[Planeta]Opinião "Um Desastre Maravilhoso",de Jamie McGuire

Titulo: Um Desastre Maravilhoso
Autor: Jamie McGuire


A Boa Rapariga: Abby Abernathy não bebe, não pragueja e trabalha muito. Está enterrada no nefasto passado, mas, quando entra no colégio, os seus sonhos de um novo começo sofrem um desafio numa noite.
O Mau Rapaz: Travis Maddox, sensual, atlético e coberto de tatuagens é exactamente o que Abby precisa – e quer – evitar. Ele passa as noites a ganhar dinheiro num clube de combate e os dias no colégio Lothario.
Desastre Iminente?... Intrigado pela resistência de Abby ao seu charme, Travis entra na sua vida por uma aposta. Se perder, deverá viver em celibato durante um mês. Se Abby perder, terá de viver no apartamento de Travis por um período semelhante.
…Ou o Princípio de Algo Maravilhoso? Travis não faz ideia de que encontrou uma parceira de jogo à altura. Ou será o princípio de uma relação obsessiva que irá conduzi-los a um território inimaginável…




Mas o que é que se passou comigo? Ainda me encontro um pouco anestesiada por esta história, apesar de já terem passado alguns dias desde que terminei a leitura. Em apenas um dia, ou melhor, em poucas horas devorei este livro e anseio pelo momento de poder ler o segundo volume.
Jamie McGuire criou uma trama envolvente, que nos vai tirando o folgo ao longo das suas páginas e que no final nos deixa desejosos por mais. A verdade é que todos os sentimentos suscitados durante a leitura deste livro me deixaram um pouco surpreendida. Não pensei que fosse gostar tanto, apesar de conhecer o sucesso que esta história estava a ter no estrangeiro. É, de facto, um livro fantástico que através da ficção nos mostra o verdadeiro valor da amizade!
Em relação às personagens, creio não ter muito a apontar. Todas têm uma missão determinante na história e nenhuma é deixada ao acaso. Gostei principalmente da família Maddox e da forma como integraram Abby na família e gostei ainda mais de saber que cada irmão irá ter direito ao seu próprio livro (Que noticia boa!!!!)…Claro que Travis será sempre Travis! Apesar das muitas vezes que tive vontade de lhe dar um estalo, foi uma personagem que entrou irremediavelmente no meu coração. Confesso mesmo que me fez lembrar uma pessoa que conheço e, talvez por isso, tenha gostado tanto dele. Ele comete tantos erros ao longo do livro que apenas o consigo classificar como humano…apesar de não gostar de alguns comportamentos que ele teve. Abby, que também tinha um passado um pouco complicado, acabou por se ver arrastada por um mar de sensações, do qual nunca conseguiu escapar. Apesar das dificuldades, ela mostrou-se sempre fiel, amiga e lutadora, mesmo com aqueles que não mereciam o seu respeito. Só tive pena de America e Shepley, sendo ela a melhor amiga de Abby e ele primo de Travis, viram a sua relação ser várias vezes abalada devido às acções erradas de Travis. Foi bonito de ver a amizade de Abby e de America, tal como a de Travis e Shepley. No final, que tudo acabou por se ultrapassar e fortalecer mais ainda aquilo que os ligava.
Penso que não vale a pena dizer mais nada, pois acho que está explicito o quanto gostei desta história. O último recado que quero deixar é para lerem este livro. Acredito que não se irão arrepender. Eu apenas me arrependo de uma coisa: ter esperado tanto tempo para iniciar esta leitura.

1 comentário:

  1. Eu adorei o livro, ele é maravilhoso! Não iria querer um Travis pra mim, muita confusão para uma pessoa só, mas o livro é ÓTIMO

    Pah
    dicalivros.blogspot.com

    ResponderEliminar