jacko, ainda que postumamente. A inocência de Jacko implica a culpa de outra pessoa… mas só a família estava em casa naquela noite fatal…
A Provação do Inocente (Ordeal by Innocence) foi originalmente publicado em 1958 na Grã-Bretanha, tendo sido editado nos Estados Unidos no ano seguinte. Foi adaptado para o cinema em 1985 e para a televisão em 2007.


Autor: Agatha Christie nasceu Agatha May Clarissa Miller, em Torquay, na Grã-Bretanha, em 1890. Em 1971, a Rainha Isabel II consagrou-a com o título de Dame of the British Empire. Deixando para trás um legado universal celebrado em mais de cem línguas, a Rainha do Crime, ou Duquesa da Morte (como ela preferia ser apelidada), morreu em 12 de Janeiro de 1976.
Em 2000, a 31st Bouchercon World Mystery Convention galardoou Agatha Christie com dois prémios: ela foi considerada a Melhor Escritora de Livros Policiais do século XX e os livros protagonizados por Hercule Poirot a Melhor Série Policial do mesmo século.


Titulo: Ligeiramente Casados
Autor: Mary Balogh
PVP: 15,90€
Lançamento: 28 Março


Sinopse: Como todos os Bedwyn, Aidan tem a reputação de ser arrogante. Mas este nobre orgulhoso tem também um coração leal e apaixonado – e é a sua lealdade que o leva a Ringwood Manor, onde pretende honrar o último pedido de um colega de armas. Aidan prometeu confortar e proteger a irmã do soldado falecido, mas nunca pensou deparar com uma mulher como Eve Morris. Ela é teimosa e ferozmente independente e não quer a sua proteção. O que, inesperadamente, desperta nele sentimentos há muito reprimidos. A sua oportunidade de os pôr em prática surge quando um parente cruel ameaça expulsar Eve de sua própria casa. Aidan faz-lhe então uma proposta irrecusável: o casamento, que é a única hipótese de salvar o lar da família. A jovem concorda com o plano. E agora, enquanto toda a alta sociedade londrina observa a nova Lady Aidan Bedwyn, o inesperado acontece: com um toque mais ousado, um abraço mais escaldante, uma troca de olhares mais intensa, o “casamento de conveniência” de Aidan e Eve está prestes a transformar-se em algo ligeiramente diferente…


Autor: Autora premiada e presença constante nas listas de bestsellers do New York Times, Mary Balogh cresceu em Gales, terra de mar e montanhas, músicas e lendas. Ela levou consigo a música e uma imaginação vívida quando se mudou para o Canadá. Aí iniciou uma auspiciosa carreira como autora de livros com finais felizes e que celebram o poder do amor. Os seus romances históricos venderam já mais de 4 milhões de exemplares em todo o mundo. Na ASA estão publicados Uma Noite de Amor e Um Verão Inesquecível.

[Quinta Essência]Novidades Março 2013


Titulo: Um Pequeno Escândalo
Autor: Patricia Cabot
Lançamento: 8 de março


Juraram renunciar ao amor… mas não resistem ao jogo da sedução


Sinopse: Quando a bela Kate Mayhew é contratada como dama de companhia de Isabel, a filha obstinada de Burke Traherne, o marquês vê-se numa situação impossível. Dividido entre saber que ela é exatamente aquilo de que Isabel precisa mas, para ele, a pior tentação possível, encontra-se constantemente perto de alguém que ameaça a sua independência. Conhecido pelo seu autodomínio férreo desde o dia em que apanhou a mulher com um amante, Burke jurou nunca mais arriscar-se a casar.
Ao aceitar a oferta de emprego de Sua Senhoria, a temperamental Kate enfrenta dois perigos: sua atração irresistível por um homem que abdicou do amor, e um encontro com o seu próprio passado escandaloso... que ela não pode manter secreto para sempre.
Kate Mayhew costumava fazer parte da sociedade, até que os pais morreram em circunstâncias misteriosas e escandalosas. Agora, o melhor que pode esperar é ser governanta… até que o famoso Burke Traherne, marquês de Wingate, a contrata para ser dama de companhia da sua rebelde filha Isabel.


