[Planeta]Novidades Maio 2013


Titulo: Traída Pelo Destino
Autor: Emma Wildes
N. Páginas: 300
PVP: 17,76 €
Lançamento: 16 de Maio



Na sociedade do período da Regência, espera-se que as mulheres casem jovens, governem a casa e sejam vistas, não ouvidas. Mas, por outro lado, estas senhoras dificilmente fazem o que se espera delas… Lady Lillian Bourne não se pode dar ao luxo de se envolver noutro escândalo.
Ao reentrar na sociedade, após a fuga desastrosa de que foi protagonista quatro anos antes, não tem alternativa senão ser a própria imagem do decoro. Mas está convencida de que o destino está a conspirar contra ela, quando, durante uma festa, dá consigo fechada à chave numa biblioteca com um desconhecido enigmático. Seria o fim, se caísse em desgraça uma segunda vez... Após os anos que passou em Espanha como espião, Lorde Damien Northfield considera Londres um pouco entediante, até ao seu encontro inesperado com a encantadora, mas mal-afamada, Lily. Após a contrariedade por que passaram, não pode deixar de desejar que o interlúdio com ela tivesse sido tudo menos inocente. E quando é contratado para investigar um esquema de chantagem e homicídio que envolve algumas das famílias mais ilustres de Inglaterra, fica radiante ao descobrir que o destino a voltou a colocar no seu caminho, e que ela pode ser a chave para apanhar um assassino implacável…


Emma Wildes cresceu a devorar livros e a escrita nasceu naturalmente. A autora costuma dizer que adora escrever porque adora ler. Estudou na Universidade de Illinois é e licenciada em Geologia.Vive em Indiana com o marido e três filhos. Foi a autora n.º 1 do Fictionwise, WisRWA Reader’s Choice Award, vencedora na categoria de Romance Histórico em 2006, do Lories Best Published, e em 2007 vencedora do Eppie para o melhor romance erótico.
Descubra mais sobre a autora no seu sítio na internet: www.emawildes.com


Titulo: Sonhos Esquecidos
Autor: Josephine Angelini
N. Páginas: 368
PVP: 17,76 €
Lançamento: 16 de Maio


O verdadeiro amor pode ser esquecido? Helena Hamilton é o único Rebento que consegue descer ao Mundo dos Mortos e enfrenta uma tarefa quase impossível.
Durante a noite vagueia pelo Hades, para tentar deter o ciclo infindável de vingança que amaldiçoou a família. Durante o dia esforça-se por superar a fadiga que lhe consome com rapidez a saúde mental. Sem Lucas a seu lado, Helena não tem a certeza de possuir forças para continuar. Quando está prestes a atingir o ponto de ruptura, um novo Rebento vem protegê-la dos perigos do Mundo dos Mortos. Mas o tempo está a esgotar-se, um inimigo implacável conspira contra eles e as Fúrias clamam por sangue. Quando o mundo grego antigo colide com o mundo mortal, a vida protegida de Helena em Nantucket desliza para o caos. Mas a tarefa mais difícil será esquecer Lucas Delos.


Nasceu no Massachusetts e é a mais nova de oito irmãos. Filha de um verdadeiro agricultor, Josie formou-se na Tish School de artes cénicas da Universidade de Nova Iorque, especializando-se nos clássicos. Vive em Los Angeles com o marido guionista… e ainda sabe conduzir um tractor.


 Titulo: A Mulher Que Mergulhou No Coração Do Mundo
Autor: Sabina Berman
N. Páginas: 256
PVP: 17,76 €
Lançamento: 16 de Maio



Escrito na primeira pessoa, este romance valoriza a diferença e a ecologia, resultando numa emotiva alegação contra a captura indiscriminada de atuns.
Quando Isabelle acordou na sua rede, nas costas do mar de Mazatlán, uma menina selvagem, de cabelo desgrenhado, fitava-a. Uma menina que, graças ao carinho, à firmeza e à obstinação de Isabelle, aprenderá a falar, a ler e a escrever; estudará zoologia na universidade, apesar da suspensão da maior parte das cadeiras, e chegará a ser a maior empresária da pesca de atum do planeta, assim como um dos seres vivos mais estranhos e singulares. Inapta para certos aspectos intelectuais, em outros campos é um autêntico génio, Karen Nieto, disposta a preservar a vida dos oceanos, mergulha entre os atuns do mar e entre os seres humanos da Terra provocando sorrisos e perplexidades. Talvez seja esta a sua virtude mais peculiar: é incapaz de utilizar metáforas ou eufemismos para disfarçar ou ocultar a realidade. Autêntica e surpreendente, Karen parece destinada a ficar muito tempo connosco.


