[Palavras Minhas]Metade de mim


Escondo-me! Não quero que me vejas…Podes olhar ou tocar, podes tentar penetrar a dura parede que ergui em volta de mim, mas não me irás conseguir Ver. Quantas vezes me vês a sorrir, quantas vezes me vês a conversar serenamente com alguém, quando na verdade o meu coração chora, grita por um carinho teu, mas cansei de me magoar, cansei de ver-te a partir vezes sem conta. Se calhar até nem te importas, talvez para ti não passe de um passatempo, provavelmente nem te importas tanto com aquilo que sinto nem com a dor que deixas pelo teu caminho…É então que por um segundo desvio o meu olhar e vejo-te! Estás ali tão perto, o teu pequeno sorriso a tranquilizar-me, a mostrar que vale a pena, que estás ali para mim! “Não, não quero, não vás…”,grita o meu coração, “não te magoes mais, pára…”, mas já não o oiço, já não quero saber. Aos poucos vou chegando mais perto de ti e sinto o teu olhar doce, aquela forma singular que só tu tens que me ver, de me tocar e vou-me sentindo um pouco melhor. Estendes-me a tua mão e sem pensar pego nela, deixando-me embalar de seguida pelos teus braços e entendo aquilo que tanto sentia falta. És tu…sempre será metade de mim!

by Ana Luísa Neves


[Matéria Prima Edições]Novidade "A Belinha de Berlim – As Aventuras do Dragãozinho Azu"


Titulo: A Belinha de Berlim – As Aventuras do Dragãozinho Azul
Autor: Paulo Sousa Costa
Genero: Infantil
N. Páginas: 32
PVP: € 10,90


Sinopse: Dos 4 aos 8 anos
No seguimento de Verde de Inveja, Paulo Sousa Costa continua a ensinar aos mais pequenos como fazer melhores escolhas e respeitar os colegas e amigos. Desta vez, em destaque está a Belinha, uma menina muito gulosa que adora doces, a quem os colegas chamam Bolinha de Berlim. Ela está a ficar muito gordinha, enjoada e pouco ágil nas brincadeiras com os amigos. Felizmente, pode contar com o Dragãozinho Azul que a ensina a alimentar-se melhor e dá um correctivo aos colegas que a têm andado a tratar mal.
Colaboração especial: Teresa Branco (nutricionista)
Um livro divertido para pais, educadores e crianças aprenderem, m conjunto, a ter uma alimentação mais equilibrada e uma vida mais saudável.


Autor: Paulo Sousa Costa é produtor de espectáculos e programas de televisão, tendo também dirigido algumas das revistas mais bem sucedidas da nossa praça. Autor do bestseller Desistir não é Opção, é uma figura muito acarinhada do grande público.


[Clube do Autor]Novidade "Diz-me Só a Verdade",de Luísa Castel-Branco


Titulo: Diz-me Só a Verdade
Autor: Luísa Castel-Branco
PVP: 16,50 €
N. Páginas: 340


Sinopse: Francisca tem quarenta e dois anos, três filhos e um casamento com o seu primeiro amor. Mas a sua vida aparentemente feliz encontra sombras do passado e um presente sem as luzes que sonhara para si.
A vida desta mulher cruza-se com a saga de duas famílias unidas pelo passado e divididas por um presente armadilhado por desejos de vingança e revelações esmagadoras. Entretanto, a chegada de uma carta inesperada denuncia um segredo e muda o destino de Francisca. Mas será que ainda acreditamos em finais felizes?
Nunca como hoje foi tão urgente retomarmos essa fantástica capacidade de voltar a sonhar. Um romance é isso mesmo. Páginas que nos levam a levantar voo, que nos transportam para um mundo que podia ser. Também nós merecemos essa frase mágica “Era uma vez.” Também nós temos direito a acreditar em finais felizes.
E este romance é isso mesmo. Um óasis do que podia ser, do que podia acontecer, algo para nos aconchegar a alma e nos fortalecer estes tempos de compasso de espera. O tempo que medeia entre o hoje e aquilo a que temos direito.


Autor: Luísa Castel-Branco nasceu em Lisboa em 1954. A sua vida esteve desde sempre ligada à comunicação, primeiro na imprensa onde colaborou com o Semanário e mais tarde com a Máxima, e depois na televisão onde apresentou vários programas de sucesso como «Dinheiro à Vista» (TVI) e «O Elo Mais Fraco» (RTP1). Na SIC, apresentou «Vícios e Virtudes» e participou ainda em «Eles por Elas».

