[Palavras Minhas]Metade de mim


Escondo-me! Não quero que me vejas…Podes olhar ou tocar, podes tentar penetrar a dura parede que ergui em volta de mim, mas não me irás conseguir Ver. Quantas vezes me vês a sorrir, quantas vezes me vês a conversar serenamente com alguém, quando na verdade o meu coração chora, grita por um carinho teu, mas cansei de me magoar, cansei de ver-te a partir vezes sem conta. Se calhar até nem te importas, talvez para ti não passe de um passatempo, provavelmente nem te importas tanto com aquilo que sinto nem com a dor que deixas pelo teu caminho…É então que por um segundo desvio o meu olhar e vejo-te! Estás ali tão perto, o teu pequeno sorriso a tranquilizar-me, a mostrar que vale a pena, que estás ali para mim! “Não, não quero, não vás…”,grita o meu coração, “não te magoes mais, pára…”, mas já não o oiço, já não quero saber. Aos poucos vou chegando mais perto de ti e sinto o teu olhar doce, aquela forma singular que só tu tens que me ver, de me tocar e vou-me sentindo um pouco melhor. Estendes-me a tua mão e sem pensar pego nela, deixando-me embalar de seguida pelos teus braços e entendo aquilo que tanto sentia falta. És tu…sempre será metade de mim!

by Ana Luísa Neves


0 comentários:

Enviar um comentário