[Quinta Essência]Opinião "Entrega Total",de Cheryl Holt

Cheryl Holt




















Sinopse: Com os últimos bens perdidos ao jogo pelo seu dissoluto irmão, Lady Sarah Compton viajou até uma festa numa casa de campo para desfrutar de um derradeiro momento de graciosidade e de beleza. Contudo, ignora que a ocasião é igualmente um famoso evento, em que membros da aristocracia podem realizar todas as suas fantasias sensuais e caprichos eróticos. Tão-pouco se apercebe de que o homem maravilhoso que entrou furtivamente no seu quarto é nem mais nem menos do que Michael Stevens, um libertino que dá e recebe ousadamente prazer…
Filho bastardo de um conde, Michael Stevens usufrui da sua reputação como o mais famoso sedutor de Londres. Contudo, não faz ideia de como atuar perante a beleza ruiva que quase confundira com uma nova conquista, nem de como uma ingénua poderia ter sido convidada para uma reunião onde a entediada elite de Londres satisfaz os seus desejos carnais. Quando Lady Sarah Compton recusa seguir o aviso de Michael – o de abandonar a casa para seu bem – nasce uma forte atração e ele anseia por ser o seu tutor na arte da paixão…
Era um jogo com apenas uma regra: o prazer final.


Opinião: Desde a chegada desta autora ao mercado português que tinha uma imensa curiosidade para ler os seus livros, mas só agora tive oportunidade de o fazer. Confesso que tinha a expectativa de um livro sensual e com cenas ousadas, mas não estava à espera de encontrar cenas extremamente quentes e com pormenores tão grandes. Mesmo assim adorei cada minuto de leitura, pois apesar dos pormenores e da devassidão que se vivia naquela casa tudo foi descrito de forma requintada e cuidada de maneira a não afectar mentes mais fechadas. Gostei particularmente da personagem principal feminina, pois apesar de demasiado inocente a nível sexual mostrou-se alguém capaz de ser bastante teimosa e lutadora, em relação ao Michael confesso que me apeteceu espancá-lo perto do final do livro. Como é que um homem, supostamente vivido e inteligente se deixa cair nas mentiras de Hugh? Sinceramente, não entendo! Essa foi realmente a parte mais detestável do livro, mas que também acabou por me fazer ficar até perto das quatro da manha agarrada as suas páginas para saber como tudo iria terminar. Em relação a Rebecca, acabei por a odiar mais do que ao irmão de Sarah. Aquela rapariga era completamente desmiolada e que não se preocupava com os outros desde que se conseguisse safar das situações, houve alturas em que pensei que a sua personagem ainda tivesse salvação, mas no final acabou por se tornar ainda mais detestável, pelo menos na minha opinião.
Neste momento sinto-me um pouco triste, porque queria saber mais. Houve algumas coisas que ficaram por descobrir, como por exemplo a volta dos pais de James e Michael, realmente essa teria sido uma cena que gostaria muito de ter lido.
De qualquer forma, foi uma óptima leitura, adorei as horas passadas com este livro. Cheryl Holt, tem uma capacidade imensa de nos prender nos seus enredos, não é por nada que ganhou o seu tão merecido título de Rainha do Romance Sensual.

2 comentários:

  1. Querida tens de ler o Ligações Proibidas!! Muito bom também :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já o tenho aqui em casa para ler e estou curiosa^^

      Eliminar