[Quinta Essência]Opinião "Noites de Paixão",de Cheryl Holt


Cheryl Holt




















Sinopse: Kate Duncan concorda um ajudar a prima a conquistar um marido até que percebe que a jovem deseja usar uma suposta poção de amor para seduzir Marcus Pelham. Para provar que o elixir não passa de uma bebida sem qualquer efeito mágico, Kate bebe-o e vive o momento mais sensual da sua vida ao apanhar Marcus em plena sessão amorosa com outra mulher. Todos os nervos do corpo de Kate reagem ao observá-lo no meio das sombras, mas o despertar dos sentidos será uma consequência da poção ou do atraente homem? Felizmente, Marcus não repara que Kate o espia, ou pelo menos ale assim o pensa…
Na qualidade de conde de Stamford, Marcus tem a seus pés muitas mulheres. Contudo, nada o excitou mais como a imagem de Kate a observá-lo. Marcus vai então seduzir Kate e bebe, também ele, a poção. Contudo, o jogo assume contornos inesperados quando Marcus se vê verdadeiramente atraído pela inocente Kate. Ao ensinar-lhe a excitante arte da sedução, será que se apaixona perdidamente pela primeira vez? E será ele capaz de amar uma única mulher para o resto da vida?


Opinião: Paixão, sensualidade, ódio e amor. Estes são alguns dos ingredientes que podemos encontrar neste livro. Cheryl Holt, mais uma vez traz-nos um livro carregado de cenas muito sensuais e de outros momentos mais românticos. É sem dúvida a rainha do romance sensual.
Gostei bastante deste livro, que me fez lembrar um pouco a história da Cinderela e gostei particularmente do momento em que se fez alusão aos irmãos Stevens, protagonistas das obras “Ligações Proibidas” e “Entrega Total”, da mesma autora. Apesar de não mostrar qualquer importância relevante para a acção, apenas é mencionado que a casa onde morava o Marcus situava-se por cima da casa de jogo, propriedade dos referidos irmãos, é sempre bom revermos personagens de outros livros (na minha opinião, claro!).
Trata-se de uma trama bem construída, com personagens fortes e que mesmo aparentando fragilidade, conseguem lutar e reerguer-se por si próprias, não sendo apelidadas de “coitadinhas” ou de “vítimas”. Na minha opinião, todos têm o fim que merecem, ou seja os bons acabam felizes e os maus com vidas miseráveis. Confesso que o meu casal favorito acabou por ser Christopher e Selena, talvez devido à forma como a relação deles vai evoluindo ao longo do livro. Não é que não tenha gostado das personagens principais, pois isso seria completamente falso, mas aqueles dois conseguiram emocionar-me um pouco. Odiei a Regina, talvez pelo seu papel de madrasta malvada, é uma personagem completamente odiosa que nos deixa com vontade de enchê-la de pancada de cada vez que humilhava Kate com os seus comentários venenosos. Claro que acabou por ter aquilo que merecia. Abençoado Marcus, por a ter colocado no seu devido lugar.
Apenas quero concluir com o desejo de ler outras obras da autora. Estes livros são simplesmente fantásticos e espero sinceramente que continuem a ser lançados no nosso país. Muitos parabéns à Quinta Essência por nos trazer estas historias maravilhosas e com capas lindíssimas que nos deixam a suspirar.

[Europress]Novidades "Os Meus Restaurantes" e "Os Meus Vinhos"


Titulo: Os Meus Restaurantes
Edição: Manufactura
Data: Novembro 2012
Formato: 115mm x 205mm
Páginas: 108
PVP: 8,90€

Sinopse: “No seu M deverá anotar todas as experiências gastronómicas. Quando visita um novo local poderá registar os vários aspetos que farão a diferença de local para local. Desta forma ficará com um excelente auxiliar de memória fundamental para quando quiser disfrutar da companhia de familiares ou amigos em restaurantes. Fará sempre uma escolha baseada em experiências anteriores. Um livro feito por si, de valor inestimável com memórias de momentos únicos.”
Há certos restaurantes que nos deixam marcados pela diferença que fazem na vida de cada um, quer pela sua apelativa gastronomia, quer pelo espaço de convívio único ou simplesmente pelo agradável ambiente que proporcionam. Quantas vezes já pensou: hoje preciso de escolher um restaurante para este momento especial e não me ocorre nada. Este é um livro especial e único que lhe dá oportunidade de registar todas as informações que pretende em relação aos seus restaurantes de eleição. Um pequeno livro que pode ser valorizado com as suas escolhas.




