[Oficina do Livro]Novidade - "Diários de um Gangster Português",de André Rito


Titulo: Diários de um Gangster Português
Autor: André Rito
PVP: 12,90€
N. Páginas: 232 

Aos quinze anos já tinha sido preso mais de vinte vezes. Vitorino Nunes, o homem que ficou conhecido como Dillinger, foi dos maiores cadastrados portugueses.

Sinopse: Vitorino da Piedade Nunes foi um dos mais célebres cadastrados portugueses. Entre polícias e ladrões, advogados e guardas-prisionais, era conhecido por Dillinger, em alusão ao gangster da América dos anos 30.
Instigado pelo próprio pai, o qual seria condenado pela morte do avô, Vitorino cometeu os primeiros crimes ainda na infância. Poucos portugueses passaram tanto tempo atrás das grades como ele. Depois de trinta anos a entrar e sair de prisões, voltou finalmente à terra natal, onde roubara os primeiros animais e fizera as primeiras patifarias, mas não para se redimir: o seu nome foi então envolvido em duas mortes.
Antes de morrer, em 2003, Vitorino deixou centenas de páginas onde contou episódios da sua longa carreira de marginal, descreveu conversas com quem o quis contratar para matar, anotou reflexões sobre a vida e elaborou uma infindável lista de truques que adoptava nos crimes para ser mais eficaz.
Baseado nesses escritos e narrado com o ritmo absorvente de um romance, Diários de um Gangster Português reconstitui a vida de um bandido implacável mas fiel a uma certa ética. Um homem que, no fim, conseguiu cumprir o seu maior desejo: morrer em liberdade. 

Sobre o Autor: André Rito nasceu em Braga, em Outubro de 1977, e é licenciado em Ciências da Comunicação pela Universidade da Beira Interior.
Começou a trabalhar como jornalista em 2003, no jornal Tal & Qual, passou pelo Metro e escreveu também para as revistas Sábado, «Notícias Sábado» e Rotas & Destinos. Em 2009, integrou a equipa fundadora do jornal i. Actualmente, é repórter freelancer e colaborador do Diário de Notícias.
Diários de um Gangster Português é o seu primeiro livro.

0 comentários:

Enviar um comentário