[Oficina do Livro]Novidades Janeiro 2013


Titulo: Regina E Marcelo: Um Dueto De Amor
Autor: Ana María Cabrera
PVP :14,90€
N. Páginas: 160
Lançamento: 18 Janeiro

Sinopse: Buenos Aires, 1899.
Com um ramo de rosas vermelhas e brancas começa uma grande história de amor. Ela é Regina Pacini, uma jovem soprano portuguesa; ele é Marcelo T. de Alvear, aristocrata argentino, amante do bel canto.
Desde a primeira vez em que a ouve cantar, Marcelo fica enfeitiçado pela sua voz. Durante anos segue-a pelas salas mais famosas da Europa, inundando-a de flores, presentes e promessas de amor. Por fim, conquista o seu coração – doravante, ela cantará só para ele.
O casamento causou escândalo na sociedade de Buenos Aires, que não concebia que um dos seus solteiros mais cobiçados se casasse com uma artista estrangeira. Mas eles persistiram e viveram um intenso amor, embora permeado de momento amargos.
Quando Marcelo T. de Alvear assume a presidência da nação em 1922, Regina torna-se a primeira-dama da Argentina


Autor: Ana María Cabrera nasceu em Buenos Aires. Estudou Letras e Psicologia, fez uma pós-graduação em Madrid e obteve um mestrado em Letras da UCLA (Universidade da Califórnia).
Foi docente e escreveu inúmeros trabalhos de investigação sobre o tema do género em literatura.
Publicou Felicitas Guerrero, la mujer más hermosa de la República e Cristián Demaría, por los derechos de la mujer. A propósito dos 400 anos da publicação de Dom Quixote, foi convidada por Espanha para apresentar uma dissertação sobre  «La Dignidad de la Mujer», na Casa da América.



Titulo: A Captura de Abdel Karim
Autor: Francisco Serrano
PVP: 15,50€
N. Páginas: 419
Lançamento: 25 Janeiro

Sinopse: Livro baseado numa viagem pelo Norte de África durante o ano de 2011, em plena primavera árabe. Um retrato de revoltas popular que derrubou regimes autoritários e mudou o mapa político do norte de África e o Médio Oriente.
Quatro capítulos. Quatro países:  Argélia, Tunísia, Líbia e Egipto.
É a exploração em jornalismo narrativo de uma região agitada pela convulsão revolucionária.


Autor: Francisco Serrano  Jornalista e colaborador da Oxford Business Group. Entre 2008 e 2010 viveu em Jeddah, Tunes e Casablanca.
Em 2011, viajou de Argel até ao Cairo, em plena primavera árabe, no meio da turbulência política e social. Publicou reportagens sobre a revolução no Egipto, o partido islamita na Tunísia, as primeiras eleições depois da queda de Ben Ali, a guerra na Líbia, e o Egipto pós revolucionário.

0 comentários:

Enviar um comentário