Titulo: Os Meus Vinhos
Edição: Manufactura
Data: Novembro 2012
Formato: 115mm x 205mm
Páginas: 108
PVP: 8,90€

Sinopse: “No seu M deverá anotar todas as experiências de degustação de vinhos. Quando experimenta um novo vinho poderá registar os vários aspetos que farão a diferença de vinho para vinho. Desta forma ficará com um excelente auxiliar de memória fundamental para quando quiser disfrutar de um bom vinho na companhia de familiares, amigos ou até sozinho. Fará sempre uma escolha baseada em experiências anteriores. Um livro feito por si, de valor inestimável com memórias de momentos únicos.”
O vinho faz parte do prazer à mesa, um prazer atemporal que nos envolve em aromas inebriantes. A cor e o aroma são notas que marcam momentos especiais quando bebemos aquele vinho. Este é um livro que nos ajuda a não esquecer esses momentos. Dá-lhe a oportunidade de registar os seus vinhos de eleição, anotar as suas características e pequenos detalhes para que possa consultar mais tarde. Tem a particularidade de poder ser construído por si com as escolhas que achar mais significativas.


[Casa das Letras]Novidade "Catarina,A Grande",de Sílvia Miguens


Titulo: Catarina, A Grande
Autor: Sílvia Miguens
Págs: 308
PVP: €15,90
E-book: € 11,99


A Vida Apaixonante da Imperatriz de todas as Rússias

Sinopse: Em 1762, o czar Pedro III é alvo de uma conspiração, acabando por morrer. A sua mulher, Catarina, sucede-lhe como imperatriz tornando-se, aos trinta e três anos, «Sua Majestade, Catarina II, imperatriz única e soberana de todas as Rússias».
O seu reinado revitalizou a Rússia, transformando-a numa das maiores potências europeias. Os seus sucessos dentro da complexa política externa são sobejamente conhecidos assim como as represálias, por vezes violentas, aos movimentos revolucionários. Conferiu maior poder à nobreza e aos senhores da terra, constituindo o seu reinado o ponto alto da aristocracia russa. Poucas mulheres geraram tanta controvérsia em redor de si como Catarina, a Grande. Inteligente, culta, autoritária, sagaz, apaixonada, grande estratega e envolta em todos os tipos de conspirações da corte, a imperatriz que governou a Rússia com punho de ferro é, sem dúvida, um dos principais intervenientes na agitação política do século XVIII, que mudou a História do Mundo.
Esta emocionante narrativa, que não deixa de fora o rigor histórico, revela as vivências e a intriga palaciana e pessoal da grande imperatriz, a sua peculiar e intensa vida sexual, os seus medos, as suas deficiências e os seus fracassos.


Autor: Silvia Miguens nasceu em Buenos Aires, Argentina. Conferencista em várias universidades da América do Sul, tornou-se especialista num tema que a apaixona: a ligação entre a História e a ficção e em particular o papel da mulher na História.
A sua primeira narrativa, PollerapantalómI, foi finalista do prémio Emecé. Seguiu-se Lupe, vencedora do prémio Ricardo Rojas. Mais recentemente publicou Anita Gorostiaga, uma mujer entre dos fuegos (2004) e Ana y el Virrey (2006), alvo das melhores críticas literárias e um grande sucesso de vendas.

[SDE]Opinião "Luz e Sombras",de Anne Bishop


Anne Bishop




















Sinopse: Desde o massacre das bruxas, os Fae, que deviam poteger as suas primas há muito esquecidas, ignoraram as necessidades do resto do mundo. Agora as sombras voltam a alastrar-se sobre as aldeias do oriente. Sombras negras e poderosas que ameaçam todas as feiticeiras, todas as mulheres e os próprios Fae. Apenas três pessoas podem fazer frente à loucura coletiva que se está a disseminar e impedir que mais sangue seja derramado: o Bardo, a Musa, e a Ceifeira. Aiden, o Bardo, sabe que o mundo está dependente da proteção dos Fae, mas estes recusam-se a escutar os seus avisos sobre o mal que se esconde nas florestas. Vê-se obrigado a partir com o amor da sua vida, Lyrra, a Musa, numa aventura arriscada em busca do único Fae capaz de fazer o seu povo despertar da indiferença. Se os Fae não agirem depressa, ninguém sobreviverá…