Nasceu na Cidade do México. Tirou dois cursos universitários: Psicologia Clínica e Letras. É dramaturga, escritora, poeta e guionista. A Mulher que Mergulhou no Coração do Mundo é o primeiro romance da autora, e está traduzido em onze idiomas e publicado em 33 países, o que a torna numa das autoras mexicanas de maior projecção deste século e uma das protagonistas da literatura do México.



Titulo: O Suplente
Autor: Rui Zink
PVP: 17,76€
N. Páginas: 320
Lançamento: 16 de Maio


Atenção: este livro NÃO É sobre futebol.
É um livro tocante sobre a dor maior que é a perda de um filho e a acção que isso exerce nos que ficam. É um livro sobre pessoas e o grau de humanidade que nelas habita. Ou não.
Matéria forte. Escrita a sério. À Rui Zink.
O Suplente é um romance com uma carga forte de intervenção cívica que partiu de um caso real – a morte de uma criança atropelada por um automóvel – e que marcou, em Portugal, o surgimento da ACAM – Associação dos Cidadãos Auto-Mobilizados, para lutar pela consciencialização dos automobilistas.
Não se conte por isso a história, para que você leitor/a, tenha um maior prazer ao lê-la. Diremos apenas que se trata de um romance sobre a morte, ou melhor, a perda. Mas assunto tão triste não deixa de nos trazer uma escrita bem-humorada, que tanto fala de uma ida ao futebol como discute a banda sonora de um filme que ainda há pouco vimos.
Se um de nós morre, arranja-se um suplente. Se o suplente morre ou por alguma razão se avaria, arranja-se outro suplente. A humanidade é, por inteiro, descartável. Por vezes a consciência atinge-nos como um raio, ou uma fatalidade. Daí se poderá dizer que este livro nasce. O autor diz que é, até hoje, o seu romance preferido. Ou aquele que mais tenta dar resposta a interrogações pessoais: «a) Como resolver a perda? b) Como sobreviver ao caos? c) O amor salva, sim mas muito ou só um bocadinho? d) Na era do sexo fácil, qual o valor exacto do amor físico? e) Quando estamos em queda livre, há redenção possível? » Há respostas dadas no livro? Há respostas possíveis? Diga quem lê.


Rui Zink nasceu em Lisboa em 1961. É escritor e professor no Departamento de Estudos Portugueses da Universidade Nova de Lisboa. Estreou-se como ficcionista em 1986 e desde então publicou mais de duas dezenas de obras, entre ficção, ensaio, literatura para a infância, BD e teatro. Alguns dos seus livros encontram-se traduzidos para inglês, alemão, hebraico, japonês, romeno, sérvio, croata e francês.
Ficção:
Hotel Lusitano • A realidade agora a cores • Homens Aranhas • Apocalipse Nau • O Suplente • Os Surfistas • Dádiva Divina • A Palavra Mágica • A Espera • O Anibaleitor • O Destino Turístico • O amante é sempre o último a saber• A Instalação do Medo
Não-ficção
O Humor de Bolso de José Vilhena • Literatura Gráfica • A Arte de José Vilhena • Luto pela Felicidade dos Portugueses Com António Jorge Gonçalves: A Arte Suprema • Rei • O Bicho da Sida • O Grupo do Leão • Manuel João Ramos: O Bebé que não gostava de televisão/não sabia quem era/fez uma birra • Major Alverca • Luís Louro: O Halo Casto • Manuel Serrão e Miguel Esteves Cardoso: Os Senhores da Má-Língua • Fernando Aguiar: A Escada de Pedra • Leonor Areal: Pornex – O Livro • Almeida Garrett: Viagens na minha terra (trocadas por miúdos) • Sara Duarte Ferreira: O conto das duas saudades
Visite o site do autor em www.ruizink.com

0 comentários:

Enviar um comentário