[Asa]Opinião "O Tempo Entre Nós",de Tamara Ireland Stone


Titulo: O Tempo Entre Nós
Autor: Tamara Ireland Stone



Anna e Bennett nunca deveriam ter-se conhecido. Porque haveria isso de acontecer? Anna é uma jovem de 16 anos em 1995, ferozmente determinada a assegurar uma bolsa de estudo de desporto, para poder sair da sua cidade pacata e enfadonha e finalmente viajar pelo mundo. Bennett tem 17 anos em 2012, vive em São Francisco e tenta controlar a sua capacidade de viajar pelo tempo - um dom incrível mas também uma maldição imprevisível, que constantemente ameaça separá-lo das pessoas que ama. Quando um pequeno erro de cálculo coloca em perigo a sua irmã Brooke, Bennett dá por si a três mil e duzentos quilómetros e dezassete anos de distância - no mundo de Anna. Enquanto procura por Brooke, Bennett é atraído de modo estranho e inevitável para Anna, mas, por mais desesperado que Bennett esteja para ficar com Anna, a sua incontrolável situação irá inevitavelmente mandá-lo de volta ao lugar a que pertence - e Anna ficará sozinha, presa no tempo que os separa.



Este é um livro fantástico, um livro no qual acabei perdida! Perdida no tempo, no espaço e nas páginas que foram rapidamente lidas e que me fizeram sonhar.
Apesar da simplicidade com que é escrito, este livro conta-nos uma história mágica e de uma forma quase poética. Não foi preciso percorrer muito da história para me ver enredada nas teias que a autora foi tecendo de uma forma tão perfeita que me foi deixando cada vez mais fascinada com tudo o que se ia passando. O tema principal de toda a história são as viagens no tempo e no espaço e, apesar da forma um pouco incerta com que o prologo nos é apresentado, logo de seguida somos catapultados para o passado e para aquilo que realmente interessa. É a partir deste momento que o leitor começa a ficar entusiasmado com a historia e quer saber cada vez mais e mais…
Confesso que sempre desconfiei da primeira aparição de Bennett no passado, apesar da dúvida existente ao longo do livro e não saber explicar o que teria acontecido, suspeitei e fiquei satisfeita por ter acertado… Era quase óbvio! Mesmo com toda aquela desconfiança, nenhuma beleza foi retirada do livro.
Quanto às personagens, achei que estavam bem construídas, com descrições correctas que nos faz ter uma imagem certa do papel que irão ter no enredo e que em nada nos decepcionam. Os protagonistas, têm um desenvolvimento claramente positivo ao longo do livro. Apesar da atracção que se sente desde o início, penso que acabam por ter uma relação que não é forçada e que vai crescendo aos poucos, fazendo com que o leitor fique a torcer para que tudo termine bem para todos. Gostei particularmente da parte em que Bennett decidiu mudar a história para ajudar a melhor amiga de Anna, mesmo sabendo o que poderia acontecer caso tudo corresse mal. Ele sabia que mesmo salvando Emma, esta poderia vir a sofrer outro acidente numa outra altura, mesmo assim acabou por fazê-lo. Foi um acto muito bonito. Anna é caracterizada de uma forma muito especial. Ela é uma protagonista muito forte, que aguenta tudo o que Bennett lhe vai contando com uma força incrível. Penso que muitas são as raparigas que gostariam de possuir uma força interior tão grande como a de Anna.
Agora que li este livro fiquei bastante curiosa com o que aí vem. A autora irá lançar ainda este ano um livro no ponto de vista de Bennett e que acredito que seja mais um sucesso, espero que também seja lançado em Portugal. Muitos parabéns à Asa por lançar este livro fantástico.

3 comentários:

  1. Eu já li quase 200 páginas e estou a achar um livro muito tolinho. Esperava algo mais complexo e mais animado. O facto de ser narrado em 1ª pessoa e só conhecermos a visão dela tira-lhe muito do ritmo e piada. Os motivos que o fizeram ir para 1995 pareceram-me tb muito rebuscados (porque usava o dom para ir a concertos de música com a irmã?? rolling my eyes). Mas espero que a coisa leve uma volta e me cative como te cativou a ti.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carla!
      Que pena que nao estejas a gostar, eu adorei o livro e não achei o motivo assim tão mau, afinal não podemos esquecer a idade das personagens. :P
      Mas pronto, cada um tem os seus gostos^^ Fico ainda com a esperança que termines o livro com um sorriso nos labios :)

      Eliminar
    2. Pois é. A questão deve ser mesmo essa. Eu não sou muito de YA. Já li alguns que gostei mas confesso que tb li vários que não. Acho que criei uma expectativa alta acerca deste livro e idealizei algo que não se concretizou. Mas geralmente os livros na reta final melhoram. Vamos ver. :)
      beijinhos

      Eliminar