Opinião: Este é um livro cheio de magia e mistérios. Um livro que, tal com o seu título, está carregado de luz e sombras.
Este segundo volume, tal como o primeiro, leva-nos numa viagem exaustiva para que se proceda à salvação de Tir Alainn, uma missão que parece ser quase impossível devido ao egoísmo e arrogância de algumas personagens da história, que no início escondiam um pouco da sua verdadeira natureza. Confesso que durante o primeiro volume desta trilogia ainda sentia um pouco de esperança para com o lado bom dos Fae, mas agora apercebi-me que poucos são aqueles que possuem alguma bondade dentro de si. Na sua maioria são seres que apenas pensam neles próprios e naquilo que lhes trará proveito, não tendo em atenção ao que é realmente importante.
Durante este livro viveu-se um clima de muita tensão, de uma corrida imensa contra o tempo que apenas irá acalmar um pouco quase no final do livro. Esta foi uma obra com um ambiente mais pesado que a anterior devido ao crescimento da maldade dos vilões e também do aumento das mentalidades gananciosas por parte dos barões, que se vão mostrando cada vez mais cruéis para com as mulheres. Anne Bishop dá-nos mais uma vez provas da sua genialidade na criação de mundos e personagens incríveis, com histórias bem construídas, que conseguem cativar o leitor até ao final e ainda ficar com vontade de ler a continuação. Nada foi deixado ao acaso e mesmo aquelas personagens que não entraram durante este volume, foram mencionados os seus afazeres no momento, mostrando algum cuidado por parte da autora para com os seus leitores.
A minha personagem favorita neste volume foi Ashk, pela sua força e firmeza para lutar por aquilo que acreditava e para que a sua família se mantivesse em segurança, mantive-me também curiosa acerca da história da Ceifeira, pois fiquei com a impressão que também ela escondia algo do seu passado relativo à sua vida sentimental. Tenho a esperança que no ultimo volume da trilogia sejam tiradas todas as minhas duvidas.
Anne Bishop é, na minha opinião, uma das melhores autoras do momento. Ela consegue transformar uma simples frase em algo mágico e cativante, fazendo com que uma simples gota de água se transforme em tantas outras coisas de uma forma simplesmente maravilhosa. Sou e sempre serei uma leitura assídua dos seus livros.

[Civilização]Novidade "Prazeres Divinos",de Nigella Lawson


Título: Prazeres Divinos
Autor: Nigella Lawson
Tradução: Marlene Campos
Páginas: 374
PVP: 21,99 €
Lançamento: Novembro de 2012


Sinopse: Prazeres Divinos não ensina a ser exatamente uma fada do lar, mas a sentir-se uma fada do lar. O novo livro de gastronomia de Nigella Lawson, uma das mais conhecidas chefes de cozinha do mundo, inspirador e delicioso, alimenta as nossas fantasias, compreende as nossas preocupações e traz bolos, muffins e cupcakes, tartes e empadas, sobremesas, pães, biscoitos e macarons de volta às nossas cozinhas.
Com o seu talento especial para a escrita e a sua paixão pela cozinha, Nigella mostra-lhe tudo, de brownies a bagels, de crumble a tarte, de pizza a doces e bolos. São mais de 150 receitas sobre o prazer de voltar ao espaço reconfortante da cozinha e às receitas no forno. Bolos, macarons, cupcakes, muffins e muitos outros Prazeres Divinos atualmente na moda.


Autor: Nigella Lawson é uma das maiores estrelas da gastronomia mundial. Os seus livros são sempre um grande sucesso de vendas. Os seus dois últimos livros, As Delícias da Nigella e O Coração da Casa, foram absolutos sucessos de vendas internacionalmente e em Portugal. A SIC Mulher estreou, no início de outubro, o seu novo programa, Nigella: Kitchen. De segunda a quarta-feira, entre as 21h15 às 21h45, Nigella ensina a preparar os pratos deliciosos e práticos que apresenta nos seus livros.

[Lua de Papel]Opinião "As Cinquenta Sombras Livre",de E L James


E L James




















Sinopse: Quando a jovem e inocente Anastasia Steele encontrou pela primeira vez o impetuoso e fascinante milionário Christian Grey, começou entre eles um affair sensual que lhes mudou a vida para sempre. Assustada e intrigada pelas singulares inclinações eróticas de Grey, Anastasia exige um compromisso total na relação. Com medo de a perder, ele aceita.
Agora Anastasia e Grey têm finalmente tudo o que desejavam - o amor, a paixão, a intimidade, uma riqueza incalculável - e todo um mundo de possibilidades à sua espera. Mas ela sabe que amá-lo não será fácil, e que estarem juntos vai implicar ultrapassar barreiras que nenhum deles poderia prever. Anastasia vai ter de aprender a partilhar o estilo de vida de Grey sem sacrificar a sua identidade. E ele terá de aprender a superar o seu obsessivo impulso de tudo controlar, enquanto se debate com os demónios do seu terrível passado.
E quando tudo parece estar conjugado para que ambos consigam finalmente ultrapassar os maiores obstáculos, o destino conspira para tornar dolorosamente reais os maiores medos de Anastasia.


