[GPE]Foi bonita, a festa‏


Foi bonita, a festa

Grupo Porto Editora faz balanço muito positivo da presença na 82.ª Feira do Livro de Lisboa.
Caiu o pano na Feira do Livro de Lisboa, no passado domingo, e apesar de alguma instabilidade climatérica e, sobretudo, dos receios sobre o impacto que a crise económica podia ter nas compras dos leitores, a verdade é que os objetivos traçados pelo Grupo Porto Editora foram plenamente atingidos.
Graças a uma agenda de eventos preenchida por apresentações, lançamentos, sessões de autógrafos, tertúlias, workshops e uma programação dedicada especialmente aos mais novos, houve uma maior afluência de leitores e, com isso, um crescimento dos resultados em relação a 2011.
De destacar o sucesso registado com a presença de vários escritores ao longo da Feira do Livro de Lisboa, em especial as de José Paulo Cavalcanti Filho e José Luís Peixoto. Se Fernando Pessoa – Uma Quase Autobiografia conquistou o título do livro mais vendido durante a feira, foi a obra de José Luís Peixoto, em especial Abraço, Livro e A Mãe que Chovia, que mais público atraiu, como se pode constatar nas longas sessões de autógrafos promovidas com o autor, que se iniciaram ao meio da tarde e se prolongaram, ininterruptamente, pelo anoitecer.
Entretanto, a atenção já está virada para a Feira do Livro do Porto, que decorre de 31 de maio a 17 de junho, na Avenida dos Aliados. A presença do Grupo Porto Editora está a ser devidamente preparada para satisfazer os milhares de leitores do Norte do país que aguardam sempre, com enorme expetativa, pela realização desta que é a verdadeira celebração do livro e da leitura.

0 comentários:

Enviar um comentário