[SDE]Opinião "Luz e Sombras",de Anne Bishop


Anne Bishop




















Sinopse: Desde o massacre das bruxas, os Fae, que deviam poteger as suas primas há muito esquecidas, ignoraram as necessidades do resto do mundo. Agora as sombras voltam a alastrar-se sobre as aldeias do oriente. Sombras negras e poderosas que ameaçam todas as feiticeiras, todas as mulheres e os próprios Fae. Apenas três pessoas podem fazer frente à loucura coletiva que se está a disseminar e impedir que mais sangue seja derramado: o Bardo, a Musa, e a Ceifeira. Aiden, o Bardo, sabe que o mundo está dependente da proteção dos Fae, mas estes recusam-se a escutar os seus avisos sobre o mal que se esconde nas florestas. Vê-se obrigado a partir com o amor da sua vida, Lyrra, a Musa, numa aventura arriscada em busca do único Fae capaz de fazer o seu povo despertar da indiferença. Se os Fae não agirem depressa, ninguém sobreviverá…


Opinião: Este é um livro cheio de magia e mistérios. Um livro que, tal com o seu título, está carregado de luz e sombras.
Este segundo volume, tal como o primeiro, leva-nos numa viagem exaustiva para que se proceda à salvação de Tir Alainn, uma missão que parece ser quase impossível devido ao egoísmo e arrogância de algumas personagens da história, que no início escondiam um pouco da sua verdadeira natureza. Confesso que durante o primeiro volume desta trilogia ainda sentia um pouco de esperança para com o lado bom dos Fae, mas agora apercebi-me que poucos são aqueles que possuem alguma bondade dentro de si. Na sua maioria são seres que apenas pensam neles próprios e naquilo que lhes trará proveito, não tendo em atenção ao que é realmente importante.
Durante este livro viveu-se um clima de muita tensão, de uma corrida imensa contra o tempo que apenas irá acalmar um pouco quase no final do livro. Esta foi uma obra com um ambiente mais pesado que a anterior devido ao crescimento da maldade dos vilões e também do aumento das mentalidades gananciosas por parte dos barões, que se vão mostrando cada vez mais cruéis para com as mulheres. Anne Bishop dá-nos mais uma vez provas da sua genialidade na criação de mundos e personagens incríveis, com histórias bem construídas, que conseguem cativar o leitor até ao final e ainda ficar com vontade de ler a continuação. Nada foi deixado ao acaso e mesmo aquelas personagens que não entraram durante este volume, foram mencionados os seus afazeres no momento, mostrando algum cuidado por parte da autora para com os seus leitores.
A minha personagem favorita neste volume foi Ashk, pela sua força e firmeza para lutar por aquilo que acreditava e para que a sua família se mantivesse em segurança, mantive-me também curiosa acerca da história da Ceifeira, pois fiquei com a impressão que também ela escondia algo do seu passado relativo à sua vida sentimental. Tenho a esperança que no ultimo volume da trilogia sejam tiradas todas as minhas duvidas.
Anne Bishop é, na minha opinião, uma das melhores autoras do momento. Ela consegue transformar uma simples frase em algo mágico e cativante, fazendo com que uma simples gota de água se transforme em tantas outras coisas de uma forma simplesmente maravilhosa. Sou e sempre serei uma leitura assídua dos seus livros.

2 comentários:

  1. Gostei da tua opinião :)

    Ashk é sem dúvida fantástica, mas Morag também me fascinou imenso!

    Anne Bishop é uma autora fantástica :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Morrighan!
      Fico contente que tenhas gostado^^

      Eliminar