[Quinta Essência]Opinião - "O Sabor da Tentação",de Elizabeth Hoyt


Elizabeth Hoyt


















Sinopse: Lady Emeline Gordon é um modelo de sofisticação nos círculos sociais da elite londrina, sempre elegante e impecavelmente educada. Como tal, é a companhia perfeita para Rebecca, a jovem irmã de um empresário bem sucedido de Boston, que fora soldado nas Colónias.
Samuel Hartley pode ser rico, mas as suas maneiras são tão pouco civilizadas como as regiões inexploradas da América nas quais foi criado. Quem vai de mocassins a um baile distinto? O seu desdém arrogante em relação a decoro enfurece Emeline, embora a sua ousadia a excite.
Mas sob os modos desenvoltos de Samuel, ele é assombrado pela tragédia. Foi a Londres para ajustar contas, não para se apaixonar. Mas por muito que Emeline deseje sentir as mãos deste homem despudorado sobre ela, saborear aqueles mesmos lábios com que ele a arrelia, tem se dominar. Ela não é livre. Mas algumas coisas estão fora do controlo de uma senhora…


Opinião: Desde o momento em que li a sinopse deste livro que fiquei curiosa acerca da sua historia e devo confessar que fiquei muito contente por me aperceber que estava certa em relação aos meus pensamentos. A forma como Elizabeth Hoyt combina toda a formalidade da sociedade Londrina durante o séc. XVIII com um ambiente de sedução completamente delicioso deixou-me rendida à sua escrita. Sem contar, claro, com a fábula do “Coração de Ferro”, que apenas vem completar toda a história.
Este é um fantástico romance que nos introduz na saga “A Lenda dos Quatro Soldados” e que acredito que deixará os seus leitores rendidos às suas palavras. Este primeiro volume fala-nos de Samuel Hartley, um colono do novo mundo e antigo soldado que ainda vive com o pesadelo da guerra que matou todos os seus amigos e camaradas. Vive também com o objectivo de descobrir quem foi o traidor que entregou todo o seu regimento aos Índios, que os chacinaram numa terrível emboscada. Foram poucos os que sobreviveram, uns por cobardia, outros pela coragem e força de viver.
Um dos que não conseguiu sobreviver foi o comandante Reynaud St. Aubyn, irmão da protagonista desta história, Lady Emeline Gordon. Samuel era tudo o que a sociedade onde Emeline pertencia abominava, apesar de rico, bem-sucedido e charmoso, não tinha quaisquer maneiras, era rude e as suas origens eram simples, sem qualquer ascendente nobre. Apesar das diferenças que havia entre eles, a atracção que houve desde o primeiro momento foi mais forte e Emeline, que sempre se comportou como uma senhora viu-se num caminho de sensações perigosas que poderiam destruir a sua prezada reputação.
É no meio de todo este clima se sedução que vemos a acção progredir através de personagens como o Lorde Vale, noivo de Emeline,o seu filho Daniel, a sua melhor amiga Melisande, tante Cristelle e Rebecca, irmã de Samuel. Gostei bastante de conhecer mais um pouco das regras de etiqueta que se praticavam, mas tive pena de não podermos saber mais um pouco acerca dos sentimentos que envolviam Rebecca e o jovem criado Gil O’Hare. Por ultimo, apenas quero acrescentar que irei aguardar ansiosa pelo próximo livro desta saga e também dar os parabéns à editora Quinta Essência, pela maravilhosa capa deste livro. Os livros não devem ser julgados pelas suas capas, mas infelizmente a primeira coisa que nos cativa é a capa.

2 comentários:

  1. Para escolha de prenda de Natal, estou em dúvida em relação a este ou "Crónicas de Paixões e Caprichos". Só posso escolher um destes, pois a lista de pedidos já está longa. lol Ajuda?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa é uma escolha muito difícil de fazer,os dois livros são óptimos. Mas se quiseres um livro mais divertido, escolhe o "Cronicas de Paixões e Caprichos" :P

      Eliminar