[Casa das Letras]Opinião "Na Sombra do Perigo",de J.R. Ward

Titulo: Na Sombra do Perigo
Autor: J.R. Ward



Payne, irmã gémea de Vishous, em muito se assemelha ao irmão. Lutadora por natureza e rebelde no que diz respeito ao papel tradicional das fêmeas Escolhidas, o Outro Lado não é lugar para ela... e a frente de batalha da guerra também não. Quando fica paralisada na sequência de uma lesão em combate, um cirurgião humano, o doutor Manuel Manello, é chamado para a curar de um modo que só ele é capaz - e em breve se vê arrastado para o mundo secreto e perigoso da fêmea. Embora nunca tivesse acreditado que a noite encerra coisas estranhas - como vampiros - dá consigo mais do que pronto a deixar-se seduzir por aquela fêmea poderosa que o marca de corpo e alma. O mundo humano e vampiro chocam à medida que os dois amantes se veem ligados por muito mais do que uma simples atração erótica... e Payne é surpreendida por uma vingança com séculos que coloca em risco a sua vida e o seu amor.



Esta série já vai longa, mas nem por isso a qualidade diminuiu. J.R. Ward tem conseguido manter a história sem grandes erros temporais e com enredos que nos prendem de uma forma surpreendente. A verdade é que este era, para mim, um dos livros mais desejados e o qual não me deixou nada desapontada.
Depois de termos descoberto que Vishous tinha uma irmã gémea, o mistério aumentou. Quem seria esta mulher? Que papel iria ter ela na história? Qual seria o homem escolhido para ser seu par? Estas e muitas outras perguntas foram feitas e o resultado acabou por ser ainda mais fabuloso que o esperado.
Não há dúvida que os pequenos detalhes da trama embelezaram todo o conteúdo e temos como exemplo a continuação do romance entre Qhuinn e Blay, que mais uma vez despertam a atenção do leitor, mas que ainda não tem uma resolução para o seu dilema. O amor entre os dois parece-me cada vez mais fortalecido, mas devido ao orgulho e até alguma teimosia, parece difícil de ser finalmente concretizado. Em relação aos protagonistas deste livro, a forma como a autora apresentou Payne neste livro foi deveras apropriada. Fazendo justiça à sua linhagem, ela apresenta-se como uma lutadora, nunca desistindo daqueles que ama e até sacrificando-se a si própria e aos seus sentimentos. Perdi a conta das vezes que me senti um pouco furiosa com a personagem pelas suas decisões, mas apenas por conhecer a força e resolução de Manello em ficar com ela. No seu lugar, e não conhecendo o que pensava a outra parte, penso que faria as mesmas escolhas que ela fez. O protagonista masculino foi sempre muito especial para mim, desde a primeira vez que foi inserido na serie havia algo nele que me chamava a atenção. Talvez um pouco como Butch, algo na forma como era descrito ou até mesmo inserido em determinadas cenas, mostrava que ele ainda tinha muito para dar à trama. Mais uma vez não me enganei. Manello mostra, neste livro, aquilo que realmente é capaz e tem finalmente o seu final feliz com uma mulher muito especial e que parece ser feita à sua medida. No seu todo, esta é uma relação bombástica e que no final nos deixa com uma enorme sensação de surpresa e com aquela frase “Como é que eu não previ isto?” na mente.
O que este livro tem também de especial é a introdução de personagens da serie “Anjos Caídos” da mesma autora. Ward, que sempre se mostrou ousada com os seus enredos, quebrou todas as regras ao misturar as duas series e iniciar neste livro a acção que irá desencadear os acontecimentos no terceiro livro da serie mencionada. O título desse livro é “Inveja” e é mais um sucesso lançado pela autora.
Agora resta esperar pelo próximo livro, que contará a história de Tohrment! Um livro que acredito será cheio de emoções fortes e que não irá desiludir os fans da Irmandade da Adaga Negra.

0 comentários:

Enviar um comentário