Titulo: Encontras-me no Fim do Mundo
Autor: Nicolas Barreau
Lançamento: 8 de março


Um galerista fascinante. Uma mulher misteriosa. Uma série de provocantes cartas de amor.


Sinopse: Jean-Luc Champollion é aquilo a que os franceses chamam um homme à femmes. O encantador proprietário de uma galeria bem-sucedida ama a arte e a vida, é muito sensível ao encanto das mulheres, que de bom grado lho retribuem, e vive num dos bairros da moda de Paris, em perfeita harmonia com o seu fiel dálmata Cézanne. Tudo corre bem até que, uma da manhã, Jean-Luc encontra no correio um envelope azul, e a sua vida muda para sempre. A missiva é uma carta de amor, ou melhor, uma das declarações de amor mais apaixonadas que o galerista já viu, mas não vem assinada: a misteriosa autora decidiu esconder-se e convida-o a descobrir quem é. Jean-Luc fica inicialmente confuso, mas decide alinhar. A remetente anónima forneceu-lhe um endereço de e-mail e desafia-o a responder. Mas a tarefa não é fácil. Em breve, Jean-Luc tem apenas um objetivo: descobrir a identidade da caprichosa desconhecida, que parece conhecer muito bem os seus hábitos e gosta de o provocar incessantemente. Assombrado pelas suas palavras, Jean-Luc segue as pistas dispersas na correspondência, cada vez mais incapaz de resistir à mais doce das armadilhas. O objeto da sua paixão existe apenas no papel e na sua imaginação, mas ele sente conhecer melhor esta mulher do que os quadros expostos na sua galeria, mesmo que nunca tenha visto o seu rosto. Ou será que viu?


Titulo: Férias em Saint-Tropez
Autor: Elizabeth Adler
Lançamento: 8 de março


Um mistério cheio de glamour no encantador sul da França…


Sinopse: Numa villa em St. Tropez, no sul da França, cinco turistas que não se conhecem - todos eles a fugirem da sua vida do dia-a-dia – veem-se reunidos à força no pequeno Hotel dos Sonhos.
Chez Violette parecera ser o refúgio perfeito para o detetive privado Mac Reilly e a sua namorada/parceira, Sunny Alvarez, e para os seus cães Pirate e Tesoro. Sunny chega primeiro e descobre que foram enganados, juntamente com várias outras pessoas que julgaram estar a alugar aquela elegante casa na riviera francesa. De repente e de forma inesperada, são forçados a solucionar um crime e a desvendar um homicídio, tendo como pano de fundo a soalheira e glamorosa Saint-Tropez.

Open Minds, by Susan Kaye Quinn + Giveaway


Title: Open Minds
Author: Susan Kaye Quinn


When everyone reads minds, a secret is a dangerous thing to keep.


Synopsis: Sixteen-year-old Kira Moore is a zero, someone who can’t read thoughts or be read by others. Zeros are outcasts who can’t be trusted, leaving her no chance with Raf, a regular mindreader and the best friend she secretly loves. When she accidentally controls Raf’s mind and nearly kills him, Kira tries to hide her frightening new ability from her family and an increasingly suspicious Raf. But lies tangle around her, and she’s dragged deep into a hidden world of mindjackers, where having to mind control everyone she loves is just the beginning of the deadly choices before her.


Author: Susan Kaye Quinn grew up in California, where she wrote snippets of stories and passed them to her friends during class. Her teachers pretended not to notice and only confiscated her stories a couple times.
Susan left writing behind to pursue a bunch of engineering degrees, but she was drawn back to writing by an irresistible urge to share her stories with her niece, her kids, and all the wonderful friends she’s met along the way.
She doesn’t have to sneak her notes anymore, which is too bad.
Susan writes from the Chicago suburbs with her three boys, two cats, and one husband. Which, it turns out, is exactly as a much as she can handle.


