[Clube do Autor]Novidade "O Livro do Anjo",de Alfredo Colitto

Titulo: O Livro do Anjo
Autor: Alfredo Colitto
Tradução: Maria Irene Bigotte de Carvalho
PVP: 17,00 €
N. Páginas: 296



1313. A cidade de Veneza fervilha com os preparativos para a festa da Ascensão até que a maré alta traz à porta da Basílica de São Marcos os cadáveres de três crianças cristãs que haviam sido crucificadas. Um crime tão hediondo tem de ser expiado sem demoras. Eleazar de Worms, judeu, é acusado do homicídio e acaba por morrer na prisão. Na cela onde foi encarcerado, Eleazar deixa escrita uma misteriosa frase em latim. Porque a terá escrito com o seu próprio sangue? Qual o seu significado?
Afinal, a macabra descoberta pode ter ligação com o Sefer-ha-Razim, o Livro dos Mistérios que, segundo a lenda, foi ditado pelo anjo Raziel a Noé que, por sua vez, o terá transcrito numa pequena «tábua» de safira. Mondino de Liuzzi, médico anatomista, parte para Veneza na tentativa de ilibar o judeu. Quando este morre, Liuzzi decide continuar a investigar. O médico rapidamente percebe que terá de lutar contra os mais poderosos da cidade ao mesmo tempo que se encontra frente a frente com a mulher que ama e com aquela que amou no passado — e talvez ainda ame. Sendo ele próprio perseguido, conta com a ajuda do seu amigo Gerardo para chegar à verdade. O jovem, outrora membro da Ordem dos Templários, tem também uma missão: pôr a salvo o precioso mapa de Lamberto de Saint-Omer, que indica o caminho para as Terras Austrais, para lá do oceano. Mondino, desafiando o poder de Veneza e arriscando a própria vida, terá de descobrir o enigma de uma antiga linhagem de guardiães que remonta aos tempos do dilúvio, numa história de intriga, mistérios e morte.



Além de escritor, Alfredo Colitto é tradutor e professor de escrita criativa. Ficou conhecido do grande público sobretudo pelos seus thrillers históricos que têm como protagonista o médico Mondino de Liuzzi: Cuore di Ferro (finalista do Prémio Salgari), I discepoli del fuoco (que venceu o prémio Franco Fedeli e o Prémio Mediterraneo del Giallo e del Noir) e O Livro do Anjo, distinguido com o Prémio Azzeccagarbugli 2011, que elege o melhor romance policial do ano em Itália. Os direitos dos seus livros foram vendidos para 21 países, entre os quais a Inglaterra, a França, o Canadá e o Brasil.




«Um thriller perfeito.» 
La Reppublica

«Colitto é um autor vivo e sanguíneo que não aprecia as tramas anémicas ou a narrativa débil, em que tanto se fala e nunca nada acontece.»
Corriere della Sera

«Um fresco magistral, pleno de intriga e de sentimento.» 
Marcello Simoni

«Colitto faz-nos viver e respirar a história.»
Don Winslow


«Colitto conquistou os leitores com os seus romances históricos.»
Thriller Magazine

O que dizem os leitores internacionais…
Muito mais do que um thriller, muito mais do que um romance histórico
Estou fascinado com o carisma e a inteligência de Mondino de Liuzzi
Lê-se como se fôssemos o protagonista
Veneza na época dos Doges e Mondino de Liuzzi: uma combinação vencedora
Um belo romance
Descrições precisas e detalhadas do tempo, ambientes e costumes
Excelente reconstrução histórica

0 comentários:

Enviar um comentário