[SDE]Opinião "A Voz",de Anne Bishop

Titulo: A Voz
Autor: Anne Bishop



Uma obra original da autora da Trilogia das Jóias Negras, escritora consagrada nos tops do New York Times. Uma novela pertencente ao mundo Efémera.
Numa aldeia vizinha da cidade de Visão ninguém conhece o sabor da mágoa e da angústia, mas essa comunidade, aparentemente idílica, esconde um segredo tenebroso. Quando era pequena, Nalah não percebia porque a mandavam levar um bolo à menina muda a quem chamavam «A Voz» sempre que se sentia mal. Sabia apenas que isso a ajudava a melhorar. Já crescida, desvenda esse mistério e anseia por fugir da aldeia opressiva onde sempre viveu. Só depois de visitar a cidade de Visão e de conhecer o Templo das Mágoas, compreende o que tem de fazer para se libertar…



Adorei este pequeno livro, que de pequeno só tem mesmo o tamanho e, todas as palavras que poderia usar para qualificar esta obra vêm-me à mente: simples e profundo!
A história é em tudo semelhante às anteriores da autora, mas ter uma linguagem um pouco mais jovem. Apesar disso tem todo o mérito para se juntar aos restantes bestsellers da autora. Confesso que ainda não li os anteriores livros do Mundo de Ephemera, e talvez por isso me tenha surpreendido com a sua leve escrita, mas esta leitura aguçou-me a curiosidade e espero adquiri-los em breve.
Tem uma história que merece ser lida e que também merecia ser bem desenvolvida. Fiquei muito curiosa acerca dos destinos das duas outras amigas de Nalah. O livro foca também um aspecto importante, que no livro se encontra um pouco fantasioso. Refiro-me à maneira como as pessoas se libertavam dos problemas fazendo os bolos azedos e oferecendo-os à Voz para que ela os comesse. A verdade é que fazemos um pouco do que é aqui retratado, ou seja, muitas vezes estamos cheios de problemas e acabamos por descarrega-los em cima de pessoas mais fracas e que não têm culpa da situação difícil que atravessamos. O resto da história é também uma lição de coragem à qual todos devemos dar atenção. É pela forma como a autora nos vai deixando todas estas mensagens que adoro as suas obras. Anne Bishop tem um método muito próprio de deixar um pouco de si mesma nos seus livros e fazer-nos “acordar” um pouco para a realidade em que se vive.
Um pequeno conto que os amantes de Bishop não podem perder! 

0 comentários:

Enviar um comentário