Opinião: Finalmente termina a trilogia mais mediática do momento. É com algum pesar que termino a leitura deste livro, confesso que durante este tempo acabei por vasculhar toda internet acerca de todo o tipo de conteúdos da trilogia. Chorei, sorri, zanguei-me, perdoei, senti tudo aquilo que as personagens sentiam. Agora, no final, posso dizer sem sombra para duvidas que apesar de não ser nenhuma obra-prima, de ter tantos erros a nível de escrita, estes livros foram bastante marcantes para mim e também um pouco para a sociedade em geral. E L James acabou por marcar uma viragem na mentalidade de algumas pessoas e, mesmo aquelas que não gostaram da trilogia, acabaram por até de uma forma curiosa iniciar a leitura de outros livros dentro do mesmo género literário. Outra curiosidade, com esta trilogia foram batidos records de lançamento, sendo que o primeiro livro foi lançado em Julho, o segundo foi em Outubro e este último em Novembro, ou seja em apenas cinco meses tivemos lançados no nosso país estes três livros. E apesar de algumas críticas, na minha opinião geral foi uma tradução bem conseguida. Claro que há sempre algo que se perde nas traduções, expressões puramente inglesas que são totalmente impossíveis de transcrever para o português, mas mesmo assim o resultado final acabou por ser satisfatório.
Quanto à minha opinião deste livro em particular, gostei bastante desta leitura, apesar de confessar que o inicio me desmotivou bastante. As cenas tinham a ver com a lua-de-mel de Christian e Ana, por isso não ia acontecendo nada de especial, sendo apenas episódios normais da vida do casal recém-casado (ou seja, sexo e mais sexo e mais sexo!). Foi a partir do momento em que voltaram a Seattle que tudo começou a ganhar outro folgo, a conhecermos mais um pouco do passado de Christian, a vermos uma pequena e lenta transformação na sua personalidade e a preenchermos alguma lacunas sobre alguns mistérios inseridos no volume anterior… Gostei também da inserção do Clube das Submissas, achei engraçada a forma como a autora colocou um pouco de humor relacionado com o assunto e claro que não podia deixar de mencionar na forma doce como tudo terminou. A história não foi terminada de uma forma forçada e, apesar das suas 624 páginas foi um livro que tal como os anteriores se leram com alguma facilidade, sendo que a sua linguagem continuou a ser bastante simples e acessível para o leitor. Mas tenho que confessar que me apaixonei pelos pequenos capítulos inseridos no final livro, o primeiro em que ficamos a conhecer o primeiro natal que Christian passou com a família Grey e o segundo em que podemos conhecer o ponto de vista do Christian no momento em que conheceu a Ana. Foi fantástico poder ler mais um pouco acerca de Christian, agora só nos resta esperar pelo filme e esperar que esteja fiel aos livros.
Quero também agradecer à Lua de Papel pela rapidez com que trouxe esta trilogia até nós e também por se ter mantido fiel às capas originais.

[Porto Editora]Convite - 'Refeições em 15 Minutos', de Jamie Oliver‏



Refeições em 15 Minutos, de Jamie Oliver, promete ser um instrumento indispensável para todos aqueles a quem lhes falta tempo mas que não abdicam de uma refeição saborosa. A Porto Editora convida-o a estar presente na sessão de lançamento deste livro, no dia 28 de novembro, às 18:30, no piso 5 do El Corte Inglés de Lisboa.

A apresentação vai estar a cargo de Ana Rita Clara, seguindo-se um showcooking por parte de Isabel Zibaia Rafael, do blogue Cinco Quartos de Laranja. No final, faremos a respetiva degustação dos pratos confecionados.

[Oficina do Livro]Novidade "Debaixo de Fogo",de Paulo Camacho


Titulo: Debaixo De Fogo
Autor: Paulo Camacho
PVP: 14,90€
E-book: 10,98€
N. Páginas: 280


Memórias e emoções de um repórter de guerra


Sinopse: Um livro que permite recordar alguns dos marcos mais importantes da História contemporânea, sob o olhar de Paulo Camacho. São 28 anos de jornalismo, resumidas em 12 histórias sobre reportagens que fez durante os conflitos armados, invasões ou guerras em todo o mundo.
Ao serviço da BBC, Expresso e SIC, Paulo Camacho cobriu uma boa parte dos conflitos mais importantes que ocorreram no mundo desde meados da década de 80. Esteve em Bagdad no início das duas guerras do Golfo, várias vezes na guerra civil angolana, na guerra civil de Moçambique, no caos da Somália, nos confrontos da África do Sul depois da queda do apartheid, na guerra do Congo/Zaire quando o ditador Mobutu foi afastado, nos ataques israelitas ao Líbano ou na queda dos regimes do Bloco de Leste, como na Roménia e Checoslováquia.
Neste livro, partilha as suas memórias desses tempos, as emoções de quem presenciou o inferno na Terra e a forma que encontrou para se defender de experiências extremas, como assistir à morte de crianças.  Dos anos que Paulo Camacho esteve no centro dos acontecimentos, na força do relato radiofónico, no auge do jornalismo escrito e no arranque da televisão privada.

