[Saída de Emergência]Opinião - "O Lado Negro da Lua",de Sherrilyn Kenyon


Sherrilyn Kenyon


















Sinopse: Susan Michaels foi a melhor repórter da cidade até ao dia em que um escândalo arruinou a sua carreira. É então que obtém uma pista numa história que pode restaurar a sua reputação. O que não esperava era ter a sua vida e cidade ameaçada por um grupo de vampiros letais prestes a dominar Seattle. Como se isso não fosse suficiente, Susan adota um gato. Mas não é um gato qualquer e sim um que se transforma num caçador de vampiros chamado Ravyn. A vida de Ravyn foi destruída séculos atrás quando confiou nas pessoas erradas. Perdeu a família, a honra e a própria vida. Agora poderá vingar-se se conseguir confiar em Susan. No mundo dos Predadores da Noite, a vida é sempre perigosa. Ainda mais agora, pois uma mulher pode despedaçar todo o mundo se contar uma história.
Será Susan capaz de o fazer?

Opinião: Mais um sucesso da minha Rainha do Romance Sobrenatural! Devo confessar que esta é a minha serie favorita. Vampiros, humanos, sexo, luta do bem contra o mal, homens charmosos e lindos…bem, melhor parar por aqui, o que quero dizer é que a receita da autora é completamente imperdível. Neste nono volume foi a vez de Ravyn, um Were-Hunter que se tornou Dark-Hunter e que por isso foi desprezado pela sua raça.
Susan tinha tudo para ser feliz, namorado, uma carreira de sucesso, até que confiou nas pessoas erradas e acabou sem nada…agora trabalha num jornal de um amigo, onde apenas publica notícias ficcionais.
De repente, estes dois vêem os seus destinos se cruzar e nada nem ninguém poderá parar o que as Parcas têm destinado para eles. Um livro carregado de humor, sarcasmo e erotismo.
Gostei bastante desta história, acho que a mistura destas duas personagens é completamente irresistível, pois ambos têm uma personalidade muito semelhante, fazendo com que os seus diálogos se tornem divertidos, mas também muito doces. Ela é sarcástica, divertida, corajosa, mas também muito doce e tudo fará para acompanhar Ravyn na sua luta. A personalidade dele, como disse antes, é em tudo semelhante, com a diferença que tenta a todo o custo afastar Susan das lutas em que se vê envolvido com Daemons. Gostei também da parte que foi reservada a Cael, este Dark-Hunter tem também uma historia incrível, apesar de ser também  bastante trágica…tudo se torna complicado quando amamos o inimigo. E o Nick…bem, o Nick continua a fazer disparates e mais disparates. Apesar disso não deixo de sentir um forte sentimento de compaixão pela personagem, mostra-nos que também o homem mais forte consegue ser fraco, mas para “crescer” ele tem que passar por certas coisas. Esperemos que de repente “ele acorde para a vida” e deixe todo aquele ódio desaparecer…
Agora é só esperar pelo próximo volume…

0 comentários:

Enviar um comentário