Giveaway: 



Now, and for the first time in this blog, we have an international giveaway. It’s very simple to win the ebook copy of Open Minds, all you have to do is follow the rules stated above:

Rules:
* Follow the blog
* One entry by email
* Prize:  an ebook of Open Minds
* Open WORLDWIDE (everyone can enter)
* One Winner will be chosen randomly on March 10th on random.org.
* If you post the Giveaway on Facebook or Twitter (or both) you have a double entry.



[Porto Editora]Novidade "A Filha do Papa", de Luís Miguel Rocha


Título: A Filha do Papa
Autor: Luís Miguel Rocha
Págs.: 432
Capa: mole com badanas
PVP: 17,70 €


SINOPSE
Será o antissemitismo a verdadeira razão para o Papa Pio XII não ter sido beatificado?
Quando Niklas, um jovem padre, é raptado, ninguém imagina que esse acontecimento é apenas o início de uma grande conspiração que tem como objetivo acabar com um dos segredos mais bem guardados do Vaticano – a filha do Papa Pio XII. Rafael, um agente da Santa Sé fiel à sua Igreja e à sua fé, tem como missão descobrir quem se esconde por detrás de todos os crimes que se sucedem e evitar a todo o custo que algo aconteça à filha do Papa. Conseguirá Rafael ser uma vez mais bem-sucedido? Ou desta vez a Igreja Católica não será poupada?


DIGRESSÃO NACIONAL
À semelhança do que aconteceu com A Mentira Sagrada, A Filha do Papa vai ser divulgado em digressão nacional.
O lançamento do livro está já agendado para o ciclo literário Porto de Encontro, no Porto, a 17 de março. Haverá lugar, também, a uma apresentação em Lisboa e a sessões em dezenas de cidades do país.
A Porto Editora anunciará oportunamente todos os pormenores relativos a esta digressão.


O AUTOR
Luís Miguel Rocha nasceu em 1976 na cidade do Porto, onde mora depois de ter residido dois anos em Londres. Foi repórter de imagem, tradutor e guionista. Atualmente, dedica-se em exclusivo à escrita.
A Filha do Papa é o seu sexto livro, depois de Um País Encantado (2005), O Último Papa (2006), Bala Santa (2007), A Virgem (2009) e A Mentira Sagrada (2011).
As suas obras estão publicadas em mais de 30 países e foi o primeiro autor português a entrar para o top do The New York Times. O Último Papa, bestseller internacional, vendeu mais de meio milhão de exemplares em todo o mundo.


OPINIÕES
LMR tem um dom para arquitectar histórias fascinantes e criar personagens vivas, que se destacam das páginas e nos arrastam com elas a uma velocidade vertiginosa pelas ruas de Roma e os meandros do Vaticano. Nenhum pormenor é deixado ao acaso: a escrita é cuidada, a trama complexa e o ritmo viciante.
Tânia Ganho, escritora

Luís Miguel Rocha sabe tudo sobre Papas.
Jô Soares, humorista

Luís Miguel Rocha pega-nos pela mão e leva-nos numa viagem alucinante pelos meandros da Igreja e seus mistérios com uma escrita cativante e uma história envolvente que a cada página nos deixa a desejar mais e mais!
Paula Neves, atriz

Há duas coisas que não posso ter em casa: chocolates e livros novos do Luís Miguel Rocha. Que vício! Aperte o cinto e agarre-se, ele está de regresso!
Diogo Beja, locutor de rádio

[Civilização] Novidade "Como Tudo Começou",de Penelope Lively


Título: Como Tudo Começou
Autor: Penelope Lively
Páginas: 264 
PVP: 16,50 €
Lançamento: Fevereiro de 2013


Sinopse: Quando Charlotte é assaltada e fratura a anca, a sua filha Rose não pode acompanhar o patrão, Lord Peters, a Manchester, por isso a sobrinha dele, Marion, tem de ir no seu lugar; Marion envia ao amante uma mensagem escrita que é intercetada pela mulher… e isto é apenas o início de uma cadeia de acontecimentos que irão alterar várias vidas.
Neste romance sedutor, absorvente e escrito de forma brilhante, Penelope Lively mostra-nos como um simples acontecimento acidental pode significar a destruição e salvação de um casamento, uma oportunidade que aparece e depois desaparece, o encontro entre dois amantes que de outra forma nunca se teriam conhecido e a mudança irrevogável de várias vidas. Divertido, humano, comovente e astucioso, Como Tudo Começou é um trabalho brilhante de uma autora que está no seu melhor.


