[Porto Editora]Novidade "Homer & Langley",de E. L. Doctorow


Título: Homer & Langley
Autor: E. L. Doctorow
Tradução: Tânia Ganho
Págs: 176
PVP: 16,60 €


Homer & Langley, «uma obra-prima arrebatadora»
E. L. Doctorow na Porto Editora com romance delirante sobre a América do século XX
Um dos principais romancistas americanos contemporâneos, E. L. Doctorow, estreia-se no catálogo da Porto Editora com Homer & Langley. Segundo a Publishers Weekly, trata-se de uma «obra-prima arrebatadora sobre os eremitas nova-iorquinos, os irmãos Collyer», protagonistas deste romance, inspirados em personagens reais. Este livro chega às livrarias no dia 25 de março.
Homer & Langley retrata a História da América do século XX através dos episódios que vão marcando a vida de dois personagens peculiares, dois irmãos socialmente desajustados que vivem numa mansão na Quinta Avenida. O livro é narrado por Homer, cego mas perspicaz e atento, que, juntamente com Langley, o irmão mais excêntrico, fazem o retrato de uma época.


O LIVRO
Eu sou o Homer, o irmão cego. Não perdi a vista de repente, foi como nos filmes, um lento fade-out.
Homer e Langley Collyer tornaram-se uma lenda tragicómica de Nova Iorque quando foram encontrados soterrados debaixo de toneladas de lixo acumulado na sua mansão, na Quinta Avenida.
Transportados para o mais recente romance de E. L. Doctorow, estes personagens delirantes – Homer, cego e intuitivo, e Langley, abandonado à loucura, ou à genialidade, após servir na Primeira Guerra Mundial – tornam-se os cicerones de uma visita guiada à América do século XX e aos becos sombrios da mente humana.
Uma intensidade narrativa quase hipnótica. Um retrato singular da condição humana.


O AUTOR
E. L. Doctorow nasceu em Nova Iorque, em 1931. Considerado um dos mais talentosos escritores da segunda metade do século XX, é autor de romances que combinam História e crítica social, tendo sido galardoado com vários prémios como o National Book Award, National Book Critics Circle Award, PEN/Faulkner Award (duas vezes), entre outros. Com Billy Bathgate foi também finalista do Pulitzer.
A sua obra está publicada em mais de 32 países e cinco dos seus romances foram adaptados ao cinema.
Doctorow dedica-se à escrita e ao ensino da literatura na Universidade de Nova Iorque.
Página do autor: www.eldoctorow.com


IMPRENSA
Doctorow é um grande alquimista: consegue conciliar o público e o íntimo, os grandes eventos e destinos mais privados. Cada livro seu tem o poder de devolver à História a dignidade literária que outros tentam roubar diariamente.
Juan Gabriel Vásquez

Enquanto Doctorow invoca os espetros da Primeira Guerra Mundial, da Grande Depressão, da Lei Seca, da Guerra Fria, da Coreia, do Vietname, dos assassinatos de John, Bobby e Martin, o leitor experimenta os efeitos desses acontecimentos em Homer. Da guerra fica-lhe a tosse seca e o espírito quebrado; a Lei Seca traz-lhe a amizade com um gangster; os assassinatos, uma enorme preocupação pelos hippies que vivem em sua casa...
The Independent

Uma obra-prima arrebatadora sobre os ermitas nova-iorquinos, os irmãos Collyer […] O mérito de Doctorow está em não comprometer a dignidade de dois irmãos que partilham uma exuberante paisagem construída apenas na imaginação e na inaptidão. É uma façanha de grande visão, delicadeza e destilação.
Publishers Weekly

0 comentários:

Enviar um comentário