[Assírio & Alvim]Novidade "Suicídios Exemplares",de Enrique Vila-Matas


Titulo: Suicídios Exemplares
Autor: Enrique Vila-Matas
Tradução: Miguel de Castro Henriques
N. Páginas: 184
PVP: 12,90 €

Presença na Feira do Livro de Lisboa acompanha publicação de Suicídios Exemplares


No passado mês de abril a Assírio & Alvim publicou História Abreviada da Literatura Portátil e, no próximo dia 22 de maio, lança Suicídios Exemplares, outro dos livros maiores na obra de Enrique Vila-Matas. Neste livro, o suicídio torna-se a saída para as deceções ou ausências nas vidas dos personagens. Contudo, acontece sempre alguma coisa que altera o desfecho esperado. Com narrativas cheias de imaginação, subtileza e inteligência, a obsessão pelo suicídio acaba, paradoxalmente, por afastar a tentação da morte, tornando-se num incentivo para a vida e transformando positivamente a acção dos heróis deste livro.

«Vila-Matas é um prestidigitador digno de Nabokov que organiza um mundo inteiramente feito de textos múltiplos que nos transmitem a ilusão de um texto único. Não um autor mas toda uma Factory em si mesmo. “Acredito que toda a minha obra nasce da impostura.” Vila-Matas, um impostor de génio, como todos os maiores artistas.»
Les Inrockuptibles

No próximo dia 25 de maio, sábado, Enrique Vila-Matas vai estar no Espaço Porto Editora, na Feira do Livro de Lisboa


Enrique Vila-Matas nasceu em Barcelona, em 1948. Aos vinte anos parte para Paris, auto exilado do governo de Franco e à procura de maior liberdade criativa. O apartamento onde se instalou foi-lhe alugado por Marguerite Duras. Durante esses anos subsistiu realizando pequenos trabalhos como jornalista para a revista Fotogramas e chegou mesmo a participar como figurante num filme de James Bond. Com a publicação de História Abreviada da Literatura Portátil começou a ser reconhecido e admirado internacionalmente. As suas obras combinam ensaio, crónica jornalística e novela. A sua literatura, fragmentária e irónica, dilui os limites entre a ficção e a realidade.
Possui uma vasta obra narrativa que se inicia em 1973 e se encontra traduzida para 29 línguas. É um dos maiores escritores espanhóis da actualidade e tem conquistado inúmeros prémios, no seu país e no estrangeiro.

0 comentários:

Enviar um comentário