Com prefácio de Ricardo Costa e apresentação no lançamento de Pinto Balsemão.


Autor: Paulo Camacho nasceu no Funchal em 1959. Casado, tem dois filhos e um neto. Abandonou a licenciatura em Direito para começar a trabalhar em jornais, aos 20 anos. Depois de passagens por A Capital, Tempo, A Tarde, Rádio Comercial e RTP, foi contratado pela BBC. Durante os cinco anos que viveu em Londres, foi correspondente da Agência ANOP, da Rádio Renascença e do Expresso, em cujos quadros entrou no regresso a Portugal. Foi co-fundador da SIC, onde permaneceu até 2007, tendo exercido funções de coordenador de informação, editor de internacional e apresentador de telejornais. É actualmente director de comunicação da ZON Multimédia. Debaixo de Fogo é o seu primeiro livro.

[D.Quixote] Sessão de lançamento do livro «A Minha Primeira AMÁLIA», de Maria do Rosário Pedreira (texto) e João Fazenda (ilustrações)




1.º Aniversário Fado/Património Imaterial da Humanidade > novembro 2012

«No final de 2011, o fado – a canção mais portuguesa de todas as canções – foi reconhecido como Património Imaterial da Humanidade.(…)»
Assim começa o livro infantil A Minha Primeira Amália, em que Maria do Rosário Pedreira conta aos mais novos quem foi Amália Rodrigues, a diva que deu a conhecer o fado ao mundo.

«O fado é hoje tão importante para os Portugueses como para toda a gente no resto do mundo (…),
por isso, deve ser ouvido, estudado e preservado como uma jóia rara e valiosa, para que nunca se perca e continue a passar de geração em geração.»
 Maria do Rosário Pedreira

[Civilização]Novidades Novembro 2012


Titulo: Prazeres Divinos
Autor: Nigella Lawson
Páginas: 374
Tradução: Marlene Campos
Capa: Dura
PVP: 21,99 €

Sinopse: Prazeres Divinos não ensina a ser exatamente uma fada do lar, mas a sentir-se uma fada do lar. Este livro de culinária, inspirador e delicioso, mostra-lhe que não é difícil fazer um tabuleiro de muffins ou um bolo recheado – mas é muito compensador. Este livro alimenta as nossas fantasias, compreende as nossas preocupações e traz bolos, tartes, empadas, conservas, sobremesas, pães e biscoitos de volta às nossas cozinhas. Com o seu talento especial para a escrita e a sua paixão pela cozinha, Nigella mostra-lhe tudo, de brownies a bagels, de crumble a tarte, de pizza a macarons, de doces a bolos.


Titulo: Predestinado (A Ordem das Trevas nº 1)
Autor: Philippa Gregory
Páginas: 312
Tradução: Maria Da Fé Peres
Capa: Mole
PVP: 10,99 €

Sinopse: Estamos em 1453 e todos os sinais apontam para que o fim do mundo esteja iminente. Acusado de heresia e expulso do seu mosteiro, Luca Vero, um atraente jovem de 17 anos, é recrutado por um misterioso estranho para registar o fim dos tempos por toda a Europa. Obedecendo a ordens seladas, Luca é enviado a cartografar os medos da Cristandade e a viajar até à fronteira do bem e do mal. Isolde, de 17 anos, abadessa, está presa num convento para impedir que reclame a sua enorme herança. Quando as freiras ao seu cuidado enlouquecem com estranhas visões, sonambulismo e exibindo feridas que sangram, Luca é enviado para investigar e todas as provas incriminam Isolde. No pátio do convento constrói-se uma pira para a queimar por bruxaria. (…)


Titulo: O Esqueleto Debaixo do Teto (Os Detetives da Viela Voltaire n.º 7)
Autor: P. D. Baccalario, A. Gatti
Páginas: 160
Tradução: Francesco Mai
Capa: Mole
PVP: 9,20 €

Sinopse: A família Gaillard está a passar as férias da Páscoa numa pequena e calma aldeia junto do rio Loire. Annette e Fabrice acham que vão ser as férias mais aborrecidas de sempre, mas em breve surge uma macabra descoberta no sótão da casa: um esqueleto escondido atrás de uma parede! Os detetives da Viela Voltaire reúnem-se novamente para fazer investigações entre os habitantes da aldeia e resolver um mistério sepultado há muito, muito tempo…


Titulo: O Pai Natal e o Menino Jesus
Autor: Luísa Ducla Soares
Páginas: 28
Ilustrador: Maria João Lopes
Capa: Dura
PVP: 11,50 €

Sinopse: Quem se celebra no Natal? Nesta quadra, os comerciantes e as crianças pedinchonas só pensam no Pai Natal e no seu saco cheiinho de prendas. E esquecem o Menino Jesus, todo nu, deitado nas palhinhas do presépio… Será que o Pai Natal lhe leva algum presente? Nesta história em que ambos entram, como é que eles se entendem?


