[Asa]Novidade "Safira e a Luta Contra o Cancro",de Patrícia Fonseca


Titulo: Safira e a Luta Contra o Cancro
Autor: Patrícia Fonseca
N. Páginas: 212
PVP: 14,90€

Devem os pais ter o direito de escolher o tratamento dos filhos? E contrariar a opinião dos médicos? Podem os tribunais forçar um internamento retirando a guarda da criança? As medicinas alternativas são eficazes no tratamento do cancro?

Sinopse: Estas são algumas das perguntas que a história de Safira deixou por responder. Safira é uma menina a quem, aos quatro anos, foi diagnosticado um tumor de Wilms, um tipo de cancro tão raro quanto agressivo. Depois da remoção cirúrgica do tumor, os pais recusaram novas sessões de quimioterapia e iniciaram um processo legal sem paralelo em Portugal. A família comunicou a decisão e o corpo clínico do Instituto Português de Oncologia denunciou o caso à Comissão de Protecção de Menores e Jovens em Risco. O Tribunal de Menores decidiu de imediato, sem ouvir os pais, que a criança teria de cumprir os seis meses de quimioterapia prescritos.
A polícia ainda lhes bate à porta mas a família andava à procura de soluções. Descobriram-no na  vacina células dendríticas, um tratamento ainda em fase experimental que usa células específicas do sistema imunitário da menina colocadas em contacto com uma amostra do tumor para aprenderem a combatê-lo. Essas células são posteriormente replicadas em laboratório e de novo injectadas no organismo. O cientista que as descobriu, o alemão Ralph Steinman, recebeu no ano passado, o Nobel da Medicina, tornando-se a primeira pessoa a recebê-lo a título póstumo – morreu três dias antes, vítima de cancro.
Seis meses depois da Grande Reportagem da SIC – vista por 1, 3 milhões de espectadores, a maior audiência desse programa em 2011 - e da capa da Visão, Safira continua em tratamento. Levou nova vacina em Março e encontra-se “em total remissão”. O prognóstico “não podia ser melhor”. “Sabemos que o tumor pode regressar. A nossa decisão foi tomada conhecendo todos esses riscos”, garante a mãe. Os pais criaram entretanto uma associação que pretende estimular o debate em torno da liberdade de escolha médica e da necessidade de usar abordagens complementares para um objectivo comum: a cura. Como não existe uma lei querem que essa hipótese seja defendida em legislação a apresentar na AR

Autor: Patrícia Fonseca é grande repórter da Visão. Com esta história venceu ao Prémio de Jornalismo Novartis Oncology e o Prémio Melhor Reportagem do Ano da revista TV 7 Dias. Jornalista desde 1995, venceu o Prémio Reportagem do Clube Português de Imprensa, em 1997, e, em 2009, a sua cobertura dos conflitos em Gaza, foi considerada uma das melhores dez reportagens mundiais, nos prestigiados Bayeux Awards for War Correspondents.

0 comentários:

Enviar um comentário