[Porto Editora]Novidade "A liberdade de pátio",de Mário de Carvalho

Título: A liberdade de pátio
Autor: Mário de Carvalho
Págs.: 104
PVP: 13,30 €

A liberdade de pátio será apresentado no festival literário Escritaria
Após O Varandim seguido de Ocaso em Carvangel, considerado pela crítica um dos melhores livros de 2012, a Porto Editora lança A liberdade de pátio, o novo livro de Mário de Carvalho. Nas livrarias a partir do dia 27 de setembro, esta novidade vai ser apresentada no início de outubro no festival literário Escritaria, onde Mário de Carvalho será o escritor homenageado.
As paixões, a resignação, a angústia ou a melancolia são alguns dos temas destas histórias que decorrem em universos diversos, a que o autor já nos habituou, sempre numa linguagem cuidada, sarcástica, rica e cortante.
O festival Escritaria decorre nos dias 4, 5 e 6 de outubro, em Penafiel. Brevemente serão anunciadas novas sessões de apresentação deste livro. 


Um homem é incumbido de transportar uma estranha caixa contendo uma cabeça. Um excelso professor vê-se condenado a passar o resto dos seus dias numa prisão deveras invulgar. A história por detrás da internacionalização de uma das maravilhas culinárias de Portugal. Quatro professores reformados que o destino uniu num jardim municipal decidem aliar as suas bibliotecas. Um frequentador assíduo do metro calha em faltar com a sua palavra, despertando a indignação de um dos funcionários. Um comandante da Marinha incapaz de aceitar um não. As memórias da iniciação sexual de um jovem, num tempo em que os tios tomavam a seu cargo essa tarefa. Sete contos. Sete histórias que representam a multiplicidade de registos na escrita inigualável de Mário de Carvalho.


Mário de Carvalho nasceu em Lisboa em 1944. O seu primeiro livro, Contos da Sétima Esfera, causou surpresa pelo inesperado da abordagem ficcional e pela peculiar atmosfera, entre o maravilhoso e o fantástico. Desde então, tem praticado diversos géneros literários, percorrendo várias épocas e ambientes, sempre em edições sucessivas. Nas diversas modalidades de Romance, Conto e Teatro, foram atribuídos a Mário de Carvalho os prémios literários portugueses mais prestigiados (designadamente os Grandes Prémios de Romance, Conto e Teatro da APE, o prémio do Pen Clube e o prémio internacional Pégaso). Os seus livros encontram-se traduzidos em várias línguas.


A liberdade de pátio é composto por sete contos carregados de ironia, barroco, insinuações, dissimulação e até melancolia.
Francisco José Viegas

Mário de Carvalho é um excelente observador da realidade portuguesa e um contador estimulante das histórias que fazem o dia a dia de muitos de nós. Neste livro deixa-nos sete histórias diferentes que acabam por ser viagens certeiras e irónicas ao mundo e a todos os que por aqui vão tentando sobreviver.
Jornal de Negócios

Um irónico e por vezes divertido olhar sobre a sociedade em que vivemos. Cheio de metáforas e entrelinhas.
Jornal de Letras

0 comentários:

Enviar um comentário