Titulo: Muu
Autor: Matthew Van Fleet
Páginas: 18
Ilustrador: Matthew Van Fleet
Capa: Dura
PVP: 15,30 €

Sinopse: Abas e janelas engenhosas, acompanhadas de textos relativos a animais, oferecem diversão interativa nesta introdução aos hábitos e sons distintos de sete espécies diferentes de animais da quinta. As crianças adorarão identificar e imitar cada animal.

[Palavras Minhas]Dor que não desaparece


Lágrima pura que pela minha face escorre, quem és tu para mostrar a dor que vai dentro de mim. Esconde-te, foge para longe de mim doente sofrimento. Tantas vezes me pergunto porque me deixo ficar assim.
Tique-taque, tique-taque! O relógio que nunca pára, aquelas suaves batidas que me deixam irritada. Tique-taque, tique-taque, parece que goza de mim, da minha triste e malfadada dor.
Desaparece, corre, foge, não te quero ver mais…porque me persegues? Não entendes o quanto fujo de ti? Dor maldita que o meu coração sente e da qual ele foge. Dor aguda que não desaparece e que deixa marcas cada vez mais profundas, já chega, não te quero mais, mas tu não entendes e continuas aí agarrada como maldição que nunca é quebrada. Talvez um dia quem sabe, vá acordar e encontrar essa dor desaparecida e no seu lugar aparecida seja a amiga Felicidade.

by Ana Luísa Neves


[Planeta]Novidades Novembro 2012


Titulo: Camarate - Sá Carneiro E As Armas Para O Irão
Autor: Frederico Duarte Carvalho
N. Páginas: 304
PVP: 18,85 €
Lançamento: 22 de Novembro


Sinopse: A 4 de Dezembro de 1980 Portugal perdeu um primeiro-ministro e um ministro na queda de uma avioneta. Passados 32 anos mantém-se a mesma dúvida sobre o que efectivamente aconteceu neste atentado e quem são os principais encobridores da investigação.
Camarate – Sá Carneiro e as Armas para o Irão resulta de uma longa investigação feita pelo jornalista Frederico Duarte Carvalho onde reconstitui os factos e explica por que motivo conhecer a verdade, ainda hoje, pode colocar em perigo a estabilidade do regime em Portugal e noutros países, como os EUA e o Irão.


Titulo: A Cozinha Da Saúde
Autores: Ferran Adriá, Valentín Fuster, Joseph Corbella
N. Páginas: 351 páginas
PVP: 22,20 €
Lançamento: 22 de Novembro

Sinopse: A Cozinha da Saúde reconstitui a vida de uma família ao longo de um dia para ilustrar como se pode melhorar o pequeno-almoço, a compra, a conservação dos alimentos em casa ou a forma de os cozinhar, ao mesmo tempo que desmonta todos os mitos que já ouvimos falar.
Este livro não se limita a falar de nutrição, também fornece conselhos práticos, receitas para o dia-a-dia, ideias e soluções para a cozinha, ensina a controlar o peso, a tensão arterial e o colesterol e as crianças a cuidar do seu corpo e a evitar vícios.
O leitor de A Cozinha da Saúde descobrirá como pessoas de todas as idades, com gostos e necessidades diferentes, podem partilhar a mesa e comer de forma prazenteira e equilibrada e levar uma vida sã.
No ano da sua publicação em Espanha, 2010, recebeu o Prémio Nacional de Gastronomia da melhor publicação. Um livro obrigatório para os que pretendem melhorar a sua qualidade de vida sob a orientação da confiança que inspiram os seus autores.