Autor: Penelope Lively cresceu no Egito e aos 12 anos mudou-se para Inglaterra, onde se licenciou em História. Pertence ao Conselho Diretivo da Royal Society of Literature e é membro da PEN e da Society of Authors. Uma prolífica autora de romances e de coletâneas de contos para crianças e adultos, foi nomeada duas vezes para o Prémio Booker e à terceira conquistou-o com Anel de Areia. Escreveu guiões para rádio e televisão e apresentou um programa de literatura infantil na BBC Rádio 4. É ainda uma escritora de livros infantis e ganhou a Carnegie Medal (que premeia novos romances infantis ou juvenis) e o Whitbread Award.
A sua escrita é muito influenciada pelas grandes mudanças sociais do século XX no Reino Unido.
Mais informações sobre a autora em http://www.penelopelively.net

[Casa das Letras] Novidade "Da Horta Para A Mesa – Boa Comida, Boa Vida",de Cláudia Sousa Villax


Titulo: Da Horta Para A Mesa – Boa Comida, Boa Vida
Autor: Cláudia Sousa Villax
PVP: 16,90€
N. Páginas: 240


Receitas simples e deliciosas com legumes da estação
.

Sinopse: Da Horta para a Mesa - Boa Comida, Boa Vida é uma iniciação ao prazer de cultivar, colher e cozinhar os nossos próprios legumes. Um livro que nos aproxima da terra e da natureza e que nos mostra como os ingredientes naturais requerem pouco esforço para serem transformados em pratos frescos, saborosos e autênticos.
Encontramos aqui dicas de como cultivar uma horta biológica de verão, ideias para tirar o máximo partido dos legumes, receitas simples, leves e deliciosas preparadas com os produtos da estação e perfeitas para os dias mais quentes.
Este livro surge de um projecto em que envolve uma pequena comunidade junto de Marvão,  onde desenvolveram uma horta comunitária com a venda dos produtos biológicos aos amigos e vizinhos. A família da Cláudia Villax pouco ou nada sabia sobre o trabalho de campo e foram os “residentes mais idosos” que ensinaram tudo, desde a poda as árvores, as plantação dos legumes e colheitas dos mesmos. Por sua vez, a aurora com a sua experiência de trabalho encontrou formas de promover a zona e dar a conhecer os produtos da região.


Autor: Cláudia Villax trabalhou para jornais económicos e revistas de lazer e, em 2003, foi convidada para fazer parte da equipa fundadora de um projeto inovador, as revistas Blue - Living, Travel e mais tarde Cooking. Quatro anos mais tarde, incentivada pela paixão de ser mãe e juntamente com dois amigos, lança a Giggle, um projeto direcionado aos mais novos: a primeira revista portuguesa online para o segmento infantil e familiar. Em 2009 cria a imagem e lança a marca de um chef português. Depois desta experiência passa a dedicar-se às suas grandes paixões de sempre: família, comida, criatividade e design.
Atualmente dedica-se à produção do azeite biológico «Azeitona Verde» com o seu marido e gere a sua marca Food, People & Design onde cria conceitos para livros de culinária. Com sete livros concretizados, Da Horta para a Mesa - Boa Comida, Boa Vida é o seu primeiro livro como autora.

Review: Waking Up Married, by Mira Lyn Kelly


Title: Waking Up Married
Author: Mira Lyn Kelly
Format: Ebook


Synopsis: Her first thought: "Who are you?"
It's the morning after her cousin's bachelorette party in Vegas and Megan Scott wakes up with the mother of all hangovers. Even worse, she's in a stranger's penthouse having woken up with something else as well - a funny, arrogant, sexy...husband!
Up until now, finding even a boyfriend had seemed impossible - been there, got the broken heart, sworn off men for good. Then a few martinis with Carter...no, Connor Reed and she's gone from first meet to marriage in one night!
Megan wants a lawyer. But Connor's shocking bombshell?
"I don't want a divorce."



