[Porto Editora] Novidades setembro-dezembro 2012‏


Novidades em português
Almeida Faria, Eugénio de Andrade, Mário de Carvalho e o bestseller Luís Miguel Rocha

Esta manhã, a Porto Editora apresentou, em Lisboa, as novidades editoriais das várias chancelas para a rentrée literária. Os autores portugueses estão em destaque: Almeida Faria, Eugénio de Andrade e Mário de Carvalho passam a integrar o catálogo; Luís Miguel Rocha regressa, com a promessa de mais um grande bestseller.
Na retrospetiva da atividade editorial da Porto Editora no semestre anterior, com a qual se deu início à sessão, salientaram-se as publicações de: Os Malaquias, de Andréa del Fuego; Fernando Pessoa – Uma quase-autobiografia, de José Paulo Cavalcanti Filho; Uma Fazenda em África, de João Pedro Marques; Mulheres Afegãs, de Zarghuna Kargar; Todas as Palavras – Poesia Reunida, de Manuel António Pina; O Mendigo e Outros Contos, de Fernando Pessoa; A Grande Arte, de Rubem Fonseca, e a abertura da série Sextante Top.
De seguida, os responsáveis editoriais apresentaram as novidades para o período setembro-dezembro. Cláudia Gomes sublinhou o regresso de Luís Miguel Rocha, com A Filha do Papa, e o lançamento da nova série da coleção juvenil de sucesso CHERUB, de Robert Muchamore. Manuel Alberto Valente enfatizou a publicação de Jorge Sampaio – Uma Biografia, de José Pedro Castanheira, e o regresso à ficção de Mário de Carvalho, com O Varandim seguido de Ocaso em Carvangel. Por sua vez, João Rodrigues deu especial relevo ao livro As minhas lembranças observam-me, do Nobel Tomas Tranströmer, e ao vencedor do Costa Award 2010, A lebre com olhos de âmbar, de Edmund de Waal. Da intervenção de Vasco David, destacaram-se a publicação de Diários, de Al Berto, e as reedições das obras completas de Eugénio de Andrade e de Rumor Branco, de Almeida Faria.
Foram apresentados cerca de cinquenta títulos, distribuídos por cinco chancelas: Porto Editora, Albatroz, 5 Sentidos, Sextante e Assírio & Alvim.

0 comentários:

Enviar um comentário