[Ellora's Cave]Opinião "Hair of the Dog",de Kelli Scott


Kelli Scott


















Sinopse: When Grant, mayor of Mystic Springs, asks Ivy to run the Mystic Springs resort, she's so thrilled, she accepts the job without so much as visiting the town first. Then she arrives and meets Grant-and her goals change. She got her dream job, and now she wants Grant...preferably at her mercy in the bedroom. Grant's inner animal is desperate to take Ivy. And he's not joking about the "animal" part-Grant and most of the Mystic Springs residents are shifters. The spring is more than a landmark, it's the touchstone that grounds their powers and keeps them on the human side of the shifter spectrum. But the spring is running dry... The townspeople are convinced Ivy is the woman who was prophesied to rejuvenate the spring. Local legend is rife with rumors of sex rites that might help, and Grant's only too happy to give them a go. He just has to convince Ivy that he's the man-er, wolf?-for her.


Opinião: Se há algo que detesto, é ter desilusões com os livros que leio e ultimamente tenho tido um pouco de azar com isso. Este foi mais um livro com o qual fiquei desiludida, contrariando as minhas espectativas e a cotação que tinha no Goodreads.
Olhando a sinopse, o livro tinha tudo para ter uma história bombástica. Romance, sexo, história sobrenatural, transmutações, toda a história me fazia lembrar os Were-Hunters dos livros de Sherrilyn Kenyon e talvez esse tenha sido o meu erro. Cada autor tem a sua identidade própria, nada vale, a nós leitores, fazer comparações entre eles.
Apesar dos aspectos negativos, tenho a apontar que gostei do protagonista masculino e do ambiente que se vivia no Resort Mystic Springs. Ele apresentou-se como um homem íntegro, que apesar da enorme atracção sexual que existia entre ele e Ivy, tentou ao máximo honrar a memória da falecida esposa. Penso que o que acabou por estragar a história foi a forma como Ivy foi apresentada. A primeira imagem que tenho dela é a de uma mulher que sofre de uma patologia grave, uma pessoa completamente desequilibrada que não tem noção acerca daquilo que faz de cada vez que desmaia. Tudo isto poderia ser muito simples, o problema é que ela, assim que desmaia, se torna sonâmbula e que passa o tempo a perseguir Grant e a satisfazer o seu prazer sexual (sozinha ou acompanhada).
Sinceramente, penso que tão cedo não tento ler um livro desta autora. Quem costuma ler as minhas opiniões tem conhecimento que não gosto de dizer mal de um livro, pois a história muda para cada pessoa que o lê, por isso apenas fica o conselho de lerem o livro e tirarem as vossas próprias conclusões. Pode mesmo acontecer adorarem aquilo que eu realmente não gostei.

0 comentários:

Enviar um comentário