Review: I’ve lost count to all of Harlequin books I’ve read so far, so this one ended up not being much of a surprise to me. It is a light romance, about a story that takes place in a luxurious house, with many funny and hurtful moments.
Although I expected anything, what surprised me was finding a strong female protagonist, with strong ideas, as a woman who was not enchanted by the male character, right from the beginning. Their relationship began in a troubled way and so it continued almost until the end of the book, and it was good to see that the author didn’t made the mistake of creating a weak and willingly female character, but someone able to fight for what she believed and strong enough to avoid becoming overwhelmed by the man she loved.
I honestly liked Connor, he’s a man who, despite thinking he could have a relationship without love, suddenly found himself doing and saying the exact things he had never done/said before.
Of course I have to mention the moment when Megan Caro, Connor’s former fiancée, appeared at the party—it definitely was the turning point in the story that almost made me jump off my chair to tighten that woman’s neck.
As for the story, which holds the reader from beginning to end, it maintained the standards that Harlequin has shown so far. It would be great if this book would be published by Portuguese Harlequin.

[5 Sentidos]Novidade "Refletida",de Sylvia Day


Título: Refletida
Autores: Sylvia Day
Tradução: Cláudia Ramos
Págs: 352
Capa: mole com badanas
PVP: 16,60 €


Número 1 nas listas de bestsellers
Depois de Rendida, a 5 Sentidos publica novo êxito de Sylvia Day, Refletida
Sylvia Day tem sido, ao longo dos últimos meses, líder das principais listas de vendas internacionais, graças aos livros da série Crossfire. Depois de Rendida, a 5 Sentidos publica, em Portugal, a 4 de março, o êxito Refletida. Neste tão esperado segundo livro, os leitores continuam a acompanhar a escaldante relação de Eva e Gideon.
As narrativas eróticas da série Crossfire foram descritas como «aventuras excitantes», pela Publishers Weekly, e «maravilhosamente divertidas», pela Booklist.
Sylvia Day é uma autora bestseller do The New York Times e várias vezes finalista do prémio RITA (da Romance Writers of America). Publicou em e-book, com grande sucesso, a trilogia Crossfire, que despertou o interesse das maiores editoras internacionais. Rendida, por exemplo, tem direitos vendidos para mais de trinta países e uma primeira tiragem, só nos Estados Unidos, de um milhão de exemplares.
Desde que foram publicados, os livros desta série têm conseguido, inclusivamente, ultrapassar a trilogia de As Cinquenta Sombras de Grey, nos primeiros lugares dos principais tops de vendas mundiais.


SINOPSE
Gideon Cross: tão bonito e perfeito por fora como atormentado e complicado por dentro. Ele enfeitiçou-me com uma paixão que me arrebatou e me despertou os prazeres mais secretos. Eu não conseguia, nem queria, ficar longe dele. Ele era o meu vício... o meu desejo... era meu. A minha história era tão violenta como a dele, e eu estava igualmente marcada pela vida. Nunca conseguiríamos ficar juntos porque era demasiado doloroso... exceto quando era inacreditavelmente perfeito. Nesses momentos, o desejo e o amor desesperado conduziam-nos a um estado de sublime insanidade. Gideon e eu estávamos a ultrapassar todas as fronteiras e a nossa paixão levar-nos-ia aos limites da doce e arriscada obsessão.


A AUTORA
Sylvia Day é autora bestseller internacional de mais de uma dezena de romances premiados e traduzidos para 38 línguas. Nomeada para Goodreads Choice Award for Best Author, o seu trabalho foi também distinguido como Amazon’s Best of the Year Romance. Sylvia Day foi ainda galardoada com prémios prestigiantes como RT Book Reviews Reviewer’s Choice Award, além de ter sido duas vezes finalista do prestigiado Romance Writers of America.
Mais sobre a autora em: www.sylviaday.com


IMPRENSA
Finalmente – alguém mais sensual do que Christian Grey.
The Wall Street Journal