[Planeta]Opinião "Pede-me o Que Quiseres",de Megan Maxwell

Titulo: Pede-me O Que Quiseres
Autor: Megan Maxwell
  

Após a morte do pai, o prestigiado empresário alemão Eric Zimmerman decide viajar até Espanha para supervisionar as filiais da empresa Müller. Nos escritórios centrais de Madrid conhece Judith, uma jovem inteligente e simpática, por quem se enamora de imediato. Judith sucumbe à atracção que o alemão exerce sobre ela e aceita tomar parte nos seus jogos sexuais, repletos de fantasias e erotismo. Com ele aprenderá que todos temos dentro um voyeur, e que as pessoas se dividem em submissos e dominantes…
Mas o tempo passa, a relação intensifica-se e Eric começa a temer que o seu segredo seja descoberto, algo que poderia ditar o princípio do fim de uma relação.



Mas já acabou? Já acabou mesmo? Não quero acreditar! Quero mais…
É verdade que no início este livro me parecia mais do mesmo! Com uma linguagem que me chegou a parecer até um pouco infantil, mas que ao longo da leitura tudo se foi enquadrando de uma forma quase perfeita e não pude deixar de lado este livro até o seu término. São tantos os livros deste género que estão nas nossas livrarias que tenho algum cuidado na escolha daqueles que leio, mas claro que há excepções á regra e este livro é uma delas. Deliciosamente sensual e com uma dose pornográfica q.b., a verdade é que apesar do assunto tratado ser considerado um pouco chocante, tudo me pareceu tratado com o maior respeito e consideração para com os leitores mais sensíveis. O enredo não trás nada de novo! É o romance típico entre um homem excepcionalmente rico e uma mulher da classe trabalhadora que se envolvem numa relação dominador/submissa. Apesar de não encontrar nenhum traço "gritante" de BDSM, Eric mostra-se muito controlador perante Jud e ela, apesar de ser muito “respondona” e à primeira vista não lhe fazer todas as vontades, ela acaba por se ver muitas vezes subjugada às vontades dele, mesmo quando minutos antes jurava que não o faria. Mas gostei muito de Eric, são muitos os seus defeitos e definitivamente não se encontra dentro dos perfis ideais do homem que quero para a minha vida, mas ele tem algo especial que nos faz sonhar com ele. Não sei se é o seu charme quando entra em algum sítio e deixa toda a gente a suspirar, ou da delicadeza com que trata a mulher que ama. Apenas posso dizer que gostei dele mesmo com a frieza com que às vezes presenteia aqueles que mais ama. Cheguei a gostar mais dele do que de Jud. Ela desempenha bem o seu papel e concordo com a ideia de ser o par ideal para ele, só acho que as suas acções deveriam transparecer a mulher madura que é e não a de uma adolescente que acabou de iniciar o seu primeiro trabalho. A última cena do livro deixou-me um pouco triste e acho mesmo que está um pouco exagerada, apesar de ter adorado quando Jud enfrentou a sua chefe, aquela mulherzinha estava mesmo a precisar que lhe dissessem das boas.
Agora, estou muito curiosa com o segundo livro! A forma como este terminou faz-me pensar nas possibilidades daquilo que irá acontecer a seguir. Há tanta coisa ainda por descobrir, tantos detalhes que ainda permanecem secretos, que agora que dei por finda a leitura tenho muita vontade de descobrir. Acredito que Betta e Marisa irão continuar a fazer das suas e que outra personagem chave será o sobrinho de Eric. Espero que a Planeta não nos faça esperar muito pela continuação! Esperarei ansiosamente…

2 comentários:

  1. Boa noite, também já li o livro e no inicio também pensei o mesmo que seria igual aos outros,mas depois ficou me a saber a pouco,agora guardo ansiosa pelo segundo e depois pelo terceiro.Pelo que ouvi dizer o proximo sairá entre Janeiro e Fevereiro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marisa, fico tão contente por ter pensado o mesmo! Janeiro ou Fevereiro? Boa!!! :D Estou ansiosa *.*

      Eliminar