[Porto Editora]Porto de Encontro | Homenagem a José Saramago no próximo sábado‏


Grande homenagem do Porto a Saramago no próximo sábado
Bilhetes (grátis) ficam disponíveis já amanhã na Casa da Música
Pilar del Río, Álvaro Siza Vieira, Mário Cláudio, Pedro Abrunhosa e Valter Hugo Mãe são os convidados de Sérgio Almeida para a edição especial do “Porto de Encontro”, dedicada a José Saramago, que se realiza na Casa da Música (Sala Suggia) no próximo sábado, dia 24 de novembro, às 21:30.
Os bilhetes de acesso ao “Porto de Encontro” são gratuitos e estarão disponíveis já amanhã, quinta-feira, na Casa da Música (máximo: 10 por pessoa).
Espera-se que esta iniciativa, integrada nas comemorações dos 90 anos sobre o nascimento do escritor, constitua uma grande homenagem do Porto ao Prémio Nobel da Literatura. De destacar a participação, neste 12.º “Porto de Encontro”, de Manuela Azevedo, Emília Silvestre, Filipa Leal, Ana Celeste Ferreira e José Carlos Tinoco, que farão leituras de excertos de obras de Saramago, bem como as performances de Pedro Abrunhosa, do Coral de Letras da Universidade do Porto e de O Andaime.
Nas edições anteriores do ciclo literário estiveram em evidência as obras de autores como Gonçalo M. Tavares, J. Rentes de Carvalho, Germano Silva, Luis Sepúlveda, Manuel António Pina, António Mega Ferreira, Francisco José Viegas, Mário Cláudio, Mário de Carvalho e Eugénio de Andrade.
“Porto de Encontro” é uma iniciativa do jornalista Sérgio Almeida promovida pela Porto Editora com o apoio do “Jornal de Notícias”, Câmara Municipal do Porto, Rádio Nova, “Ler +, Ler Melhor” (RTP-Informação), Porto Canal, Plano Nacional de Leitura e Porto Calém e Bombonaria Bonitos (Foco-Porto).
Esta iniciativa está a ser divulgada também em:
e

[Nascente]Miriam Akhtar, autora de Vencer a Depressão com a Psicologia Positiva, vem a Portugal‏


Titulo: Vencer a Depressão com a Psicologia Positiva
Autor: Miriam Akhtar
Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 256

Sinopse: Vencer a Depressão com a Psicologia Positiva , que estará à venda a partir de hoje (15,49€) foi escrito por Miriam Akhtar, jornalista e investigadora cujo interesse pela Psicologia Positiva despertou há cerca de 20 anos, quando fez um programa para a BBC Radio sobre a ciência da felicidade. Tornou-se depois uma das primeiras pessoas na Europa a estudar esta temática. Mestre em Psicologia Positiva Aplicada, trabalha atualmente como formadora nesta área, sendo também membro fundadora da Associação Internacional de Psicologia Positiva.
Quem já sofreu de depressão sabe que, na maioria das vezes, a medicação não é a melhor solução. Então, qual é? A resposta encontra-se  na Psicologia Positiva e neste livro. A Psicologia Positiva é uma ciência que estuda o que nos mantém mentalmente sãos e felizes. Enquanto forma de prevenção e tratamento da depressão, esta é uma abordagem perfeita.

“A felicidade é uma obra-prima: o menor erro falseia-a, a menor hesitação altera-a, a menor falta de delicadeza desfeia-a, a menor palermice embrutece-a.”
Marguerite Yourcenar, in Memórias de Adriano



Miriam Akhtar, autora de Vencer a Depressão com a Psicologia Positiva vai estar em Portugal nos dia 13 e 14 de dezembro, como convidada especial no 7º Congresso Internacional Espaço t – “A Felicidade”, a realizar no Espaço-t, no Porto.
Um congresso que vai juntar muitos profissionais conhecidos e reconhecidos em diversas áreas(escritores, médicos, psicólogos, psiquiatras) e figuras conhecidas da sociedade como Margarida Pinto Correia ou Lili Caneças.
Depois da conferência no dia 13, às 10 horas – subordinada ao tema “Onde Fica a Felicidade”, Miriam Akhtar vai estar disponível para entrevistas a jornalistas, falar com os participantes e autografar o livro Vencer a Depressão com a Psicologia Positiva. Para mais informações sobre o congresso - inscrição, agenda e participantes -, visite o site do Espaço t.

A depressão afeta um em cada cinco portugueses, e pode ser responsável anualmente por mais de 1200 mortes. Vencer a Depressão com a Psicologia Positiva é o primeiro livro a explicar como tratar a depressão com a inovadora e eficaz abordagem da Psicologia Positiva. Uma abordagem muito fácil de compreender, intuitiva e cientificamente comprovada.

      ·  Inclui exercícios práticos de autoajuda que mudarão a sua vida;

      ·  Baseia-se nos mais recentes estudos científicos sobre bem-estar

      ·  Revela estratégias eficazes para ultrapassar a depressão e abraçar a felicidade 



Criticas:
«Pioneiro na aplicação dos métodos da Psicologia Positiva no tratamento da depressão, este é um livro claro, cativante e esclarecedor.»
Dra. Ilona Boniwell, diretora do primeiro mestrado em Psicologia Positiva Aplicada na Europa

«Este é o primeiro livro que leio sobre depressão que não me faz ficar deprimida. É inspirador, otimista, frequentemente divertido e, claro, positivo. Desafio toda a gente a lê-lo.»
– amazon.co.uk