[Sextante Editora]Novidade - "A Cidade dos Prodígios",de Eduardo Mendoza


Título: A cidade dos prodígios
Autor: Eduardo Mendoza
Tradução: J. Teixeira de Aguilar
Págs.: 448
PVP: € 17,70

A cidade dos prodígios Sextante Editora publica o mais mítico romance de Eduardo Mendoza

No dia 23 de fevereiro, regressa às livrarias A cidade dos prodígios, o romance que, publicado pela primeira vez em Portugal no fim dos anos 1980, tornou famoso o escritor catalão, Eduardo Mendoza.
Vencedor do Prémio Cidade de Barcelona, A cidade dos prodígios é uma verdadeira homenagem à capital da Catalunha, um retrato desta cidade numa época de instabilidades várias, de 1888 a 1929, e que antecedeu a expansão industrial, comercial e social.
Com a publicação de A cidade dos prodígios, a Sextante Editora mantém a sua aposta nas obras de Eduardo Mendoza, de quem já editou Rixa de gatos, vencedor do Prémio Planeta 2010, Três vidas de santos e A assombrosa viagem de Pompónio Flato.

O LIVRO
Em 1887, Onofre Bouvila, um rapaz pobre do campo, chega a Barcelona e obtém o seu primeiro trabalho como distribuidor de panfletos anarquistas entre os operários que trabalham na construção da Exposição Universal do ano seguinte. A partir daqui, o leitor assiste à espetacular ascensão social de Bouvila, que o vai converter, mediante métodos não muito ortodoxos, num dos homens mais ricos do país. Um extraordinário relato da construção da moderna Barcelona, um dos grandes romances espanhóis do século XX.

O AUTOR
Eduardo Mendoza nasceu em Barcelona em 1943. Estudou Direito e, depois de viajar pela Europa, viveu em Nova Iorque como tradutor das Nações Unidas. O seu primeiro romance, A verdade sobre o caso Savolta, publicado em 1975, obteve o Prémio da Crítica em Espanha. Publicou depois O mistério da cripta assombrada, O labirinto das azeitonas, A cidade dos prodígios (1986, Prémio Cidade de Barcelona), A ilha inaudita, Sem notícias de Gurb, O ano do dilúvio, Uma comédia ligeira (Prémio de Melhor Livro Estrangeiro em França), A aventura do tocador de senhoras (Prémio «Livro do Ano» do Grémio de Livreiros de Madrid), Mauricio ou as eleições primárias (Prémio de Romance da Fundação José Manuel Lara), A assombrosa viagem de Pompónio Flato (Prémio Pena de Prata da Feira do Livro de Bilbau), Três vidas de santos e Rixa de gatos (Prémio Planeta 2010). Os três últimos livros foram publicados pela Sextante Editora, num projeto de edição regular em Portugal das obras de Eduardo Mendoza.

IMPRENSA
Barcelona, principal cidade da Catalunha (e historicamente o centro de atividades anarquistas e separatistas), é uma personagem mágica, proteiforme, neste romance irrequieto que se tornou um bestseller em Espanha.
Publishers Weekly

Um dos romances que mais me agradaram nos últimos anos, talvez nas últimas décadas.
Juan Benet, Saber leer

Romance da ascensão e queda de um rapaz pobre do campo que virá a ser o homem mais rico de Espanha: um Al Capone de recorte europeu… A cidade dos prodígios é também um livro prodigioso.
Jochen Schimmang, Frankfurter Allgemeine Zeitung

0 comentários:

Enviar um comentário