[SDE]Opinião "Frutos Proibidos",de Sylvia Day

Titulo: Frutos Proibidos
Autor: Sylvia Day


Existem guardiões imortais que protegem os nossos sonhos. Sem sabermos, todos somos presas de obscuros inimigos que se alimentam dos nossos receios mais profundos. O capitão Aidan Cross é um desses guardiões e chega no crepúsculo, entre o sono e a consciência, para satisfazer os desejos mais secretos de Lyssa Bates. Quando se encontram nos sonhos, ela sente que nunca experienciou tal êxtase, rendida ao homem cujos enigmáticos olhos azuis prometem tentações e prazeres. Mas este estranho, este amante e sedutor imortal, não passa de um fantasma nas suas fantasias noturnas… até ao momento em que aparece à sua porta, em carne e osso. Lyssa nada mais deseja do que entregar-se a ele, mas um grave perigo rodeia o capitão Aidan Cross. Ele encontra-se numa missão secreta e a paixão carnal que os consume a ambos poderá ter pesadas consequências para o mundo dos sonhos… e, mais grave, para o mundo real.



Depois da leitura dos três livros já publicados da serie Crossfire, escrita por Sylvia Day, muita era a curiosidade acerca deste livro. Sylvia Day é uma autora com um currículo extenso de romances e que nos tem habituado a uma grande qualidade nas suas histórias e, por isso, este era um livro que não poderia deixar de ler.
Em relação a este livro, confesso que quando li a sinopse fiz relação com alguns livros de Sherrilyn Kenyon. A temática dos “Dream-Hunters” está já tão entranhada em mim que pensei logo nesses seres poderosos, que vagueiam pelos nossos sonhos. É verdade que não me enganei muito, mas as semelhanças terminam aí. A historia pareceu-me sólida e com personagens bem introduzidas nos seus papéis, a única coisa que posso criticar negativamente é que a autora focou-se mais no conteúdo erótico do que na historia em si. Esse pequeno detalhe acabou por me deixar um pouco triste, pois ela tinha um enredo fantástico que poderia ter sido ainda mais desenvolvido e com isso poderia ter criado um livro ainda mais fantástico. Gostei muito das personagens principais, Aidan e Lyssa foram um casal muito interessante, apesar de muitas vezes me apetecer bater com a cabeça na parede por causa da protagonista feminina. Perdi a conta das vezes que ela teve dúvidas acerca do que se estava a passar e queria colocar questões, mas sempre que Aidan se aproximava ela parecia esquecer tudo o resto e acabava por se envolver sexualmente com ele. Não sei como explicar, mas todas estas situações acabaram por minimizar as partes boas da história. Mas, fazendo em avaliação total do livro, gostei do que li e acabei por “devorá-lo” em poucas horas. Foi uma óptima leitura, numa altura em que me sentia um pouco cansada devia ao stress do meu dia-a-dia.
No futuro, espero ler o segundo livro, que focará o romance entre o melhor amigo de Aidan e a melhor amiga de Lyssa. Connor e Stacey pareceram-me duas personagens muito intrigantes e por isso acredito que irá ser mais um livro de sucesso. Nesse livro irá também continuar a saga iniciada neste “Frutos Proibidos”. Espero não ter de esperar muito tempo por esta continuação! 

5 comentários:

  1. Fiquei curiosa, mas não é estranho que o protagonista também se chame Cross?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um bocadinho, mas a verdade é que não têm nada a ver um com o outro^^
      Boas leituras e votos de um feliz natal :)

      Eliminar
  2. Olá, tudo bem?
    Acredita que nunca li nada da Sylvia Day? Sempre escuto comentários positivos em relação a eles, mas nunca tive oportunidade!
    Espero conseguir logo logo, pois fiquei empolgada! (:

    Beijos,
    Leitora Online

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,boa tarde!
      Espero que leia um livro da autora em breve, eu gosto muito dos seus livros. :) Estou sempre ansiosa que eles sejam publicados.

      Beijinhos e um feliz natal

      Eliminar